ExperimentandoNUS Cia. De Dança promove a Mostra CORPOCIRCUITO até o final de agosto!


ExperimentandoNUS_Cia_De_Dança

A ExperimentandoNUS Cia. De Dança promove a Mostra CORPOCIRCUITO, um encontro de dança que integra grupos baianos e do Rio Grande do Norte, até dia 29 de agosto, ocupando o Espaço Xisto Bahia, Escola de Dança da FUNCEB, Centro Cultural Plataforma e Escola de Dança da UFBA.  Toda programação do evento tem entrada franca.

A expectativa dos criadores do evento é criar espaços de encontros, trocas e fortalecimento. Também integram a curadoria a bailarina e produtora cultural Inah Irenam e bailarino e assistente de direção Fred Lopes.

A próxima apresentação será do espetáculo Manolo Encubado || ExperimentandoNUS Cia. de Dança, no dia 28 de agosto, às 19h30, Teatro do Movimento Escola de Dança da UFBA. A coreografia passeia por ambientes, onde a angustia, o medo, a prisão, agonia e liberdade se conflitam num jogo de vida ou morte, sugerindo reflexões sobre o nosso cotidiano.

ExperimentandoNUS_Cia_De_Dança

O Coletivo Trippé vem direto de Juazeiro, partilhando sua experiência com o workshop Vivência para uma interpretação híbrida, nos dias 23 e 24 de agosto, às 9h, na Escola de Dança da FUNCEB. O grupo apresenta a coreografia Janelas, na sexta-feira, dia 25 de agosto, às 20h, no Espaço Xisto Bahia. No sábado, dia 26 de agosto, é a vez da garotada com o espetáculo infantil Meu Querido Catavento, Coletivo Trippé, às 15h, no Centro Cultural Plataforma

Ainda no domingo, no dia 26 de agosto, às 20h, o espetáculo Janelas para navegar mundos poderá ser conferido no Espaço Xisto Bahia.  A mostra será encerrada com a coreografia Sem Conservantes, da Companhia Giradança, no dia 29 de agosto, sexta-feira, às 19h30 – Teatro do Movimento Escola de Dança da UFBA.

ExperimentandoNUS_Cia_De_Dança

PROGRAME-SE:

23 e 24 de agosto – Vivência para uma interpretação híbrida || Coletivo Trippé, às 9h – Escola de Dança da FUNCEB

·  25 de agosto – Janelas para navegar mundos || Coletivo Trippé, às 20h – Espaço Xisto Bahia

·  26 de agosto – Meu Querido Catavento (espetáculo infantil) || Coletivo Trippé, às 15h – Centro Cultural Plataforma

·  26 de agosto – Janelas para navegar mundos || Coletivo Trippé, às 20h – Espaço Xisto Bahia

·  27 de agosto – Processo de residência com o Giradança || ExperimentandoNUS e Giradança, às 10h – Sala de Ensaio do Espaço Xisto Bahia

·  28 de agosto – Manolo Encubado || ExperimentandoNUS Cia de Dança, às 19h30 – Teatro do Movimento Escola de Dança da UFBA

·  29 de agosto – Sem Conservantes || Companhia Giradança, às 19h30 – Teatro do Movimento Escola de Dança da UFBA tellus semper facilisis eu ac odio. Maecenas faucibus sagittis leo. Proin ullamcorper quam nec felis

Fotos: Divulgação

Mafro recebe fotógrafo Antonio Terra para batepapo sobre novo projeto “Fundo de Garrafa”


antonio_terra_fotografia_salvador
Acervo Pessoal

Celebrando os 35 anos do Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia (Mafro-UFBA), nesta sexta (25), às 17h, será realizada a leitura do portfólio artístico do fotógrafo carioca, Antonio Terra. Na ocasião, o público conhecerá as fotografias que integram o projeto Fundo de Garrafa, no qual ele captura personalidades negras que veem o mundo através dos óculos. Nessa edição, tem personalidades como o cantor Lazzo Matumbi, Dr. Carlos Moore e o pesquisador e compositor Nei Lopes.

Ao longo de quase  30 anos de fotografia, Antonio Terra já deixou sua marca em revistas como Vogue e Marie Claire. Capas de discos é outra referência importante de sua trajetória profissional; É autor da célebre contracapa do disco Para Todos de Chico Buarque, além das capas de Gabriel Pensador, Ana Carolina, Elba Ramalho e Dominguinhos.

No dia, Terra falará da trajetória dele como fotógrafo negro, das experiências, vivências, enquanto o público visualiza suas fotos e compartilham suas impressões. Com inspiração estética do fotógrafo malinês Seydou Keita, a  fotografia de Terra flagra – entre luzes, sombras e ângulos singulares, as mais diversas relações que artistas e intelectuais negrxs mantêm com seus óculos.

Tanto no enquadramento e tratamento dado pelo artista, quanto na forma, o mundo se emoldura nas lentes, armações e olhos das pessoas que ele escolhe para fotografar.

 

O quê: Leitura do portfólio artístico Fundo de Garrafa de Antonio Terra

Quando: Dia 25, (sexta-feira), 17h

Onde: MAFRO (Sala Carybé, Faculdade de Medicina, Terreiro de Jesus)

Entrada: Gratuita

Marcelo Falcão desmente boatos de infarto e confirma show em Salvador


O-Rappa em Salvador
Divulgação

Depois de boatos sobre um principio de infarto no último final de semana, Marcelo Falcão, cantor da banda O Rappa, publicou um vídeo na sua pagina oficial do Facebook, esclarecendo o assunto e tranquilizando os fãs. No material, o artista disse que o laudo do hospital apresentava como motivo da internação, uma indisposição por conta da rotina de trabalho. Amantes do grupo poderão conferir de perto a última apresentação em Salvador, próximo dia 02 de setembro, no Wet’n Wild, a partir das 22h.

Nação Zumbi também estará se apresentado no evento. Quem quiser ver o show em Salvador já podem adquirir, os ingressos estão a venda por meio do nas lojas Pida e Balcão de Ingressos em vários shoppings, com taxa de serviço.O primeiro lote tem valor de Pista R$ 60,00, Área Vip R$ 90,00 e Camarote R$ 130,00, até do dia 30 de agosto.

Serviço

O Rappa em Salvador

Atrações: O Rappa e Nação Zumbi

Data: 2 de setembro de 2017

Local: Wet n’Wild
Endereço: Av. Luís Viana, 280 – Cajazeiras, Salvador – BA, 41680-400

Valor: Pista R$ 60; Área Vip R$ 90; Camarote R$ 130

*valores de meia

*Sujeito a Taxas nos postos

Pida -Shopping  Piedade

Balcoes de Ingressos

Shopping da Bahia

Shopping Paralela

Shopping Bela Vista

Shopping Salvador Norte

Shopping Salvador

Tá ligadx no AFROBAILE que vai rolar esta sexta?!


banda_afrobaile

O Afrobaile, que acontece há quatro anos em Camaçari, acontecerá pela segunda vez em Salvador nesta sexta (25), a partir das 22h. A festa, que é idealizada e comandada pela banda Afrocidade, vai acontecer no Barra 33 (R. Dias d’Ávila – Barra). Para esta edição, o grupo convida a Dj Nai Sena, que pretende balançar a pista com seu set baseado em vertentes da música jamaicana como raggamunfin, dancehall e reggaeton, além do setlist colaborativo de Eric Mello.

No repertório do Afrocidade, músicas já conhecidas do público como “Que Swing é Esse?” e “Afrocidade na Pixta”, entre outras que ainda não foram lançadas oficialmente, como “Aduba” e “Tá Mó Barril”. A banda traz uma mistura de letras politizadas, com ritmos populares como o arrocha e o pagode, além da música afro, dub jamaicano, o reggae, o ragga e o afrobeat (Você pode ouvir aqui!).

O som resultada das mais variadas expressões da música negra. Além de saudar os tambores da África, o Afrocidade reafirma em suas letras a força, importância e influência direta dos valores étnicos nos baianos e brasileiros.

SE LIGA:

SERVIÇO
O que? Afrobaile
Quem? Afrocidade, Dj Nai Sena e Eric Melo
Onde? Barra 33 (Rua Dias D’ávila, 33, Barra, próximo ao farol)
Quando? Sexta 25 de Agosto, às 22h
Quanto?
15 conto | antecipado pelo sympla
15 conto | com nome na lista, válido até 0h
20 conto | sem nome na lista, até 0h
25 conto | após 0h

COMPRE AQUI!

Últimos dias para ver musical em homenagem a Elza Soares em Salvador!


Se_acaso_vc_chegasse_MUSICAL_elza_soares

Chega ao fim neste final de semana a temporada do espetáculo SE ACASO VOCÊ CHEGASSE – musical de Elísio Lopes Jr. em homenagem a Elza Soares, sob a direção de Antônio Marques. As últimas apresentações em Salvador acontecem nos dias 26 e 27 agosto às 19h no Espaço Cultural da Barroquinha. Após esta temporada, o espetáculo irá circular pelas cidades de Juazeiro, Feira de Santana, Santo Amaro, Cachoeira, Lauro de Freitas e Camaçari, finalizando o circulo de apresentações iniciados em 2010.

No espetáculo, Elísio Lopes Jr. constrói um mosaico de acontecimentos da vida de Elza Soares, entrecortado por canções do repertório da cantora, interpretados, sobretudo, pelas atrizes da montagem. A peça recria, justamente, a época em que a ‘Elza’ no singular não existia e, a partir daí, vai construindo uma narrativa que se baseia na trajetória da estrela. O resultado é uma obra rica em detalhes que leva o espectador a se colocar no lugar da cantora e a refletir sobre certas atitudes tomadas ao longo da vida.

riachão

E TEM MAIS VINDO POR AÍ…

Ainda em fase de pesquisa e com título provisório de “Xô Xuá – uma homenagem a Riachão”, a Arte Sintonia pretende estrear o seu novo musical em 2018. Desta vez, quem assinará a dramaturgia será a premiada autora baiana Ilma Nascimento.

Música, Poesia, Oficinas, Turbantes e Estética Afro na “Feira Nagô”, tá sabendo?!


RBF
RBF

Vai rolar primeira edição da “Feira Nagô”, uma união de lazer, arte, cultura e compras, no Instituto Mídia Étnica (Rua Areal de Baixo, n°06, Dois de Julho). Das 10h às 18h, a Feira terá música, poesia e mini workshops, e a entrada é gratuita. Tudo isso no dia 2 de setembro (sábado)!

“Nelson Mandela diz que o UBUNTU não significa que uma pessoa não se preocupe com o seu progresso pessoal. A questão é: o meu progresso pessoal está ao serviço do progresso da minha comunidade? Isso é mais importante na vida. E acho que o que ele diz tem muito do nosso projeto, pois a ideia é enaltecer o empreendimento do povo negro”, considerou uma das organizadoras da Feira Nagô, Gabriela Silva.

 

Além dos produtos, olha o que vai rolar:

 Pocket show de Áurea Maria de Lima, a Áurea “Semiséria”, rapper baiana, do videoclipe “Áurea Abolicionista” que já obtém mais de 20 mil views no youtube e já lançou seu EP #ROXOGG.

Vai ter Rap, Reggae, Raggamuffin/Dancehall, Reggaeton, Kuduro, Kizomba, Zouk, sob o comando de Luã da Paixão Freitas, conhecido no cenário artístico como Fayakayano.

E vai ter ainda “EU SOU BLACKÃO”, com a Rapaziada da Baixa Fria (R.B.F), combatendo as discriminações, e promovendo a auto-estima, valorização, senso crítico e mudanças de comportamentos. E o black? A afrotrancista Tárcia Alves dará oficina de tranças, por apenas R$5.

PROS GURIS:

Vai ter espaço infantil, com a oficina de contação de histórias que utilizará a pedagogia da Abayomi, com Raissa Rosa Abayomi. Será às 14h e será cobrado um valor simbólico de R$15, no entanto, caso algum familiar queira acompanhar a criança durante a oficina, será feito um valor promocional. As inscrições para as oficinas devem ser realizadas através do email: [email protected]. As vagas são limitadas.

Além do espaço infantil, mais cedo, às 11h, uma profissional de RH estará dando orientações gratuitas sobre como elaborar um bom currículo. Leve o seu atual currículo para ser corrigido.

O evento contará também com espaço solidário para doação de alimentos não perecíveis.

 

 

I Seminário “Lésbicas Negras Em Pauta” trará a ativista feminista, Rosângela Castro!


rosangela_castro_lesbicas
Rosangela Castro
Acontece no próximo sábado (26) , das 8 às 12h, o I Seminário “Lésbicas Negras Em Pauta”, na Casa do Olodum (Pelourinho). O seminário é fruto das demandas sociais dos coletivos organizados de Salvador e discutirá temas como a “Comunicação Lésbica Jovem”, “Afroafetividade”, “Relacionamento Abusivo”, “Gordofobia Negra”, “Mercado de Trabalho”, “O Amor e o Viver Em Coletivo”.
Completando, em agosto, 14 anos de resistência em prol da Igualdade de Mulheres Negras Lésbicas e Bissexuais, o seminário trará a ativista feminista, Rosângela Castro, que falará sobre a história do Movimento Lésbico Nacional e Mundial.
Inscrições: [email protected]
PROGRAMAÇÃO
8hs Abertura do Espaço
8h30 Apresentação Cultural – Coletivo LesbiBahia
9h Composição da Mesa de Abertura
MESA I
Mediadora Erica Capinan
Rosangela Castro com o tema ” História do Movimento Lésbico Nacional e Mundial Srª Passado”
Facilitadora Altamira Simões – Relacionamento Abusivo
Facilitadora Flávia Nascimento – Afro Afetividade
Facilitadora Patrícia Rosa – Comunicação Lésbica Jovem
10h Lanche /Intervenção Cultural Orquestra de Pandeiro
10h20 – MESA II
Facilitadora Josy Andrade – Mercado de Trabalho
Facilitadora Laís Paulo – O Amor e o Viver Em Coletivo
Facilitadora Milly Costa – Gordofobia Negra
11h30 Abertura do Debate
12h Considerações Finais   

Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra convoca jovens pra conversa!


cdcn

O c (CDCN) realiza na próxima segunda-feira (21), a partir das 14 horas, em Salvador, a roda de conversa “Diálogos com a juventude”, integrando a programação dos 30 anos do colegiado. O evento acontece no Centro Cultural Plataforma, reunindo conselheiros, militantes do movimento negro, jovens da região, além de representações governamentais.

De maneira dinâmica e participativa, serão discutidos temas relacionados aos aspectos da cultura, educação, juventude, mulher negra, além da relação entre racismo e direito. Os debates serão intercalados com intervenções culturais das comunidades do entorno, além de apresentações de hip hop com o grupo Família Tríplice e MC Xarope. O evento conta com apoio das secretarias estaduais da Educação (SEC) e de Cultura (Secult), através do Centro Cultural Plataforma.

Serviço:

O quê:  Roda de conversa “Diálogos com a juventude” – CDCN: 30 anos promovendo a igualdade.

Quando: Segunda-feira, 21 de agosto de 2017, a partir das 14h.

Onde: Centro Cultural Plataforma (Praça São Braz, s/nº, Plataforma – Salvador/BA).

Letieres Leite ministra workshop “As Matrizes Africanas na Música Popular Brasileira”


DJ_Branco
DJ Branco

O maestro Letieres Leite ministra o workshop As Matrizes Africanas na Música Popular Brasileira, no Centro de Formação em Artes da Funceb, para jovens da comunidade Hip-Hop e Rap de Salvador, neste sábado, 19 de agosto, às 14h. No salão de cerimônia do Espaço São Dâmaso, sede do CFA, no Pelourinho, o evento contará com a participação do educador e produtor DJ Branco. O programa será aberto ao público interessado.

Agora o maestro leva seu método para mais jovens, dedicados ao gênero musical Hip-Hop, que celebra o aniversário de surgimento de seu movimento, no mês de agosto, e registra um grande crescimento de admiradores e seguidores tanto na capital baiana quanto no interior do Estado. “A música rap é universal, ela tem o poder de se adaptar ao local que chega e dialogar com a cultura local. Aqui no Nordeste, por exemplo, podemos ver elementos da música Nordestina e Africana nos Samples de Rap”, considera DJ Branco.

A proposta se baseia na ideia de promover uma compreensão crítica e profunda a respeito da formação da música brasileira, principalmente daquela diretamente influenciada pela diáspora africana. “Além disso, o objetivo da série de workshops é trocar conhecimento e aperfeiçoamento técnico musical com todas essas comunidades de cultura afro da cidade do Salvador. Entre as mais importantes o CFA inclui o Ilê Aiyê e a comunidade do Hip-Hop e Rap”, considera Marle Macedo, diretora do CFA.

Serviço:
Conexão Cultural CFA – Música – As Matrizes Africanas na Música Popular Brasileira
Com: Maestro Letieres Leite, participação de DJ Branco. Para jovens da comunidade Hip-Hop e Rap e público interessado
Quando: 19 de agosto, sábado, 14h
Onde: Centro de Formação em Artes (Rua do Bispo, 29/31, Pelourinho)
Ingresso: Gratuito

Musical Se Acaso Você Chegasse terá Nara Couto e Claudia Cunha este fim de semana!


NaraCouto Vila Velha
Nara Couto – Foto Fernanda Maia

Neste final de semana, as convidadas do musical Se Acaso Você Chegasse são Nara Couto no sábado (19/08) e Claudia Cunha no domingo (20/08). Mais uma vez, o espetáculo conta com a participação artistas convidados.

 Se Acaso Você Chegasse mostra as diversas facetas que a cantora teve que assumir ao longo da sua trajetória e presta homenagem para a artista que, hoje, é reconhecida como uma grande intérprete da Música Popular Brasileira (MPB).

O espetáculo é construído de uma maneira envolvente: entrecortada por canções do repertório da cantora, a peça traz a atuação de quatro atrizes: Denise Correia, Lívia França, Josi Varjão e Clara Paixão, que vivem diversos momentos da biografia da artista.

  

O quê: espetáculo “Se Acaso Você Chegasse – uma homenagem à Elza Soares”.

Quando:  Até  27 de agosto (sábados e domingos).

Horário: 19h.

Local: Espaço Cultural da Barroquinha

Valor: Os ingressos ficam por R$ 20 (Inteira) e R$ 10 (meia)

Informações: (71) 98846-1928/  99269-8274

Vendas: No local ou pelo site: www.sympla.com.br