Site “Seja Extraordinária” realiza roda de conversa reúne mulheres plurais em Salvador!


Carla Galrão
Carla Galrão

No ar há um ano, o Seja Extraordinária – primeiro site de notícias baiano voltado para o protagonismo feminino – realiza no dia 30 de março, a partir das 15h, a 1ª edição do ‘Vozes Extraordinárias’. 

Paulett Furacão
Paulett Furacão

Na programação do evento, haverá uma roda de conversas com o tema ‘Os Desafios da Mulher Contemporânea’ e também uma feirinha de mulheres empreendedoras.Terá como convidadas três mulheres que tem muito o que dizer: Paulett Furacão, primeira mulher trans a ocupar cargo público no Estado da Bahia; Carla Galrão, produtora cultural e administradora do perfil @gordaroupa no Instagram, voltado para o universo da mulher gorda; e Josy Brasil, comunicóloga, dançarina e primeira rainha cadeirante do bloco afro Muzenza.

Na Feirinha de Mulheres Empreendedoras, o público encontrar produtos diversificados nos stands do Brechó das Pretas, Customize Artes, Gelah Bike, Roupas Infantis, Ben Docin e Lon Lon Confeitaria.

Josy Brasil
Josy Brasil – Foto: Jefferson Peixoto/Secom

 

A Seja Extraordinária é um site de notícias inédito na Bahia, que tem como principal objetivo contar histórias e dar protagonismo às mulheres, através de reportagens, perfis, colunas, ilustrações, vídeos e fotografias, dando visibilidade à história, projetos e vivências femininas, especialmente da mulher baiana.

Todo alimento não perecível arrecadado durante o Vozes Extraordinárias será entregue à entidade, para compor as cestas básicas que são distribuídas às mulheres que são atendidas pelo projeto Mulheres Ginga, que atende mulheres vítimas de violência na região do bairro de Lobato, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. 

 

SERVIÇO:

O que: Vozes Extraordinárias – Edição de Aniversário da Seja Extraordinária
Onde: Mercadão C.C. – Rio Vermelho – em frente a Casa de Iemanjá
Quando: 30 de março (sábado)
Horário: A partir das 15h
Quanto: Contribuição voluntária de 1kh de alimento não perecível para o coletivo Grupo de Mulheres Ginga, que atende mulheres vítimas de violência na região do bairro de Lobato.

Evento sujeito à lotação.