Funceb promove Slam de Poesia Preta da Periferia nesta quinta(23)!


sarau da onça
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/Secult) incrementa o projeto Novembro das Artes Negras com a participação d ajuventude negra de periferias da cidade de Salvador. No dia 23 (quinta-feira), às 17h, será realizado o Slam da Poesia Negra, na sede da Funceb (Pelourinho). O Slam terá a participação do Sarau da Onça (Sussuarana), Slam da Minas (Cabula), Sarau do JACA (Cajazeiras) e do Coletivo ZeferinaS. O evento será aberto ao público.

 

coletivo_zeferinas
Foto Lucian Hely
O Slam da Poesia Negra promoverá o intercâmbio entres alguns dos Saraus existentes em bairros periféricos de Salvador, que usam a arte e especialmente a poesia para enfrentar os problemas sociais que atingem principalmente os jovens negros. O Slam reunirá coletivos periféricos de poesia, formados por jovens da capital baiana que realizam esta atividade cultural voltadas para suas comunidades.
Para Carol Cerqueira, uma das integrantes do Coletivo ZeferinaS, eventos como estes são de alta relevância, pois incentivam os jovens negros a se expressarem pela comunicação escrita.
 
“Os Slams e Saraus, em geral, tem uma responsabilidade muito grande, social mesmo porque é um espaço que nos permite expressar a nossa escrita e aprender com o outro. São locais de fortalecimento, e o objetivo maior do Coletivo é incentivar e mostrar aos jovens a capacidade de cada um e demonstrar a esperança de alcançarmos outros lugares”, explica.

O Slam acontecerá na sede da Funceb, no Pelourinho e será aberto ao público, sujeito à lotação do espaço.

Serviço:
SLAM da Poesia Negra
Data: 23 de novembro de 2017
Horário: 17h
Local: Sede da FUNCEB, Pelourinho