Poeta com P de Preto lança CD sobre resistência negra


As dores causadas pelo genocídio do povo preto, a luta anti-racista e a realização do amor afrocentrado estão distribuídos nas 16 faixas do CD “Poesia de Revolução Verbal” do Poeta com P de Preto, Rilton Junior. O disco foi lançado recentemente através das plataformas digitais do artista, YouTube e SoundCloud.  Em contato com a poesia desde 2010, o poeta começou a viver da poesia em 2014 quando integrou o grupo de poesia itinerante “Resistência Poética”, surgindo em 2016 o “Poeta com P de Preto” para seguir militando através da força dos versos.

“Percebi o poder que tem a palavra, tanto de explicitar para sociedade que não somos esse monstro que ela pinta, quanto na re-valorização da nossa fala, da nossa estética e espaço político em sociedade”, diz Rilton Junior.

O CD é uma produção independente com a parceria do studio Back To Back e do DJ Akani que masterizou e mixou as gravações. A capa do disco busca fazer referência às cores do pan-africanismo e demonstrar o anseio pela produção afrocentrada com o mapa do continente africano ao fundo, em marca d’água. Os artistas Jhonata Azevedo e Luz Marques fazem participação especial na faixa Democracia Racial e Africanize-se, respectivamente. “Não se corromper” gravada na Buero Gravadora com os rappers Pezão e Menny e “Frenesi” da poetisa Fabiana Lima com participação de Rilton Junior são as faixas bônus do CD.