Cantor Alê Santana lança álbum sobre amor entre pessoas negras!


Nesta sexta-feira (4), o cantor Alê Santana lança o álbum “Afroamor”, trazendo o conceito de amor afrocentrado como temática principal. O álbum estará disponível nas plataformas de música como Spotify, Deezer, Youtube Music e Itunes. Em 7 faixas, o artista trata de diversas temáticas que envolvem a relação afetiva entre pessoas negras,a  exemplo da música “Afrocrush”. “Eu quero um amor afrocentrado, afro-ancestralizado, um amor assim melaninado. Eu quero um amor preto, com humor negro, que me deixe sem jeito”. Isso também fica evidente em músicas como “Gente preta se amando”.

A idéia do álbum surgiu após o artista participar do projeto “Afromanhoso”, ao lado de um grupo de amigos. O repertório era composto por músicas autorais e de artistas negros, sendo todas falando de amor. Dentre essas, muitas canções de baianos como Carlinhos Brown, Jauperi, Lazzo, Timbalada, Margareth Menezes, Olodum, Ilê Aiyê e outros.

O trabalho traz a sonoridade de ritmos como kizomba, semba, kuduro e afrobeat, com forte inspiração em grupos e artistas como Buraka Som Sistema, Mayra Andrade, Branko, Dino D’Santiago, Sara Tavares, Nelson Freitas, C4 Pedro, Burna Boy, Yemi Alade e outros tantos que trazem a fusão entre a musicalidade de origem africana e batidas eletrônicas. A produção musical é assinada por Marcelo Santana, da Aquahertz Beats, e as composições são todas do próprio Alê Santana.

 

SOBRE O ARTISTA

Nascido e criado no bairro da Liberdade, em Salvador-BA, começou a cantar no início da adolescência e já passou por bandas de vários estilos musicais, como pagode, samba, axé, forró e black music. Também participou dos festivais de música de blocos afro como Olodum e Ilê Aiyê, dos quais já foi finalista.

Por muitos anos foi vocalista do grupo Balansoul e, em trabalho solo, lançou o DVD “Boas Novas” em 2014, o álbum promocional “Soul & Violão” em 2017, no qual interpreta grandes sucessos da música preta brasileira, e mais oito singles que estão disponíveis no youtube e outras plataformas digitais de música, como Spotify, Deezer, Itunes, etc.