Exposição e documentário ‘Candomblé – um Legado Africano’ é exibido na Casa do Benin aberto ao público


Foto: Divulgação

Candomblé – um Legado Africano terá exibição de documentário e exposição até o dia 19 de junho na Casa do Benin. Produzido pela Universidade Católica de Lili na França, o longa, com autoria e criação do pai de santo Baba Leo, faz parte de uma trilogia produzida pelos diretores Erika & Bernardo Thomás, onde revelando a importância social, cultural e etnológica desse Legado para a nosso povo. O objetivo da obra é explicar os fundamentos da religião, além de apresentar formas de resistência, mostrando o hino à natureza e à vida como um legado africano.A atividade é gratuita e aberta ao público.

Totalmente gravado no Brasil, especificamente no terreiro de Candomblé Igbá Asé Ominolá (Casa das Águas da Prosperidade), em Fortaleza/CE, aberta em 2010, o audiovisual é baseado na vivência do Babalorixá Leonardo Ty Osun, nordestino, brasileiro e adepto do Candomblé. O pai de santo relata sua trajetória, os desafios de liderar um templo de matriz africana no Brasil e de manter viva as raízes afro-descendentes em meio a tanto preconceito e intolerância.

SERVIÇO

O quê: Exibição do documentário e abertura da exposição Candomblé – um Legado Africano

Quando: Exposição em cartaz até 19/06, de terça a sábado, das 9h às 17h

Onde: Casa do Benin – Rua Padre Agostinho Gomes, 17, no Pelourinho

GRATUITO