Ryane Leão, Mel Duarte e Lívia Natália participam de mesa no FLIN!


Ryane Leão

Linhas de afeto na zona de batalha Zeferina: este é o nome da mesa que Ryane Leão participa na primeira edição do Festival Literário Nacional (Flin), que acontece os dias 12 e 15 de novembro no Ginásio Poliesportivo de Cajazeira. A mato-grossense estará em Salvador no dia 14 de novembro e o encontro acontece às 15 horas junto a nomes como Mel Duarte e Lívia Natália.

Nascida em Cuiabá, no Mato Grosso, Ryane Leão se autodenomina como mulher preta, lésbica, poeta e professora cuiabana. Estudou Letras na Universidade Federal de São Paulo e, a partir de 2008, começou a participar de saraus, slams e a divulgar seus textos em lambe-lambes, falando de afetos e ativismo em defesa dos direitos das mulheres negras.

Mel Duarte – FOTO DE BRUNO FIJI

Seu livro Tudo nela brilha e queima (2017) foi publicado a partir de uma campanha de financiamento coletivo e o sucesso estrondoso transformou a autora num fenômeno literário. Atualmente, seu perfil Onde jazz meu coração, possui mais de 640 mil seguidores nas redes sociais.

Na Flin seu debate será com exuberantes da literatura nacional. Três gerações de potencia amplificada cada uma exibindo seus dons particulares de encantamento. A mediação será com a jornalista Flávia Oliveira.

De 12 a 15 de novembro, nomes locais e nacionais irão pautar as rodas, mesas e conversas sobre diversas leituras em Salvador. Durante os quatro dias, o público participará de uma série de discussões contemporâneas a partir de mesas temáticas construídas pela e para a juventude.

Lívia Natália
Lívia Natália – Foto Andreia Magnoni

Neste mesmo sentido, o Flin apresenta uma programação que mescla nomes que conectam várias linguagens artísticas. Nomes como Lázaro Ramos, Regina Navarro, Ryane Leão, Jarrid Arraes, Luedji Luna e Larissa Luz foram confirmados.

Confira aqui a programação completa.