Se ligue na programação das pretas do Fórum Obìnrin! Este mês no Espaço Cultural da Barroquinha!


forum_obinrin
Exposição Obínrin (detalhe).Fto Shai Andrade

 

Dez artistas selecionadas em convocatória aberta ao público iniciam residência artística no Espaço Cultural da Barroquinha nesta quarta-feira, dia 16 de maio e ocupam o espaço de quarta a sexta, das 13h às 19h, até o final de julho no Fórum Obìnrin. A iniciativa é uma realização de ÁRÀKÀ – Plataforma de Criação Artística e Giro Planejamento Cultural, viabilizada por meio do Edital Setorial de Dinamização de Espaços Culturais – 2017, do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia e conta com o apoio institucional da Fundação Gregório de Mattos.

A intenção é que a residência artística torne possível a criação de uma rede de apoio mútuo e interações entre as participantes, fortalecendo vínculos e desencadeando novos projetos e ações futuras. A residência artística é aberta ao público que pode acompanhar os encontros e ver de perto como acontece um processo criativo e colaborativo.

Espetáculo – O Fórum Obìnrin recebe ainda o espetáculo Pé No Chão, da dançarina Inah Irenam, nos dias 19 e 20 de maio, sábado e domingo, às 19h. A obra investiga a relação do samba de caboclo dentro da evolução musico corporal do pagode baiano. O corpo como uma amalgama das tradições de matrizes brasileiras. Os ingressos custam R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia entrada) e podem ser adquiridos na bilheteria do Espaço Cultural da Barroquinha ou pelo site.

 

FÓRUM OBÌNRIN – PROGRAMAÇÃO – MÊS DE MAIO DE 2018

forum_obinrin
Espetáculo Pé no Chão, de Inah Irenam. Fto Cacheado Braga

Ainda integra a programação a exposição Obìnrin, com curadoria da Doutoranda em Artes Visuais pela UFBA, Tina Melo, que convidou as artistas de diferentes linguagens Val Souza, Aline Brune, Mônica Santana, Márcia Lima, Yasmin Nogueira, Maria Macêdo para desenvolver obras artísticas que visitem a memória das três mulheres que fundaram o candomblé Ketu no Brasil, exatamente onde é hoje o Espaço Cultural da Barroquinha. São as sacerdotisas yorubas Iyá Nassô, Iyá Detá e Iyá Katá. Com fotografias e instalações, a exposição preenche as lacunas de memórias destas mulheres, fundamentais para história de resistência africana no Brasil e formação da cultura brasileira.

 

Serviço – Fórum Obínrin
Residência artística aberta ao público
Dias 17 e 18 de maio, das 13h às 19h
Entrada franca.

Exposição Obìnrin
De quarta a sexta-feira, das 13h às 19h. Até 27 de julho.
Entrada franca.

Espetáculo Pé no Chão (DANÇA)
Dias 19 e 20 de maio, às 19h
Solo de dança de Inah Irenam
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia entrada)