Felícia de Castro estreia “Tudo Que Você Precisa é Amor” na Sala do Coro do TCA!


Felícia_de_Castro
Foto Nina La Croix

 

O acontecimento cênico Tudo Que Você Precisa é Amor estreia no próximo dia 27 de setembro, uma criação da artista Felícia de Castro – fruto de 20 anos em pesquisas e experiências no campo das artes cênicas. Em cartaz até 30 de setembro na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, a obra traz como norte dramatúrgico o ensinamento budista que aborda a busca incessante do ser humano por satisfação e a possibilidade da felicidade ser encontrada dentro de si.

Bafuda Orgância é uma palhaça que nasce do riso que habita o ventre da terra e convoca-nos a um encontro tragicômico de luzes e sombras. Partindo da mitologia pessoal da artista à mitologia arquetípica de deusas das antigas culturas matriarcais, o espetáculo é uma celebração da vida, da morte e do amor como a grande revolução.

A obra é uma homenagem ao rito da palhaçaria e às mulheres cômicas, pesquisa aprimorada há 10 anos por Felícia de Castro através do projeto Palhaças, Bem-Vindas Sois Vóis.

“Estas experiências estão na minha carne e na dramaturgia do espetáculo. Todas nós, infelizmente e inevitavelmente, trazemos as feridas e as marcas da violência, opressão e domesticação sexual. Nosso corpo foi o primeiro território a ser colonizado. Nosso ato político é a coragem de encarar nossas profundezas, descolonizar este corpo e ser quem somos em sua máxima potência. Subvertendo a ordem. Assim eu encaro a palhaçaria feminina e a função sagrada do riso. O riso que liberta as emoções presas, afasta o medo, desperta o prazer, e assim é subversivo”, enfatiza Felícia.

Tudo Que Você Precisa É Amor propõe através da palhaçaria um olhar para a criança e para a mulher a partir das dores que foram provocadas nessa era patriarcal e que nos trouxe desequilíbrios graves enquanto humanidade. É um ato mágico que chama para uma reflexão/tomada de consciência que concilie o que foi com o que precisa ser.

 

Serviço

O quê? Tudo Que Você Precisa é Amor – Texto e atuação de Felícia de Castro e direção de Alê Casali

Quando? 27 a 30 de setembro – quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Onde? Sala do Coro do Teatro Castro Alves – Praça Dois de Julho, Campo Grande – Salvador, BA

Ingressos? R$20 (inteira) e R$10 (meia) – www.ingressorapido.com.br