Documentário “Balizando 2 de Julho” homenageia a comunidade LGBTQI+ na data cívica!


Balizando 2 de Julho”

 

É no cenário do desfile cívico do 2 de julho que nasce o documentário “Balizando 2 de Julho”. Na busca por aceitação, reconhecimento e luta por liberdade e respeito, o doc tem roteiro e direção de Fabíola Aquino e Márcio Lima, e homenageia a comunidade LGBTQI+, representada no filme por balizas e balizadores gays e transexuais. O lançamento será em 31 de julho, às 19 horas, no Espaço Cultural da Barroquinha, com entrada gratuita.

Balizando 2 de Julho acompanha a trajetória de duas personagens centrais: Diana Souza, uma baliza trans, e Gabriel Vilasboas, um balizador gay. Em meio aos ensaios, escolha de figurino e criação de coreografia, eles revelam uma realidade ainda permeada por preconceito e obstáculos como a difícil relação com o mercado de trabalho, a aceitação da orientação sexual e identidade de gênero e a relação com familiares e comunidade.

Para dar voz aos LGBTQI+, o doc destaca o momento de maior importância para a comunidade. O ápice é a passagem do desfile pela região do “Beco do Rosário”, na Avenida 7 de Setembro, em Salvador. É lá que todos ficam concentrados para assistir ao “show” das balizas e balizadores. Neste momento também ocorre uma avaliação popular e espontânea das performances, a famosa “churria” (termo popular entre a comunidade LGBTQI+ que se assemelha a “zombar”, “gongar”). “O mais importante é que, num espaço hetoronormativo por natureza, tem se revelado também um lugar de mudanças”, avalia a cineasta Fabíola Aquino.  

Balizando 2 de Julho”

Respeito, igualdade e diversidade – Além das meninas, na função de baliza, desfilam transexuais, travestis e gays, transformando as comemorações ao 2 de Julho numa grande festa cívica pela diversidade. A cineasta Fabíola Aquino conta que o documentário surgiu pela necessidade de abordar um tema delicado, porém, necessário para a construção da identidade de um segmento social carente de visibilidade e que merece respeito.

O documentário, contemplado com o edital Arte Todo Dia – Ano IV, da Fundação Gregório de Mattos (FGM) e Prefeitura de Salvador, é um projeto da Obá Cacauê Produções e conta com apoio do Grupo Gay da Bahia (GGB).

Serviço

O que: Lançamento do documentário Balizando 2 de Julho

Quando: 31 de julho de 2019           Horário: 19 horas

   Onde: Espaço Cultural da Barroquinha (Rua do Couro, s/ n – Barroquinha). 

Fotos: Divulgação