“Madame Satã”: mais um espetáculo unindo Thiago Romero e Sulivã Bispo, em cartaz!


Madame_Satã
Foto Diney Araújo

 

Negro, homossexual e marginal. Este é um brevíssimo perfil de João Francisco dos Santos, mais conhecido como Madame Satã. O mito carioca é a personagem do próximo espetáculo de Thiago Romero: a montagem Madame Satã, que estará em cartaz  no Teatro Martim Gonçalves, em agosto. Quem dá vida ao personagem é o ator, Sulivã Bispo.

Com dramaturgia de Daniel Arcades, coreografia de Edeise Gomes e direção musical de Filipe Mimoso, o espetáculo busca desvendar um complexo processo em que se imbricam a apropriação (e ressignificação) simbólica do malandro e a aplicação de estratégias biopolíticas sobre os corpos “fora da norma”.

Madame Satã é uma biografia musicalizada, que pensa a música como instrumento de debate e discurso da negritude. Apesar de ter um caráter biográfico, o musical não tem um compromisso de contar cronologicamente a vida da personagem Madame Satã.

A escolha por Sulivã surgiu quando Romero o assistiu em “Troilus e Créssida”, dirigida por Márcio Meirelles, montagem do curso livre teatro da UFBA, em 2014. Com recurso financeiro irrisório, o espetáculo é pré-formatura de Thiago Romero pela Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. “Montar sem recurso é muito difícil, por conta da estrutura do espetáculo e da quantidade de profissionais envolvidos. Mas, a Madame me fez lembrar das rodas de samba, dos batuques na casa de Tia Ciata, das rodas de Jongo na serrinha, do cais do Valongo, do Curuzu, da Feira, do Candomblé”, enfatiza Romero.

 

Serviço

O quêMadame Satã 

Quando: 02 a 12 de agosto – quinta-feira a sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Onde: Teatro Martim Gonçalves, Avenida Araújo Pinho – Canela

Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) – www.sympla.com.br e na bilheteria (02 horas antes do espetáculo). Os estudantes dos cursos de Artes da UFBA têm acesso gratuito, sendo reservada uma cota de 20% da capacidade do espaço, neste caso, a retirada deve ser feita diretamente na bilheteria do Teatro até meia hora antes do início da apresentação, apresentando devida comprovação de matrícula na instituição.

 

Pô, Mainha! Atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy lançam novo canal “Na Rédea Curta”!


 

Após breve intervalo, os atores Sulivã Bispo (Mainha) e Thiago Almasy (Junior) estreiam amanhã o projeto Na Rédea Curta, com episódios semanais dos dois personagens, voltando ao ranking de destaque na cena das webseries recordistas do YouTube.

O canal Na Rédea Curta marca o amadurecimento da dupla, que promete surpresas tanto nos episódios hilários que voltam a ser lançados semanalmente no YouTube, quando fora da universo da web, com projetos futuros para palcos e para a telona também. Entre as novidades, está a apresentação da dupla no projeto Domingo no TCA, dia 29 de julho, 11h, com ingressos a R$ 1 e R$ 0,50.

 

Ao interpretar uma mãe solteira e seu filho acomodado, moradores da periferia, a dupla de atores despertou um afeto e uma identificação tão surpreendentes que chegou a lotar 16 sessões em duas temporadas em teatros de Salvador, após ter atingido a marca de 60 milhões de visualizações na internet. Conhecidos por onde passam, Sulivã e Thiago agora avisam ao público – que anda, inclusive, exigindo a sua volta – que estão retornando com tudo e com novidades que irão invadir os novos episódios no canal Na Rédea Curta.

“Tem gente que gosta de Junior e Mainha porque falam da Bahia, tem gente que diz que o projeto renova a forma de fazer humor, outras pessoas se identificam no comportamento da mãe solteira que cria o filho sozinho, algumas pessoas reconhecem que os episódios abordam uma Bahia velha e uma Bahia nova…enfim, cada um gosta do projeto por um motivo particular e isso explica também o nosso êxito”, analisa Thiago Almasy sobre o sucesso que alcançaram.

Sulivã acredita que o projeto caiu nas graças do povo pelo fato de Junior e Mainha não serem personagem caricaturais e por conta de os roteiros poderem ser assistidos por toda a família. “Os personagens não são absurdos e, se às vezes parecem ser, é porque as mães têm horas que realmente são absurdas”, conclui com humor.

Sulivã Bispo apresenta “KAIALA” no Terreiro Bate Folha


kaiala sulivã bispo
Foto: Andrea Magnoni

A menina Kaiala tem sua vida contada a partir de três pontos de vista: o da avó, do irmão de santo e de uma evangélica. Nestes relatos, o público será levado a refletir temas como racismo, intolerância religiosa e a morte de jovens negros no Brasil. Este é o solo “Kaiala”, protagonizado pelo ator Sulivã Bispo e dirigido Thiago Romero, que será apresentado no Terreiro Bate Folha (Mata Escura).

“Em Kaiala tem um ator que resolveu falar sobre o extermínio da população negra”

Na narrativa, o ator Sulivã Bispo se divide nestes três personagens: “Essas três visões auxiliam na construção do relato que é  fragmentado em flashs e o público vai conhecendo um pouco da religião e da resistência do povo negro”, disse o diretor do espetáculo, Thiago Romero.

A apresentação integra o Festival Maré de Março, que comemora o Mês do Teatro e do Circo e leva 29 espetáculos para 14 espaços diferentes da cidade.

“Kaiala é um alerta do que não pode mais acontecer. É a grande força maternal, que cuida das cabeças e vem passar essa mensagem. Ela traz para a dramaturgia a visão de divindade de maneira muito bela e singela e faz um paralelo com esse momento tão triste que estamos vivendo de intolerância religiosa no país”, explica Sulivã.

Por sua atuação em Kaiala, Sulivã foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro, cuja cerimônia será em abril.

kaialasulivabispo
Foto: Andrea Magnoni

Chega lá..

 

KAIALA, com Sulivã Bispo

Data: 28 de março, terça-feira, 18h30

Local: Terreiro Bate Folha – 1ª Avenida Dionísio Brito Santana – Mata Escura

 

Entrada gratuita, sujeito à lotação do espaço.

 

 

Sulivã Bispo traz KAIALA de volta aos palcos neste fim de semana (20 e 21)


sulivabisbokaiala

KAIALA é a divindade das grandes águas, dos mares e oceanos. Na visão Bantu ela é o útero materno que gera todas as espécies, inclusive a raça humana. Esta é a inspiração do ator Sulivã Bispo no espetáculo “KAIALA”, que volta em cartaz em duas apresnetações especiais neste final de semana.

O público terá duas chances de ver este espetáculo, pelo qual Sulivã foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro na categoria Melhor Ator: dias 20 e 21 – sexta e sábado, às 19h no Espaço Cultural da Barroquinha. No solo, será contada a a história de uma menina de 10 anos assassinada em uma invasão ao seu terreiro.

É a menina Kaiala, que terá sua vida contada a partir de três pontos de vista: o da avó, do irmão de santo e de uma evangélica. Neles, serão levantados temas como racismo, intolerância religiosa e a morte de jovens negros no Brasil. O solo é dirigido por Com direção de Thiago Romero e faz parte do Projeto de Extensão e Experimentação artística PibiexA – UFBA 70 ANOS, que tem Maurício Pedrosa como tutor.

Confira aqui crítica feita pelo ator Ricardo Gonzaga, especial para o Portal SoteroPreta.

kaiala sulivã bispo
Serviço:
Datas: 20 e 21 de janeiro
Horário: 19h
Local: Espaço Cultural da Barroquinha
Valor: R$20 | R$10

*Ficha Técnica*
Direção/cenografia: Thiago Romero
Orientação: Maurício Pedrosa
Figurino: Tina Melo
Iluminação: Alisson Sá
Coreografia: Nildinha Fonseca
Direção Musical: Luciano Bahia
Instrumentista: Sanara Rocha
Direção de Produção: Luiz Antônio Sena Jr.
Produção Executiva: Bergson Nunes, Ícaro Piton e Diego Moreno
Produção: DAGENTE PRODUÇÕES

Desing Gráfico: Diego Moreno
Fotos: Andréa Magnoni

Neste domingo (29), Junior e Mainha apresentam-se no Domingo no TCA


JunioreMainha
Foto_ShaiAndrade_TCA

O humor cotidiano da webserie Na Rédea Curta, encenada pelos hilários Junior (Thiago Almasy) e Mainha (Sulivã Bispo) chega ao palco do Teatro Castro Alves nesse domingo (29), 11h, como atração do projeto Domingo no TCA, com ingressos a R$ R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro. Esta será a primeira apresentação em teatro depois que a dupla estreou o novo projeto Na Rédea Curta, no último dia 28 de junho, voltando a publicar vídeos semanais na internet para alegria do público que não cansava de perguntar aos atores na rua quando Junior e Mainha iriam voltar.

O canal Na Rédea Curta marca o amadurecimento da dupla, que se tornou ícone do humor  ícones do humor do cotidiano. Desde que foram criados em 2016, os personagens alcançaram um efeito viral crescente em vídeos que, nas entrelinhas, falam de uma Bahia singular no modo de expressão de sua gente, divertindo o público com a valorização da “forma de falar” do povo baiano, ao tempo que abraça o viés da cultura popular que se perpetua através da oralidade.

Ao interpretar uma mãe solteira e seu filho acomodado, moradores da periferia, a dupla de atores despertou um afeto e uma identificação tão surpreendentes que chegou a lotar 16 sessões em duas temporadas em teatros de Salvador, após ter atingido a marca de 60 milhões de visualizações na internet.

SERVIÇO 

Domingo no TCA – Na Rédea Curta

Quando: Domingo (29)

Horário: 11h

Ingressos: R$ 1 e R$ 0,50 (Vendidos apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro)

Instituto Sagrado Coração de Jesus reúne artistas no projeto “Negritude Folia: PAPSagrado no TJA”!


savannah_lima
Savannah Lima Fto Jamile Coelho

 

Nesta segunda (26), o Teatro Jorge Amado recebe o “Negritude Folia: PAPSagrado no TJA”, evento que marca a conclusão de duas turmas do Curso de Arte e Cultura do programa de aprendizagem realizado pelo Instituto Sagrado Coração de Jesus. O programa é vinculado ao Ministério do Trabalho Emprego e Renda e tem como finalidade formar jovens negros profissionais na condição de Assistentes Culturais.

O evento, organizado pelos Educadores Janaína Costa (Produção Cultural) e Thiago Romero (Diretor de Teatro), conta com alunos do curso Arte e Cultura como assistentes de produção. Na programação – que envolverá alunos e educadores do Instituto – terá Meditação, Dança, Moda, Capoeira, Teatro, Música, além da presença dos artistas Sulivã Bispo (Frases de Mainha) e das cantoras Savannah Lima e Michaela Harrison (EUA).

michaela harrison
Michaela Harrison

Em parceria com o Teatro Jorge Amado, o   Instituto Sagrado Coração de Jesus estimula a doação de 1Kg de alimento, que serão entregues à unidade do Instituto localizada na Ilha de Itaparica.

 

SERVIÇO:

O que: Negritude Folia: PAPSagrado no TJA

Quando: Dia 26/3 (segunda), 14h

Onde: Teatro Jorge Amado (Pituba)

Quanto: aberto ao público. Doação voluntária de 1kg de alimento.

Funceb apresenta “Kaiala” e bate-papo com a Ialorixá Jaciara Ribeiro!


kaialasulivabispo
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/Secult) receberá o espetáculo “Kaiala”, do ator Sulivã Bispo, seguido por um batepapo com a Ialorixá do Ilê Axé Abassá de Ogum, Jaciara Ribeiro. Será no dia 30 de novembro, a partir das 15h, na sede da Funceb (Pelourinho) e é aberto ao público, sujeito à lotação do espaço – a Sala King.

A ação integra o Projeto Novembro das Artes Negras, que contempla a produção artística negra nas diversas linguagens, com uma série de atividades em Literatura, Artes Visuais, Dança, Audiovisual, Teatro, Música e Circo. na ocasião, o público conversará sobre a mortalidade de jovens negros no Brasil e a intolerância religiosa, a partir do tema de “Kaiala”.

O espetáculo conta a trajetória de uma garota de 10 anos, assassinada quando teve seu terreiro de candomblé invadido. A história da família composta pela avó da menina, o irmão de santo e uma evangélica, formam o enredo que relata os caminhos que levam a intolerância religiosa.

ialorixa_jaciara_ribeiro
A Ialorixá Jaciara Ribeiro, do Ilê Axé Abassá de Ogum abordará sua lua contra a intolerância religiosa, a partir da morte de sua mãe, a líder religiosa do terreiro a quem ela sucedeu – Mãe Gilda. Na pauta, sua luta pela liberdade de culto e respeito às religiões afro-brasileiras.
Serviço:
Espetáculo Kaiala e batepapo com Ialorixá Jaciara Ribeiro (Ilê Axé Abassá de Ogum)
Dia: 30 de novembro de 2017
Local: Sede da Funceb (Pelô)
Horário: Espetáculo: 15h, bateppao 16h
Quanto: Gratuito, sujeito à lotação do espaço.

Agora é no Teatro! Mainha e Júnior vão aprontar no Eva Herz em novembro!



frases_de_mainha

Agora é no teatro! Depois do sucesso nas redes sociais, os atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy, protagonistas do Frases de Mainha darão vida à Mainha e Júnior, respectivamente nos grandes palcos. Frases de Mainha – A peça atende ao apelo dos fãs e estará em cartaz todos os sábados e domingos de novembro, no Teatro Eva Herz.

No palco, a dupla apresentará ao vivo, o humor com temas corriqueiros do dia-a-dia dos baianos, além de situações que refletem a relação entre as mães e os filhos – do carinho materno aos esporros necessários para uma criação digna!

Na trama da peça, Junior já está na faixa dos vinte-e-poucos anos e decide, depois de muitas broncas, que essa é a hora de sair de casa. Mainha, em contramão, acredita que o filho ainda não é maduro o suficiente para experimentar o mundo sozinho e aguentar as durezas da vida. Como de costume na rotina desses dois, tudo converge para uma grande situação onde só mesmo o ensinamento de uma legítima “mainha” poderá colocar o rebento dentro do eixo.

 

Com direção geral de Thiago Romero, direção musical de Jarbas Bittencourt, texto de Thiago Almasy – o próprio Junior, que assina parte dos roteiros da websérie –, direção de movimento de Nildinha Fonseca, produção executiva da Da Cultura e a produção artística de Val Benvindo, o espetáculo é um convite para rir.

 

 

Serviço

Frases de Mainha – A peça

Onde: Teatro Eva Herz

Endereço: Av. Tancredo Neves, 2915 – Caminho das Árvores

Quando: 4 e 5 /11 e 12 /18 e 19 /25 e 26/11(Sábado e Domingo)

Horário: Sábado ás 20h / Domingo ás 19h

Ingressos: R$ 50 (Inteira) e  R$25 (meia)

Festival “A Cena Tá Preta” leva artes negras ao Vila Velha este mês!


Larissa Luz_Territorio Conquistado_festival_cena_ta_preta
Foto Juan Rodriguez

Em outubro acontece em Salvador a VIII edição do Festival A Cena Tá Preta, realizado pelo Bando de Teatro Olodum. Serão dez dias de programação (de 13 a 22 de outubro de 2017), reunindo no Teatro Vila Velha artistas da música, literatura, teatro, dança, moda, cinema e performance.

As mulheres serão maioria na programação do Festival, desde a abertura no dia 13 de outubro, 20h, que terá a jornalista e youtuber Maíra Azevedo, apresentando ‘De Cara com Tia Má’ criado especialmente para a ocasião, abordando de forma bem humorada questões afetivas e políticas do cotidiano das mulheres negras.

Outro sucesso do YouTube que integrará o Festival é o ator Sulivã Bispo do popular ‘Frases de Mainha’, que apresentará o elogiado monólogo ‘Kaiala’ (20/10, 20h), evidenciando as questões religiosas que envolvem as mulheres negras.Para quem tem interesse em adentrar o universo das mídias digitais com engajamento a oportunidade é participar da Oficina Estratégias Criativas para YouTube (21/10, 9h às 12h) com Murilo Araújo, que compartilhará suas experiências no canal ‘Muro Pequeno’., com mais de 80 mil seguidores.

Arielle_Macedo_festival_acena_ta_preta_bando_teatro_olodum

Entre as oficinas que serão oferecidas gratuitamente durante o Festival A Cena Tá Preta está ‘Heels Class’ (18/10, 9h às 12h) de como arrasar na dança em cima de um salto alto, ministrada pela bailarina e coreógrafa Arielle Macedo do Rio de Janeiro, que integra o time de dançarinas dos shows e clipes da cantora Anitta e também do seriado Mister Brau (Rede Globo).

De Pernambuco vem o ator e diretor Samuel Santos, que apresentará na oficina O ator total: o corpo ancestral, uma atividade de treinamento para o ator pela prática com exercícios que acionam o corpo a pensar a interpretação, dia 14/10, 9h às 12h.

As oficinas possuem vagas limitadas e as inscrições já podem ser realizadas por meio do formulário:  Clique aqui

Os talentos do Bando de Teatro Olodum também estarão em cena com: o infantil Áfricas (Dia 15, 11h), a oficina Cena Sonora com Jarbas Bittencourt (Dia 14/10, 9h às 12h), o humor crítico de Érico Brás e Kênia Maria no stand up Double Black; lançamento do livroCalu, a menina cheia de histórias (Editora Malê), de Cássia Vale e Luciana Palmeira (Dia 22, 11h); leitura dramática de um texto inédito de Lázaro Ramos, “Gusmão – o coelho que queria mais” (Dia 17, 19h); e o espetáculo “O Corpo na Cena”, dirigido pelo coreógrafo Zebrinha com dança, música, canto lírico e desfile de modelos trans (Dia 19, 19h).

 TEM MUITO MAIS: R$ 20 e R$ 10 (meia)

 

Dia 14/10 // sábado // 20h

Teatro Mundaréu, solo de Thiago Romero

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 15/10 // domingo // 19h

Música Território Conquistado, show de Larissa Luz

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 16/10 // segunda-feira // 9h

Palestra O Negro no Audiovisual, com os cineastas Thamires Vieira e Antônio Olavo

Gratuita

Dia 16/10 // segunda-feira // 19h

Cinema Exibição do filme Travessias Negras, de Antonio Olavo (2017)

Gratuita

Dia 17/10 // terça-feira // 19h

Leitura dramática do texto Libertè, de Elísio Lopes Jr., com Valdinéia Soriano e Lúcio Tranchesi, direção de Ridson Reis

Gratuita

Dia 18/10 // quarta-feira // 19h

Performance Mulheres do Àse – Uma performance ritual, roteiro e direção de Edileusa Santos; com Fátima Carvalho, Sueli Ramos, Tânia Bispo e Sandra Santana

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 22/10 // domingo // 11h

Teatro Áfricas, espetáculo infantil do Bando de Teatro Olodum

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 22/10 // domingo // 19h

Música Luedji Luna no show Cais e Sais

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Saiba muito mais da programação no site do Vila Velha. 

Tem Caruru da Diversidade este sábado (9), Mainha e Djs!


Vai rolar a IX edição do Caruru da Diversidade! Será no palco da Residência Universitária (R1), localizada o Corredor da Vitória, neste sábado (9), às 20h, com organização do Grupo de Dissidência Sexual e de Gênero das Residências da UFBA (GDR).

O GDR propõe pensar a afetividade da comunidade LGBTQIA+ diante desse cenário político. Assim nasce a ideia de fazer dessa edição um musical para falar do futuro da afetividade da comunidade.

 

frases_de_mainha_caruru_diversidade

Mainha – Sulivã Bispo

A madrinha dessa edição é Mainha (Frases de Mainha), além de outras surpresas como o anúncio da Fada-madrinha e a coroação da Rainha da edição. Além do tradicional caruru distribuído às vésperas da Celebração do Orgulho LGBT de Salvador, o evento conta com as drags: Tereza Skyper, Ah Teodoro!, Malayka SN, Sasha Heels e tem apresentação e hostess de Mila Kokaev.

Os dj’s Alan Costa (Coletivo Afrobapho), Carol Neves (Batekoo), Pedro Henrique Granja e o dj residente do caruru, Roberto Jr. Ainda o show “Núbia”, recém estreado por Kiki Soares e os Amores Clandestinos, e artistas, que participaram da chamada aberta do grupo para tocar em temáticas como dissidências sexuais, racismo e assédio às mulheres.

O QUE: Caruru da Diversidade: Afete-se!

QUANDO: 09/09/2017, às 20h
ONDE: Av. Sete de Setembro, 2382 – Corredor da Vitória – Residência Universitária (R1), 40.008-005
QUANTO: Entrada franca