OSBA realiza concerto “OsBATALÁ”, junto ao grupo percussivo Rum Alagbê, Márcia Short e Lazzo Matumbi!


Divulgação/OSBA

 

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) reflete sobre as raízes culturais africanas no Brasil ao dar destaque à música do candomblé no concerto em vídeo “OsBATALÁ”, que convida o grupo percussivo Rum Alagbê, um projeto social do Terreiro Mãe Menininha do Gantois e com participações especiais dos cantores Márcia Short e Lazzo Matumbi. Neste projeto, sob a regência de Carlos Prazeres, são interpretados os orikis (cantos em iorubá) “O Fururu Loorere”, “Ajaguna Gbawa”, além de “Carmen”, música em homenagem a atual ialorixá do Terreiro Mãe Menininha. O vídeo vai ao ar no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, às 19h, no canal da OSBA no Youtube (www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicaDaBahia).

Além da regência de Carlos Prazeres e da presença do grupo percussivo Rum Alagbê e dos cantores Márcia Short e Lazzo Matumbi, o “OsBATALÁ” tem participação de Ângela Lopo e Luciana Baraúna nos coros vocais, filhas do Gantois. O arranjo de percussão foi feito por Iuri Passos, o arranjo orquestral de “O Fururu Loorere” é de Bira Marques, o de “Ajaguna Gwaba” do maestro Letieres Leite e “Carmen”, possui arranjo de Jean Marques, também fagotista da OSBA.

SERVIÇO:

OSBA EM CASA #VIRTUAL

OsBATALÁ – OSBA CONVIDA O PROJETO SOCIAL RUM ALAGBÊ DO TERREIRO DE MÃE MENININHA DO GANTOIS

Data e Horário:  20 de novembro, às 19h

Vídeo ao ar no canal da OSBA No Youtube

( www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicaDaBahia)

Regente: Carlos Prazeres

Cantores convidados: Márcia Short e Lazzo Matumbi

Arranjos de percussão: Iuri Passos

Participação de Ângela Lopo e Luciana Baraúna nos coros vocais

Programa:

O Fururu Loorere – Orixá Oxalá (arr. orquestral Bira Marques), com Márcia Short

Ajaguna Gbawa O – Orixá Oxagiayan (arr. orquestral Letieres Leite), com Lazzo Matumbi

Carmen (arr. orquestral Jean Marques), com Márcia Short e Lazzo Matumbi