Instituto de Mídia Étnica realiza Semana Nacional de Democratização da Comunicação


whatsapp-image-2016-10-17-at-10-18-32Entre 19 e 22 de outubro, o Instituto Mídia Étnica celebrará seus 11 anos denegrindo a mídia com a Semana Nacional de Democratização da Comunicação 2016, uma programação que trará rodas de diálogo sobre as Políticas de Comunicação, o Marco Civil da Internet e a inclusão da temática étnico-racial e dos direitos humanos na formação do comunicador, além de oficinas sobre Fotoetnografia, Vídeo Reportagem, Educomunicação, entre outros temas. Tudo acontece na sede do Instituto, no bairro do Dois de Julho.

A abertura será no dia 19 de outubro, às 19h, com a Roda de Diálogos “Comunicação e Educação: racismo e direitos humanos na formação do comunicador”, com a jornalista e professora mestre Ceres Santos (Uneb) e a também jornalista, fotógrafa e professora doutora Márcia Guena, diretora do Departamento de Ciências Humanas da Uneb, Campus Juazeiro. Além da roda de diálogos, ambas também ministrarão oficinas: Márcia Guena de Fotoetnografia e Ceres Santos de Educomunicação.

No dia 20 de outubro, também às 19h, uma mesa reunirá jornalistas negras que tiveram a experiência de conhecer veículos negros nos Estados Unidos, por meio de intercâmbios. Estará presente Camilla de Moraes, da Revista Acho Digno, que recentemente esteve em Nova Iorque, graças ao projeto Identidades Transatlânticas. Já Alane Reis, da Revista Afirmativa, e Cristiana Fernandes, da TV Pelourinho, foram contempladas no Intercâmbio promovido pelo Consulado dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com o Instituto Mídia Étnica, que proporcionou uma viagem a Atlanta, em 2015, com o mesmo intuito. Para inscrição gratuita nas oficinas, basta enviar um email para [email protected].

Foto: Jamile Coelho
Foto: Jamile Coelho

Veículos Negros da Bahia

Já no dia 21 de outubro, que marca o aniversário de 11 anos de fundação do Instituto Mídia Étnica, a temática central serão as Políticas de Comunicação, as mobilizações pela Democratização da Mídia e as experiências de veículos negros em Salvador. Pela tarde, das 14h às 18h, o jornalista e doutorando da Universidade de Brasília Pedro Caribé ministrará uma oficina sobre o Marco Civil da Internet.

No mesmo dia, a partir das 19h, haverá uma mesa de diálogos sobre resistência e sustentabilidade de veículos negros com representantes de três linguagens da Comunicação: Dj Branco do programa de rádio Evolução Hip Hop (Educadora FM); Ivana Sena da revista impressa Quilombo; Jamile Menezes do Portal de Notícias SoteroPreta, exclusivo sobre cultura negra de Salvador; e Heraldo de Deus Borges do canal de youtube Ouriçados, que também integra o NegrXs Digitais, grupo que tem discutido a produção de conteúdo para web por realizadores negros e negras. 

Imprensa negra na diáspora 

Encerrando a Semana de Democratização da Comunicação do Mídia Étnica, acontece no sábado, 22 de outubro, das 9h às 12h, a última aula da Formação em Mídia Étnica, curso de Jornalismo e Relações Raciais. O tema será “Imprensa Negra no Brasil e na Diáspora” e contará com um hangout reunindo a professora doutora Ana Flávia Magalhães, pesquisadora sobre a história da imprensa negra brasileira; Fabien Anthony, do portal AfroEstilo da Colômbia, e David Wilson, do The Grio, dos Estados Unidos. Confira aqui toda programação.