Projeto “Contos e Cantadores” homenageia Mestre João Pequeno!


mestre_joao_pequeno
Mestre João Pequeno – Divulgação

 

Mestre João Pequeno será o próximo homenageado do projeto Contos e Cantadores, que realiza sua terceira edição nesta sexta-feira (26), 10h, no Museu Tempostal, no Pelourinho. Com o tema “Rituais e Musicalidade: as Lições do Mestre João Pequeno”, o encontro irá reunir Mestre Sabiá, Mestre Jogo de Dentro, a mestre mandingueira Patrícia Mascarenhas, Nane (neta do homenageado) e Jurandir Santos, filho de Mestre João Grande.

Com total de quatro edições, em diferentes museus da cidade, o projeto convida o público a participar de rodas de conversas e música para conhecer a identidade histórica do povo brasileiro a partir do cancioneiro da capoeira.

Referência mundial na Capoeira Angola, Mestre João Pequeno é um dos grandes propagadores da capoeira no mundo, tendo sido, ao lado de João Grande, discípulo do Mestre Pastinha, que é um dos principais mestres de capoeira da história. Frequentador da capoeiragem na sua forma mais original, João Pequeno deu seguimento ao Centro Esportivo de Capoeira Angola (CECA) no Forte Santo Antônio Além do Carmo (1982), fundado por Mestre Pastinha, onde constituiu a nova base de resistência, tornando possível que a Capoeira Angola despontasse para o mundo.

“De voz tranquila e ensinamentos profundos, João Pequeno é um grande exemplo de humildade, muito importante para a Bahia e para capoeira do mundo. Ele considerava a capoeira como um alicerce para todos os outros campos da vida do capoeirista. A partir de valores como o respeito ao próximo, ele lutou para que a capoeira fosse mais respeitada pela sociedade”, realça Mestre Sabiá, idealizador do projeto e diretor do Projeto Mandinga.

O Circuito Contos e Cantadores tem realização assinada pelo Projeto Mandinga e Aú Marketing com Propósito e apoio financeiro apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

 

SERVIÇO:

Contos e Cantadores – 3º encontro

Quando: 26 de setembro (sexta-feira)

Horário: 10h

Onde: Museu Tempostal – R. Gregório de Matos, 33 – Pelourinho, Salvador

Entrada franca