#Cabaré20Anos – Marilda Refly, a estética afro e cabelos crespos no Cabaré!


cabaré da rraça 20 anos

A cabelereira Marilda Refly chegou a uma grande descoberta: o mercado de cosméticos para cabelos crespos é um baú de tesouros! A personagem integra o clã do Cabaré da Rrraça, espetáculo do Bando de Teatro Olodum que celebra, em agosto, 20 anos. São diversos os personagens que, ao longo da peça, vão arrancando risos e provocando reflexões no público.

Marilda é um deles, criado pela atriz Cassia Valle e que já foi interpretado pelas atrizes Eddy Veríssimo, Jamile Alves e pela própria Cassia, que hoje a assume nos palcos. “Me preparei conversando com várias donas de Salões de Beleza, lendo as revistas Raça e buscando representar, não uma dona de salão específica, mas várias mulheres que tiram seu sustento e crescimento profissional através da estética”, conta Cassia.

#Cabaré20Anos – “Já que é questão de costume, se acostume a me chamar de negra!” – Dra. Janaína

Na peça, a personagem afirma algo que hoje é tão certo quanto promissor – pensando-se num futuro muito próximo: “o cabelo é um dos principais avanços de toda a estética negra”. O que confirma a atualidade do espetáculo Cabaré da RRrraça e a identificação do público com seus personagens, o que se vê a cada dia de apresentação: casa lotada.

cabaré da rraça 20 anos

Vinte anos depois….

“Acho esse texto tão atual. É importante por nós negros sabemos o quanto o cabelo é um elemento identitário, e o quanto suas evoluções são importantes e significativas para o fortalecimento e entendimento da nossa identidade. Acho que já naquela época, falar que o cabelo era um avanço, é como se eu tivesse criado um texto com visão total do futuro”, diz a atriz.

#Cabaré20Anos – Jaqueline…“Eu faço 2º ano de Formação Geral…!”

Importante lembrar que as criações de todos os personagens deste espetáculo, como já vimos aqui no Portal Soteropreta, se basearam, em muito, a partir de leituras da Revista Raça Brasil, que àquela época surgia como referência na pauta da estética e da autoestima negra, em combate ao racismo. Marilda, aqui, chega pra refletir isso.

“Acredito ser importante fazer o Cabaré como estamos fazendo, celebrando um texto feito há 20 anos que, por mais triste que seja, é necessário. Temos um espetáculo forte, que já fez viagens internacionais, já visitou boa parte desse Brasil e tem um público fiel e apaixonado”, diz Cassia.

#Cabaré20Anos – “Será que nem viado negão pode ser?!” – Edleusa, ser pretx, gay e de Candomblé!

#Cabaré20Anos – De volta ao Vila Velha

De 12 a 27 de agosto, Cabaré da Rrrrraça volta ao palco do Vila para mais apresentações – com mais atualidades e com mais polêmica. Até lá, acompanhe a série no Portal Soteropreta sobre alguns de seus personagens!