Festival Estudantil de Artes Cênicas acontece em formato virtual e traz obras internacionais!


Ânsia
Ânsia

 

O Festival Estudantil de Artes Cênicas (Festac) chega a quinta edição com uma programação em formato 100% virtual, entre os dias 26 e 28 de novembro, sempre a partir das 19h, através do canal do projeto no Youtube. Com o tema “Poéticas do Agora”, o objetivo do festival neste ano é estimular a produção e a difusão de obras estudantis, promovendo reflexões sobre os impactos da pandemia na arte e na sociedade a partir desses jovens olhares.

A curadoria deste ano analisou obras de diversas universidades do país e selecionou 08 propostas, todas inéditas ou adaptadas para o formato virtual. Quatro obras são de estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA): “Nada é Por ACasa”, “É de ontem?”, “Mariar Um Mar de Poesias”, “Este Conto, Eu Conto!”.

Além destas, serão apresentados trabalhos de outros estados: “O amor faz-me fome” (UFSJ), “Ânsia” (UFPEL), “Heróis y Santos – a colonização é uma contaminação” e “O quarto de Miffi” da (UNICAMP). Em 2020, a programação conta com obras virtuais internacionais de estudantes do México: “De la Calle”, do grupo AntiTeatro de Hidalgo; e “Soy, el cuerpo sin nombre”, da Cia de Teatro UPAEP de Puebla, México.

O Festac conta ainda com cinco obras convidadas produzidas durante o isolamento, e pela primeira vez, obras internacionais estarão sendo exibidas no FESTAC: “Íntimo estranho”, da Cia Ìdrima – SP/Alemanha; “COMETA”, uma dança devaneio do artista baiano Guego Anunciação; “Proyecto Pajaro”, da Argentina; “Experimento Pânico vaginal”, uma obra de Lara Duarte; e a exibição do espetáculo show “Comprovendotrocoamor em casa”, do multiartista Luiz António Sena Jr..

Estas obras convidadas poderão ser assistidas virtualmente durante os dias de programação do festival, de 26 a 28 de novembro, a qualquer hora do dia, através de link enviado após compra de ingresso, a ser adquirido na plataforma Sympla, com preços populares de R$10 ou um combo no valor de R$40. As obras da mostra universitária terão acesso livre, com contribuição voluntária.

Mesas e a crítica
Além da programação artística, serão realizadas duas mesas de diálogo, chamadas de Web-conservatório, nos dias 27 e 28, com os temas “Festivais universitários de artes cênicas e o universo digital” e “Processos criativos e formatos de conexão com o público em tempos de isolamento”, respectivamente.

Nesta edição, o festival conta com a ação Corp_ Crític_, nela as obras serão assistidas por um grupo de artistas-críticos – Lara Duarte, Jeisiekê de Lundu, Matheus Matogrossa, Diego Alcântara, Zé Marat, Adriana Ryal, Alex Simões, Diego Pereira, entre outros –, no intuito de estimular a escrita crítica de obras artísticas.

 

#comprovendotrocoamor
#comprovendotrocoamor

Programação

# 26 de novembro

– 15h – I Web-conversatório: “Processos criativos e formatos de conexão com o público em tempos de isolamento”
Presenças virtuais confirmadas: Ivani Santana, Luiz Antônio Sena, Jorge Bascuñan, Lara Duarte, Guego Anunciação, Tomas Masariche.

-19h – I dia de programação com apresentação de Ixchel Castro (México), com a convidada Diana Ramos (Brasil) contribuindo no debate sobre as obras.

NADA É POR ACASA – (UFBA – BRASIL)
ESTE CONTO, EU CONTO! (UFBA – BRASIL)
DE LA CALLE – AntiTeatro (Hidalgo, MÉXICO)
SOY, EL CUERPO SIN NOMBRE – Cia de Teatro UPAEP (Puebla, MÉXICO)

# 27 de novembro

– 19h – II dia de programação com apresentação de Marcus Lobo (BR), com a presença de Jones Mota (Brasil) e Joyce Sangolete (Brasil), contribuindo no debate sobre as obras

ÂNSIA – (UFPEL – BRASIL)
O QUARTO DE MIFFI – (UNICAMP – BRASIL)
HERÓIS Y SANTOS – A COLONIZAÇÃO É UMA CONTAMINAÇÃO – (UNICAMP – BRASIL)

# 28 de novembro

– 15h – II Web-conversatório “Festivais de artes cênicas e os desafios da virtualidade”
Presenças virtuais confirmadas: Luisa Monteiro (FETO – BH), Caique Teruel (FESTARA – SP), Karla Lacerda (FESCETE – SP), Ana Paula Borges (CINEFONE – BA), Cristina Castro (VIVA Dança – BA)

– 19h – III dia de programação com apresentação de Guilherme Hunder (BR), com a presença de Marilza Oliveira (Brasil), contribuindo no debate sobre as obras.

O AMOR FAZ-ME FOME – (UFSJ – BRASIL)
MARIAR, UM MAR DE POESIA – (UFBA – BRASIL)
É DE ONTEM? – (UFBA – BRASIL)

# OBRAS CONVIDADAS
ESTREIA Nacional
Obra 01 – COMETA
Obra 02 – #comprovendotrocoAMOR

ESTREIA Internacional
Obra 03 – PROYECTO PAJARO (Argentina)
Obra 04 – EXPERIMENTO PÂNICO VAGINAL (SP)
Obra 05 – ÍNTIMO ESTRANHO – CIA ÍNDRIMA (BRASIL / ALEMANHA)