Ilê Axé Odé Yeyê Ibomin recebe exposição sobre o Candomblé na estética do graffite!


Coletivo_Cultural_Ibomin

Ocorre nos próximos dias 26 e 27 de janeiro, a partir das 14 horas, a primeira etapa da exposição final do Projeto Ancestralidade e Novas Narrativas: a iconografia do candomblé na estética do graffite. O evento, que ocorre no Ilê Axé Odé Yeyê Ibomin, no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, traz produções de jovens negros/as do município.

Com a co-realização do Coletivo Cultural Ibomin, as artes visuais são resultado de cerca de 20 horas de oficina de grafitte, divididas em seis encontros e uma roda de conversa com a Yalorixá Odalice do Carmo. São mais de 20 peças que abordam o universo simbólico das religiões de matriz africana e utilizam como suporte, utensílios do cotidiano das comunidades de terreiro como quartinhas, aguidás e peneiras de palha.

Essa será a primeira das três edições da exposição. Em fevereiro, outros dois espaços receberão a visita das obras do Ancestralidade e Novas Narrativas. 

O Projeto Ancestralidade e Novas Narrativas tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do edital Calendário das Artes 2017, Fundação Cultural do Estado Bahia – FUNCEB e Secretaria de Cultura da Bahia – SECULT.

Serviço:

O que: Exposição do Projeto Ancestralidade e Novas Narrativas

Quando: 26 e 27 de janeiro (sexta e sábado) das 14 às 18 horas

Onde: Ilê Axé Odé Yeyê Ibomin (rua Bela Vista, 21, Queira Deus, Portão, Lauro de Freitas – próximo ao Galpão Malibu I)

Ingressos: Gratuito

Contatos: