Muzenza apresenta suas candidatas a Muzembela do carnaval 2017


Muzenza

O bloco afro Muzenza do Reggae promove, nesta terça-feira (14), às 19h, a 33ª festa de escolha da Muzembela, rainha do Carnaval de 2017. Com o tema ‘Afrofuturismo’, o Muzenza convida para  ocasião, o cantor e compositor Alexandre Guedes, a cantora Amanda Santiago e a banda Aiyê, do bloco afro Ilê Aiyê. A pré-seleção das beldades definiu oito finalistas, que representam a beleza de diversas comunidades de Salvador.

O tema ‘Afrofuturismo’ faz alusão a um movimento iniciado na década de 1960, que utiliza a música, artes plásticas, grafismos, moda e a  fotografia como forma de reivindicação. 

Queremos mais uma vez abrilhantar o desfile no Campo Grande e nas ruas do Centro de Salvador, por onde passa o bloco Muzenza, com muita plasticidade, brilhantismo e a batida incomparável da percussão. Faremos mais um carnaval de paz e beleza, elevando a cultura negra no Carnaval da Bahia”, promete o presidente do bloco afro Muzenza, Jorge dos Santos. 

Criado no bairro da Liberdade em 1981, o Muzenza completa 33 carnavais, sempre marcados pela força da percussão, do canto e do ritmo do samba reggae. Com o “Afrofuturismo”, o Muzenza trará para a Avenida: 70 percussionistas, seis alas com centenas de dançarinos, capoeiristas, baianas, além de 350 rastafaris, em uma ala que homenageia o artista jamaicano Bob Marley, divulgador da cultura rastafari pelo mundo.

Conheça as candidatas do Muzembela 2017 e o que elas querem:

Bloco afro Muzenza
Larissa Alliança, 29 anos, Biomédica e moradora de Brotas
“Espero dar  meu melhor para um bloco que possui uma história de peso.
Como uma mulher guerreira, que defende os princípios da mulher negra.

 

Bloco afro Muzenza

Larissa Oliveira, 18 anos, Estudante e Arte-educadora, de Nova Sussuarana
“Representatividade. É o retorno que tenho por fazer alguns trabalhos na minha comunidade e venho acumulando reconhecimento.”

Bloco Afro Muzenza

Jamile Fátima Oliveira, 29 anos, estudante e moradora do bairro de Cosme de Farias
”Uma mulher guerreira, forte, mãe de família, esposa dedicada.
Procuro dar o melhor de mim em tudo o que faço”
Bloco Afro Muzenza
Jacinalva Chagas, 40 anos, Trançadeira, moradora da Avenida San Martins
“Eu me vejo discriminada e, por mais que a gente tente se valorizar, aparece sempre um para nos colocar para baixo. Nesse momento, a comunidade, incluindo o Muzenza, chega para mostrar a nossa força de negão e negona.”
Bloco Afro Muzenza
Luana Correia, 29 anos, estudante da Liberdade.
” Ser negra para mim é ser mulher para além de bela, recatada e do lar.”

Bloco Afro Muzenza

Lorena Matos, 19 anos, Bailarina do bairro do Novo Horizonte.
“Mostrar o que eu sei fazer, que é dançar e, ganhando ou perdendo, estar sempre com um sorriso brilhante.” 

Muzanza

Dandara Nascimento, 24 anos, Esteticista e estudante, moradora do Engenho Velho de Brotas
“Quero me superar e estou aqui para mostrar a beleza da mulher negra para a sociedade. Eu me sinto belíssima, linda, poderosa, importante!”
Bloco Afro Muzenza
Nivia Alice Lopes, 30 anos, Animadora de Lazer, Itapuã

Serviço:

O que: Festa de Escolha da Muzembela 2017

Onde: Praça Tereza Batista – Pelourinho

Quando: 14 de fevereiro de 2017, às 19h.

Quanto: $30| $15 (podem ser adquiridos na portaria no dia da festa e na sede do bloco – Rua das Laranjeiras, Pelourinho)

Fotos: Rosalvo Neto