Marcha do Empoderamento Crespo – um espaço de atitude para todas as idades!


marcha_empoderamento_crespo2

Em 18 de novembro, as ruas do centro de Salvador estarão crespas, coloridas e pretas. Isso porque a Marcha do Empoderamento Crespo chegará chegando, com sua III edição. Mais de 10 mil pessoas já foram tocadas por sua menagem de resistência e de orgulho e, este ano, promete ainda mais milhares. Pela primeira vez com tema, a Marcha irá às ruas pautando o combate ao racismo religioso.

Uma destas pessoas tocadas pela Marcha é D. Ivonete Vasconcelos de Jesus, licenciada em Geografia e bacharel em Direito. Ivonete conheceu a Marcha em um outro evento e, a partir daí, passou a se integrar à militância.

“Passei a conhecer expressões como racismo, sexismo, sempre observei a sociedade, inconformada, apesar de não militar em nenhum órgão. A Marcha me fortaleceu pra enfrentar o racismo de todo dia, influenciou minha vida de forma decisiva, me alertou sobre o que está acontecendo ao meu redor, à mudança em relação à autoestima das mulheres negras”, relata Ivonete.

marcha_do_empoderamento_crespo
Dikeké Matos

A resistência e a coragem de assumir seus cabelos crespos foram algumas das lições também aprendidas por Kênia Matos – Dikeké Matos – escritora e fotógrafa amadora. Em especial quando ela viu em sua mãe toda esta força brotar.

“A Marcha é importante pra mim porque foi nela que vi, pela primeira vez, com meus os próprios olhos, minha mãe, uma senhora de 54 anos exercendo seu feminismo e empoderamento, e dividindo-o com mais de mil pessoas. A Marcha é importante porque empodera desde a criança de 5 anos até as senhoras de 70”, diz.

A Marcha é isso: empoderamento que reúne criança, jovens, adultos e idosos em torno da consciência de sua autoestima.

AFROO! Vem aí a III Marcha do Empoderamento Crespo em Salvador!

III Marcha do Empoderamento Crespo

Quando: 18 de novembro (sábado), 13h

Local: Concentração no Campo Grande

Programação: sarau de poesia, pintura facial, performances e mais!