Espetáculo simula autópsia no escritor Lima Barreto


Traga-me a cabeça de Lima Barreto”, estrelado pelo premiado ator Hilton Cobra (Cobrinha), já foi visto por mais de 10 mil pessoas!

Traga-me
foto: Adeloyá Magnoni

Continua até o dia 10 de junho a curta temporada do espetáculo “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”, estrelado pelo premiado ator Hilton Cobra (Cobrinha). Em cartaz no Teatro Gregório de Matos, a peça foi indicada ao Prêmio Braskem de Teatro 2017 nas categorias espetáculo, texto (Luiz Marfuz) e ator (Hilton Cobra). A greve instalada nacionalmente não vem impedindo as apresentações, que já foram vistas por mais de 10 mil pessoas em cinco estados.

A peça propõe uma tentativa de elucidação de “como um cérebro considerado inferior poderia ter produzido uma obra literária de porte se o privilégio da arte nobre e da boa escrita é das raças tidas como superiores?”. A partir desse embate, o ator mostra as várias facetas da personalidade e da genialidade de Lima Barreto, refletindo sobre loucura, racismo e eugenia, a obra não reconhecida e os enfrentamentos políticos e literários de sua época.

Escrito por Luiz Marfuz especialmente para comemorar os 40 anos de carreira do ator baiano Hilton Cobra, o espetáculo é dirigido por Fernanda Júlia do (NATA – Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas), e mostra uma imaginária sessão de autópsia na cabeça de Lima Barreto, conduzida por médicos eugenistas, defensores da higienização racial no Brasil, na década de trinta.

SERVIÇO:

TRAGA-ME A CABEÇA DE LIMA BARRETO

Local: TEATRO GREGÓRIO DE MATTOS

Data: até 10 junho/18 – quinta a domingo

Horário: 19 h

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia)

Informações: (71) 32027880