Javier Cardona

O 3° Fórum Negro de Arte e Cultura traz a Salvador o ator e bailarino porto-riquenho Javier Cardona, radicado no Estados Unidos da América, para apresentar sua performance Taxonomía of a Spicy Espécimen – tradução Taxonomia de uma espécie picante. Cruzando diferentes linguagens – teatro, dança e performance, essa interseção multidisciplinar traz o corpo preto do artista como epicentro para gerar diálogo, levantar e propor dados.

“Xirê dos saberes: (Re) Conhecer, Existir” será o tema do 3° Fórum Negro de Arte e Cultura na UFBA!

Em cena, uma mesa. Sob ela, especiarias perfumadas – anis e dos cravos-da-índia – formam o mapa dos EUA. O corpo de Javier Cardona está disposto a estudo em um pequeno espaço de palco, provocando o público a investigá-lo, manipulá-lo, problematizá-lo e refletí-lo. A performance é interativa.

“A intenção é desorganizar e reorganizar reflexões e ações relacionadas a diversos assuntos a respeito deste corpo preto. Taxonomía of a Spicy Espécimen convida a despir e vestir metáforas e outros imaginários, desmistificando ou criando novos mitos sobre um corpo particular deitado em uma mesa para ser observado, estudado e talvez também classificado, categorizado, hierarquizado, consumido”, explica Cardona.

Pele Negra, Máscaras Brancas – espetáculo dirigido por Onisajé estreia em março!

A apresentação será no dia 22 de março, às 19h, no Teatro do Movimento, da Escola de Dança da UFBA (Ondina). Em 2019, o Fórum Negro de Arte e Cultura (FNAC) chega a terceira edição e será realizado de 18 a 22 de março em vários pontos da UFBA e traz como temática Xirê dos saberes: (Re) Conhecer, Existir. O fórum explorará a multiplicidade de saberes afros em diversas perspectivas, tanto nas artes, quanto na filosofia e outras linguagens.