Patricia Hill Collins, Djamila Ribeiro, Lívia Natália e Conceição Evaristo: a Flica é das pretas!


A 8ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) vem com tudo este ano! E uma das grandes e mais esperadas atrações será a vinda da ativista Patricia Hill Collins (EUA). Uma das principais autoras intelectuais da atualidade sobre questões de classe, raça e gênero, Collins é socióloga, feminista e professora da Universidade de Maryland.

Uma das mais influentes feministas negras da contemporaneidade, Patricia Hill participará da mesa intitulada “Onde vivem as personagens que nos representam”, que terá ainda a presença da filósofa e feminista brasileira Djamila Ribeiro. Juntas,  elas promoverão um dos mais esperados debates da Festa Literária, que a cada ano amplia a presença negra em sua programação. A mesa está programada para ocorrer no sábado (13), a partir das 17h.

No debate, o público poderá acompanhar ambas ativistas compartilharem suas reflexões a cerca das práticas políticas e afetivas das mulheres negras, além de pensarem em conjunto sobre estratégias de retomada da voz da mulher negra – historicamente silenciada. resistência, autoconhecimento e ocupação para além dos espaços institucionais.

Lívia Natália
Lívia Natália – Foto Andreia Magnoni

Este ano a Flica – de 11 a 14 de outubro – vai homenagear a escritora Conceição Evaristo, que estará na mesa ‘Admiráveis olhos d’água que nos contemplam’, com mediação da poetisa e professora Lívia Natália.

SE LIGUE!

O que: Flica debate “Onde vivem as personagens que nos representam”, com Patricia Hill Collins e Djamila Ribeiro

Quando: 13 de outubro (sábado), 17h

Onde: Cachoeira

Sarau do Culinária Musical terá Arrumadinho e Maxixada, além de música com Partido Popular e mais!


culinaria_musical

O Sarau do Culinária Musical, no próximo dia 14/10,terá uma mistura de linguagens culturais! O evento do Afro Chefe Jorge Washington acontece na Casa de Castro Alves será comandado pelo samba do Partido Popular que é oriundo do bairro da Liberdade e existe há 26 anos preserva o samba tradicional.

Para esta edição o afrochef e anfitrião Jorge Whashington também convidou Tonho Matéria e Graça Onasilê, que farão participações especiais, além do desfile da grife de roupas Agudá Moda & Artes, da performance teatral do grupo Caratapa e da exposição da marca Boneca Amora.

E pra comer?! A famosa maxixada e o arrumadinho de carne de fumeiro serão os pratos servidos!

Agudá Modas – Fotos Beatriz Reis

SERVIÇO
O que: Culinária Musical
Quando: 14 de outubro de 2018, das 12h às 17h
Onde: Casa de Castro Alves, Rua do Passo, nº52, Santo Antônio Além do Carmo
Quanto: R$15 (entrada em espécie) e prato R$ 30 (em espécie e no cartão de débito)
Atrações: Partido Popular, participações de Tonho Matéria e Graça Onasilê e desfile da grife Agudá Moda & Artes
Cardápio: maxixada e arrumadinho de carne de fumeiro

Ocupação Afro.Futurista terá ações de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo de [email protected] em Salvador, Seabra e Irecê!


ocupacao_afro_futurista
Foto Divulgação

 

A Ocupação Afro.Futurista já se firmou como um importante espaço de debates sobre inovação, tecnologia e empreendedorismo em Salvador. Nesta segunda edição, a Holding Social Vale do Dendê e o Instituto Mídia Étnica, organizadores do evento, incluíram no cardápio de atrações uma iniciativa que pretende estimular os jovens a se tornarem agentes de transformação social. Trata-se da Maratona de Tecnologia e Inovação Afro.Futurista, que acontece em Salvador, Seabra e Irecê; cidades que serão palco da Ocupação.

“ A ocupação é a realização da segunda edição de um evento que aproxima os negrxs da tecnologia em grandes espaços de circulação”, pontua Luciane Neves, diretora-executiva do Instituto Mídia Étnica.

A disputa é destinada a profissionais e amantes das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) e vai render diversos prêmios aos participantes. Para isso, os grupos compostos por entre 3 e 5 integrantes, todos com idade acima de 18 anos, terão de desenvolver projetos (aplicativos, por exemplo), capazes de promover ações no campo da diversidade, da inclusão social e da geração de renda.

A Maratona conta com o apoio financeiro da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi-BA), através do Edital Década Estadual de Afrodescendentes. Para maiores informações leia o regulamento e o edital, e acesse a ficha de inscrição. É de graça!

CONFIRA AQUI TODA PROGRAMAÇÃO!

SERVIÇO:
Maratona de Tecnologia e Inovação Afro.Futurista
Inscrições: de 27 de setembro a 6 de outubro
Locais: Salvador (Estação Nova Lapa, de 9 a 11 de outubro), Seabra (Campus da Uneb, nos dias 15 e 16) e Irecê (Campus do IFBA, nos dias 19 e 20) – Entrada Gratuita
Quem pode participar: grupos de 3 a 5 jovens acima de 18 anos

 

 

PROGRAMAÇÃO: Ocupação Afro.Futurista!


ocupacao_afro_futurista
Foto Divulgação

 

PROGRAMAÇÃO

SALVADOR – ESTAÇÃO NOVA LAPA – 09 A 11 DE OUTUBRO

Dia 09 (TERÇA)
• Horário: 18h – 22h
Abertura da Ocupação Afro.Futurista com a “Batalha dos Carrinhos de Cafezinho” e part. de Marcus Pantera (Papo de Favela)

Dia 10 (QUARTA)
• Horário: 10h – 18h Mini Estação Game
Lab Games (Jogo de Realidade Virtual) – Gamepólitan
Lab Vídeo (Stop Motion Experience) – Estandarte Produções

  • Horário: 10h – 18h
    Mini Feira Maker com a mostra de produtos tecnológicos do PET Elétrica / UFBA, Oguntec / Instituto Steve Biko, Coletivo Periféricas e OxenTI Meninas, Escola de Formação de Gestores (SEBRAE) e ITAN Games.
    • Horário: 12h – 16h
    Afro.Intervenções com Cosplays Negros
    • Horário: 13h – 14h30
    Bate-Papo: “Ocupar o Futuro – Os Negros no Mercado de Tecnologia”
    Mediação: Hellen Nzinga (Midia Étnica Lab / BA)
    Convidados:
    Thamyra Thâmara
    (Gato Midia / RJ)
    Juliana Oliveira
    (ThoughtWorks / RS)
    VJ Gabiru
    (Artista visual e VJ / BA)
    Saulo Henrique
    (Google / SP)
    • Horário: 15h – 17h Robô Multimídia
    • Horário: 16h – 17h Flash Mob com o grupo de dança InRitmo
    • Horário: 17h – 19h Pocket Show de Dani Nega e Craca com participações especiais dos rappers baianos Aurea Semiséria e Hiran

 

Dia 11 (QUINTA)

• Horário: 10h – 18h Mini Estação Game
Lab Games (Jogo de Realidade Virtual) – Gamepólitan
Lab Vídeo (Stop Motion Experience) – Estandarte Produções

  • Horário: 10h – 18h
    Mini Feira Maker com a mostra de produtos tecnológicos do PET Elétrica / UFBA, Oguntec / Instituto Steve Biko, Coletivo Periféricas e OxenTI Meninas, Escola de Formação de Gestores (SEBRAE) e ITAN Games.
    • Horário: 12h – 16h Afro.Performances com Cosplays Negros
    • Horário: 13h – 14h30
    Bate-Papo: “Música e Tecnologia – O futuro será negro”
    Mediação: Zinha Franco (EstaçãoZinha Produções / BA)
    Convidados:
    Dani Nega
    (Dani Nega e Craca / SP)
    Letieres Leite
    (Orkestra Rumpilezz e o Lab Musical Rumpilezzinho / BA)
    Rafa Dias
    (ÀTTØØXXÁ / BA)
    • Horário: 16h – 17h Flash Mob com o grupo de dança InRitmo
    • Horário: 17h – 19h Pocket Show de Rafa Dias (ÀTTØØXXÁ) com participação especial de TrapFunkAlivio

SEABRA- CAMPUS XXIII UNEB SEABRA – 15 A 16 DE OUTUBRO

 

Dia 15 (SEGUNDA)

Horário: 10h – 18h Mini Estação Game Lab Games – Gamepólitan
• Horário: 10h – 12h Lab Vídeo – Oficina de Produção de Vídeo pelo Celular
com Daiane Rosário da Estandarte Produções
• Horário: 13h – 15h Sessão de Cinema
• Horário: 15h – 16h30
Bate-Papo: “O mercado de games e audiovisual na Bahia”
Mediação: Hellen Nzinga (Midia Étnica Lab/BA)

Convidados:
Ricardo Silva
(Gamepólitan / BA)
Daiane Rosário
(Estandarte Produções / BA)
• Horário: 16h30 – 17h30 Sarau Poético Ioia Brandão e convidados
• Horário: 17h30 – 19h MC Amanda Rosa e DJ DMT

 

Dia 16 (TERÇA)

• Horário: 10h – 18h Mini Estação Game Lab Games – Gamepólitan
• Horário: 10h – 12h Lab Vídeo – Oficina de Produção de Vídeo pelo Celular
com Daiane Rosário da Estandarte Produções
• Horário: 13h – 15h Sessão de Cinema
• Horário: 15h – 16h30
Bate-Papo: “Mídias Sociais e Turismo Étnico na Chapada”
Mediação: Lilian Pacheco (Idealizadora e coordenadora do projeto Trilha Griô de Turismo Comunitário na Chapada Diamantina, que se tornou referência em TBC pelo Ministério do Turismo do Brasil)

Convidados:
Sirlene Rosa de Souza
(Diretora de Turismo de Seabra – Turismóloga)
Edicacio Souza de Jesus
(Turismólogo)
Thais de Albuquerque
(Gestora de conteúdos do site e das redes sociais do Guia Chapada Diamantina, o maior portal de informações e notícias turísticas da região)
• Horário: 17h – 19h DJ Edilson

IRECÊ IFBA CAMPUS IRECÊ – 19 A 20 DE OUTUBRO

Dia 19 (SEXTA)

• Horário: 10h – 18h Mini Estação Game Lab Games – Gamepólitan
• Horário: 10h – 12h Lab Vídeo – Oficina de Produção de Vídeo pelo Celular
com Daiane Rosário da Estandarte Produções
• Horário: 13h – 15h
Sessão de Cinema
• Horário: 15h – 16h30
Bate-Papo: “Educação e Tecnologia: Ferramentas para o futuro”
Mediação: Robério Batista (Professor Efetivo do IFBA e Diretor-Geral do Campus Irecê)

Convidados:
Joabson Lima Figueiredo
(Professor Universitário, escritor e ativista social)
Ancelmo Machado Miranda Bastos
(Mestre em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação)
• Horário: 16h30 – 17h30 Sarau Poético André Marques e convidados
• Horário: 17h30 – 19h Grupo Vivência de Rua e Eletric Dance

 

Dia 20 (SÁBADO)

• Horário: 10h – 18h Mini Estação Game Lab Games – Gamepólitan
• Horário: 10h – 12h Lab Vídeo – Oficina de Produção de Vídeo pelo Celular
com Daiane Rosário da Estandarte Produções
• Horário: 13h – 15h
Sessão de Cinema
• Horário: 15h – 16h30
Bate-Papo: “O mercado de games e audiovisual na Bahia”
Mediação: Domnique Azevedo (Correio Nagô)

Convidados:
Ricardo Silva
(Gamepólitan / BA)
Daiane Rosário
(Estandarte Produções / BA)
• Horário: 17h – 19h
DJ Fábio Dourado

 

“Juuuuuniooooooo….!”Temporada de ‘Na Rédea Curta’ chega ao Espaço Xisto este mês!


JunioreMainha
Foto Shai Andrade

 

A comédia cotidiana da webserie Na Rédea Curta, encenada pelos hilários Junior (Thiago Almasy) e Mainha (Sulivã Bispo), chega ao palco do Espaço Xisto Bahia em curta temporada durante o mês de outubro. O público poderá assistir a peça nos dias 10, 13 e 14, totalizando cinco sessões.

No dia 10, às 20h, a dupla será atração do 7º Festival Xistinho, evento com entrada gratuita em comemoração ao mês das crianças. Já nos dias 13 e 14, sábado e domingo, acontecem duas sessões por dia, sempre às 11h e 16h, com ingressos no valor de R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira), à venda na bilheteria do Teatro ou no www.sympla.com.br.

“Tem gente que gosta de Junior e Mainha porque falam da Bahia, tem gente que diz que o projeto renova a forma de fazer humor, outras pessoas se identificam no comportamento da mãe solteira que cria o filho sozinho, algumas pessoas reconhecem que os episódios abordam uma Bahia velha e uma Bahia nova… enfim, cada um gosta do projeto por um motivo particular e isso explica também o nosso êxito”, analisa Thiago Almasy sobre o sucesso alcançado pela dupla.

SERVIÇO:

Espetáculo Na Rédea Curta

Quando: Quarta (10), às 08h; Sábado (13) e Domingo (14), 11h e 16h.

Onde: Espaço Xisto Bahia

Ingressos: Quarta (entrada gratuita); Sábado e Domingo R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)

Classificação LIVRE

Artista plástico Renato Carneiro é curador de Ocupação do Ilê Aiyê em São Paulo!


Fotos: Fafá Araújo

O artista plástico paulista radicado na Bahia, Renato Carneiro, é o curador da 42ª Ocupação Artística do Itaú Cultural que, neste ano, homenageia o bloco afro baiano Ilê Aiye. O proprietário da loja Katuka Africanidades, que passou por reforma recentemente e reabriu as portas nesta semana, no Pelourinho, recebeu o convite para curadoria do evento em janeiro e aceitou o desafio de pensar a concepção cenográfica da ocupação.

Ao Portal Soteropreta, Renato Carneiro contou o que podemos esperar a partir desta quarta-feira (03), em São Paulo, a partir das 20h, na exposição “Ocupação Ilê Aiyê”, que segue até 06 de janeiro com entrada gratuita.

Portal Soteropreta – Como é/foi ser curador de uma ocupação que traz o Ilê Aiyê, que existe há 44 anos, como homenageado? 
Renato Carneiro – O grande barato da historia é o interessante do meu lugar de paulistano que adotou  Bahia e foi adotado pela Bahia, me tornar esse veiculo de auxilia para mostrar a grandeza que é o Ilê Aiyê lá em São Paulo. É um ir e vir que é muito rico e muito interessante. É um desafio. No começo fiquei temeroso, pois é muita responsabilidade. Mas o processo foi muito bom, sabe? Recheado de sensibilidade e com uma equipe que trabalhou de forma muito coesa.

renato_carneiro_katuka2

Portal Soteropreta – Como foi sua preparação para a curadoria após o convite?
Renato Carneiro – Logo após receber o convite fui ao Ilê Axé Jitolu conversar com pessoas da casa. Fiquei muito feliz porque as pessoas reagiram bem. Depois da aproximação no Jitolu, transitei pela historia do Ilê: anos, temas, roupas, estamparia de Jota Cunha, compositores. Sendo que busquei o olhar pela centralidade no feminino, no observar as trajetórias que vão desde mãe Hilda a agora, com Dete Lima e todas mulheres que compõem o bloco e são as grandes criadoras que fazem com que o bloco aconteça na avenida.

Portal Soteropreta – Como foi a produção da curadoria?

Renato Carneiro – Tenho acompanhado durante 10 meses, entre idas e vindas para São Paulo. Está bonito e vai ser um trabalho interessante que as pessoas vão gostar porque foi de muito carinho. O mais interessante foi o caminho da curadoria de aproximar as pessoas do bairro onde o Ilê Aiyê nasceu: o Curuzu. Buscamos levar os rostos das pessoas que compõem o Ilê Aiyê.

Portal Soteropreta – A Avenida Paulista é um bairro de elite em São Paulo. Como você  enxerga essa ocupação preta neste espaço?

Renato Carneiro – É um dos pontos mais caros de São Paulo, com grandes empresas, que a elite branca passa. É muito simbólico trazer essa estética, força, história, elementos que compõem o Ilê Aiyê para dentro da avenida paulista.

Portal Soteropreta – O que você pode nos dizer e sintetizar sobre essa experiência que será aberta ao público a partir desta semana?

Renato Carneiro – Para minha história pessoal é algo muito simbólico e mágico.

Festival “A Cena Tá Preta” terá cinema, música, teatro, poesia e mais…!


_Encruzilhada - RODRIGO VELOSO
Foto: Rodrigo Veloso

 

A 9° edição do Festival A Cena Tá Preta – idealizado e organizado pelo Bando de Teatro Olodum , vai homenagear os 30 anos do Balé Folclórico da Bahia, uma das mais conceituadas companhias de dança contemporânea do mundo. A partir desta sexta-feira (28), serão dez dias de apresentações de teatro, dança, cinema, literatura e música no Teatro Vila Velha.

E vai começar nesta noite (28) com o show Black Tudo, da cantora e atriz Denise Correia, acompanhada pela banda Naveia da Nêga, às 20h. Já no sábado (29), tem Esqueça, montagem com Ridson Reis (Bando de Teatro Olodum) e Roquildes Junior (A Outra Companhia), também às 20h.

Natas em Solo Rosas Negras

No dia 30/09, 19h, tem Encruzilhada, monólogo do ator Leno Sacramento (Bando de Teatro Olodum), sobre as violências cotidianas sofridas pelos negros no Brasil, com direção de Roquildes Junior.

A programação retorna no dia 6/10, 20h  com Rosas Negras, espetáculo solo de Fabíola Nansurê, com direção de Diana Ramos e direção musical de Jarbas Bittencourt.

O encerramento do Festival será no 07/10, 19h, com apresentação de duas coreografias inéditas do Balé Folclórico da Bahia: “Bolero”, coreografada por Durval Santos e “Okan”, coreografada por Nildinha Fonseca.

“Café com Canela”

Vai ter Poesia, Música e Cinema!

No Festival também terá Sarau da Cenadia 2/10, 19h, com a poetisa Sueide Kintê, que estará acompanhada de DJ Branco. Terá ainda intervenções musicais e participações especiais do poeta Lande Onawale, da poetisa e atriz Vera Lopes e dos atores/atrizes do Bando de Teatro Olodum.

No dia 03/10, 19h, vai ter sessão especial do premiado Café com Canela, longa metragem dirigido por Glenda Nicácio e Ary Rosa e estrelado por Babu Santana, Adri Anunciação, Arlete Dias, Guilherme Silva, Aline Brunne e Valdinéia Soriano, vencedora do Prêmio de Melhor Atriz do Festival de Cinema de Brasília 2017.

Espetáculo_ESQUEÇA2
“Esqueça” Foto Ton Shübber

Música será com Letieres Leite Quinteto (dia 04/10, 20h) e seu o Universo Percussivo Baiano e a Dança será com a performance de Dança “O Corpo na Cena” (dia 05/10, 20h), com curadoria e direção geral de Zebrinha (do Bando de Teatro Olodum e Balé Folclórico da Bahia).

No dia 29/09, das 14h às 19h (totalmente gratuita), o público poderá ver a exposição do game Sociedade Nagô, aplicativo gamificado sobre a Revolta dos Malês, que alternam entre o jogo virtual e tarefas no mundo real – idealizado pelo game designer Alexandre Santos e foi desenvolvido pela Strike Games, em parceria com a Labrasoft (grupo de pesquisa do IFBA).

 

QUANTO?!

Em todos os eventos serão cobrados ingressos de R$30/15, com exceção do Sarau da Cena ( PAGUE QUANTO PUDER) e da sessão do filme Café com Canela (R$10/5).

Banda IFÁ convida Lazzo Matumbi para projeto Toca! no Goethe!


IFÁ

A banda IFÁ convidar Lazzo para o projeto Toca!, em celebração à música autoral contemporânea brasileira. O projeto acontece no Pátio do Goethe-Institut, no Corredor da Vitória, e segue até dezembro. O Toca! estreou em setembro e terá duas apresentações por mês, além de um encerramento de temporada especial em dezembro.

No projeto, artistas e bandas locais ou de fora de Salvador, de todo tipo de som, passam pelo palco, promovento encontros musicais.O encontro entre IFÁ e Lazzo acontece nesta sexta-feira (5), às 20h, e tem ingressos variando entre R$ 20 e R$ 50, à venda no site sympla.com.

Você já viu “A Bofetada”?! Corre, em curta temporada no Teatro Módulo!


a_bofetada
Foto Diney Araújo

Após turnê pelo interior da Bahia – Santo Antônio de Jesus, Lauro de Freitas, Itaberaba, Jequié e Porto Seguro -, o público soteropolitano poderá conferir asatualizações dos textos dos 11 personagens de A BOFETADA, espetáculo da Cia Baiana de Patifaria que retornará a cartaz para uma curta temporada de apenas quatro apresentações, aos domingos, de 14 de outubro a 04 de novembro, às 20h, no palco do TEATRO MODULO.

Os patifes Mário Bezerra, Marcos Barretto, Rodrigo Villa e Lelo Filho já estão se atualizando para trazer as novas manchetes do noticiário político-social-econômico brasileiro, diga-se de passagem, as eleições de 2018. As adaptações irão se misturar aos bordões e cenas musicais que levam o público às gargalhadas: ‘é a minha cara’, ‘oxente’, ‘momento lindo, maravilhoso’, ‘adoro, chega choro’.

A BOFETADA completa 30 anos de encenação nos palcos soteropolitanos desde que estreou na pequena Sala do Coro do TCA, em 1988, tendo sido assistida por mais de 2 milhões de espectadores até hoje. A concepção original é de Fernando Guerreiro. Os três esquetes que compõem o espetáculo são de Mauro Rasi, Miguel Magno e Ricardo de Almeida.

Serviço

O quê: A Bofetada

Quando: 14, 21, 28 de outubro e 04 de novembro – aos domingos, às 20h.

Onde: Teatro Módulo – Av. Prof. Magalhães Neto, 1177 – Pituba, Salvador – BA,

Telefone: (71) 2102-1350

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) – bilheteria do teatro ou site www.ingressorapido.com.br

Recomendação etária: 14 anos

Lelo Filho apresenta o solo “Fora da Ordem” no Teatro Módulo este mês!


lelo_filho3

Fora da Ordem é o primeiro espetáculo solo de Lelo Filho, com mais de 35 anos de carreira, que se apresenta de 13 de outubro até 03 de novembro, sempre aos sábados, às 20h, no Teatro Módulo.

O projeto, ganhador do Prêmio Myriam Muniz 2013 da FUNARTE, é inspirado numa canção homônima de Caetano Veloso e aborda temas como: ditadura, racismo, homofobia, violência, guerras santas, e intolerância social. Fora da Ordem expõe aos que não viveram os ‘anos de chumbo’ o quão nocivo foi aquele período para a nação em vários sentidos: veto aos direitos políticos, cerceamento das liberdades individuais, censura prévia da informação que atingiu a todos e, brutalmente, as artes.

O conflito se estabelece ao colocar em cena um pai militar e torturador num embate com quatro filhos que têm, como o próprio texto define, ‘a alma livre’. Ao longo de duas gerações entre os irmãos Pedro, Glorinha, Jonas, Adriano e seu filho Pedrinho, o público verá a transmudação da família até os dias atuais.

O espetáculo solo, que mistura teatro e cinema, reúne ainda um coletivo de participações especiais, vozes em off e projeções, com atores de várias gerações do teatro baiano, como: Alan Miranda, Bertrand Duarte, Diogo Lopes Filho, Hamilton Cerqueira Lima, Jorge De La Puente, Mário Bezerra, Talis Castro, Vinícius Nascimento, Wanderley Meira e o ator mirim João Victor Sobral.

Com texto e direção assinados pelo próprio Lelo Filho, tendo como diretor assistente Odilon Henriques, Fora da Ordem tem duração é de 1 hora e 10 minutos. A produção, edição e direção de imagens é de Dedeco Macedo. Desde sua estreia o espetáculo já foi visto por mais de 5 mil pessoas.

Serviço

O quê: FORA DA ORDEM, espetáculo solo com Lelo Filho

Quando: 13, 20, 27 de outubro e 03 de novembro – aos sábados, às 20h

Onde: Teatro Módulo – Av. Prof. Magalhães Neto, 1177 – Pituba, Salvador – BA, Telefone: (71) 2102-1350

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) na bilheteria ou no site www.ingressorapido.com.br

Recomendação etária: 14 anos