Vai ter Caretas do Mingau, Samba de Dona Dalva e mais no cortejo do 2 de Julho!


Caretas do Mingau

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa) selecionou, via edital, 10 bandas filarmônicas e três grupos de cultura popular para fazerem parte do desfile. Critérios como relevância da atuação artística e cultural para o cortejo do 2 de julho, e participação de grupos oriundos de cidades que foram palco da Independência da Bahia foram levados em consideração.

Neste ano, foram selecionadas 10 bandas filarmônicas das cidades de Cachoeira, Castro Alves, Santo Amaro, Muritiba, São Gonçalo dos Campos, Cruz das Almas, São Félix, Pé de Serra, Irará, Ibipeba, Saubara e Salvador. O certame foi realizado durante os meses de maio e junho e o resultado final foi publicado em 20 de junho de 2018. Confira aqui.

Lyra Ceciliana

As entidades prepararam um repertório com marchas, hinos, dobrados, além dos arranjos populares que prometem entusiasmar os presentes neste dia ímpar. Além das bandas de fanfarra, toda a magia dos grupos de cultura popular será prestigiada no desfile. A expectativa é de muita animação para os Caretas do Mingau (Saubara), Sambão da Liga do Samba Junino (Salvador) e Associação Cultural do Samba de Roda Dalva Damiana de Freitas (Cachoeira).

ONDE VER AS APRESENTAÇÕES:

 Neste ano, as bandas filarmônicas e grupos culturais selecionados pela Funceb se apresentação pela manhã. A partir das 8h as entidades sairão do Instituto Central de Educação Isaías Alves (Colégio ICEIA), no Barbalho, e seguem para seu local de destino. No Taboão ficará a Sociedade Lítero Musical 25 de Dezembro. Já a Sociedade Filarmônica Euterpe Cruzalmense e a Associação Comunitária Cultural Musical Lira 6 e Agosto serão vistas na Rua Vital Rego, no Barbalho.

Na Rua dos Marchantes, no Santo Antônio, estarão a Sociedade Filarmônica Filhos de Apolo e a Sociedade Filarmônica 19 de Setembro de Ibipeba. Quem estiver na Igreja do Boqueirão vai assistir Caretas do Mingau, Samba Junino, Filarmônica Lira Musical Sangoçalense e Associação Filarmônica Lira Muritibana. Para os presentes no Convento do Carmo, o show é por conta da Sociedade Filarmônica Lira Popular e Sociedade Cultural Orpheica Lyra Ceciliana . E no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, se apresentam Sociedade União Sanfelixta e Samba de Dona Dalva.