#ACenaTaPreta – Música, Moda e Poesias no espetáculo “FAIYA”


jorgewashingtonbandodeteatroolodumE Jorge Washington inova mais uma vez na cena negra baiana. Há sete anos o Festival A Cena Tá Preta propõe algo que é bem conhecido em termos de cultura negra: a mistura. Na programação do Festival, Jorge levará ao público o espetáculo FAIYA, “mistura” em iorubá, no dia 18 de novembro.

Será um encontro de diferentes linguagens com propostas inovadoras. A maior delas, talvez, seja a presença de ícones da militância negra de Salvador, a exemplo da socióloga e Ouvidora da Defensoria Pública do Estado, Vilma Reis. Não como ela sempre está presente nas variadas atividades em Salvador: para palestras. O mesmo convite se estendeu  à escritora Lívia Natália e à cantora norteamericana, Michaela Harrison.

vilmareisdefensoriapublica
Vilma Reis

Em FAIYA, haverá música com Dão e Maurício Lourenço, que acompanharão leituras de textos de Carolina Maria de Jesus, por exemplo, interpretações de canções, de poemas e darão a trilha sonora de conversas sobre temas que as tocam.

Além deste encontro, terá a performance artística da atriz – também do Bando de Teatro Olodum – Valdinéia Soriano. “Queremos dar o toque feminino, fazer um encontro poético descontraído. A ideia é misturar mesmo. O sentimento de FAIYA será de encantamento geral”, anuncia Jorge.

negriffestivalacenatapreta
Madalena Bispo

E além destes elementos, a Moda Étnica também estará presente. A estilista da Negrif, Madalena Bispo convidou 16 mulheres negras acima de 35 anos, com diferentes tons de pele e cabelos – assíduas clientes de sua loja na Carlos Gomes – para o Desfile “Sexta do Branco”, com o qual pretende levar a mensagem da paz.

“Não teria como pensar em algo simples no contexto mulher. A Negrif é uma marca de mulheres maduras, independentes, ousadas, politizadas. Quando decido colocar mulheres com este perfil na passarela, estou valorizando esta cliente, que também é a amiga. A Negrif constroi uma história através de suas roupas, vai além da marca”, explica Madalena. E terá surpresas neste desfile!

O Festival

O Festival “A Cena Tá Preta, que há 13 anos pauta a Cultura de legado africano nos palcos do Vila, tem como meta: “fortalecer, divulgar e festejar esta arte, destacando sua representatividade na constituição da identidade cultural do povo brasileiro”. O Portal SoteroPreta apoia o Festival e trará matérias especiais da programação! 

Show “FAIYA”
Quando: 18/11, sexta-feira, 19h30
Onde: Teatro Vila Velha – Sala Principal
Valor: R$ 30 e 15
Classificação Indicativa: LIVRE