Rapper Wall lança música e clipe gravados em casa


Foto Divulgação

 

Antes da pandemia, das lives, do home office e das milhares de opções de cursos para fazer na internet, o rapper Wall já fazia sua arte isolado em casa. Em outubro do ano passado, o soteropolitano de 22 anos colocou na cabeça que lançaria seu primeiro EP solo. O empecilho era financeiro: o rapaz não tinha grana para gravar em um estúdio tradicional então teria que tocar as coisas por si.

Desafio aceito: em dois meses aprendeu a gravar, masterizar e mixar. Tudo isso em paralelo a seu estágio em Comunicação, no Tribunal Regional Eleitoral. Assim nasceu EHLO, um trabalho de cinco músicas fortes que falam sobre masculinidade, ancestralidade e afetividade negra: Wall chegou nessa brincadeira de fazer as coisas em casa quando era tudo mato!

Agora em maio, ele voltou a colocar o seu pequeno estúdio, improvisado num cantinho do quarto de sua casa em Itinga, para trabalhar e lançou, na segunda-feira (25), o single ‘No hype, do rap’. A música, diz Wall, é uma sátira à atual cena do rap. “Se fala muito sobre o tal ‘hype’ ou o ‘rap game’, uma espécie de competição em que vence quem se exibe mais. Sem saudosismo, só entrei na brincadeira”, afirma o rapper.

O nome da música é um trocadilho. Em português, lê-se “no hype do rap”, que é, segundo o artista, “onde muito MC aparenta querer estar”; em inglês, como deve ser lido, significa “sem extravagância, faça rap”, a real mensagem da música. Outra curiosidade é que Wall resolveu usar o lançamento para testar o alcance das suas redes sociais. Assim, ele disponibilizou a música exclusivamente no Twitter e no IGTV (Instagram) e só vai lançar oficialmente nas plataformas no início de junho.