Vale do Dendê e Qintess se unem para fomentar ecossistema negro de inovação no Brasil!


 

Nascido em Gana na África Ocidental, Nana Baffour, CEO (Chairman e Chief Culture Officer), da Qintess uma das dez maiores empresas de tecnologia do Brasil anuncia que irá investir no ecossistema da diversidade no país em ações próprias e com parceiros estratégicos.

A primeira organização a receber um apoio estratégico para sua operação será a Vale do Dendê, centro de inovação para as periferias da cidade de Salvador. A Qintess será a empresa mantenedora da organização pelos próximos cinco anos. Estão previstos recursos para treinamentos e capital semente destinados a jovens afrodescendentes e negócios que trabalham com o tema da diversidade

Para Rosenildo Ferreira, cofundador e diretor de inovação e marketing da Vale do Dendê, o investimento irá fortalecer a rota do desenvolvimento sustentável aos jovens afro-brasileiros. “A parceria com a Qintess confirma nossa aposta e nosso diagnóstico sobre a importância das periferias de Salvador, em particular, e do Nordeste, em geral, no desenvolvimento da Economia Criativa e da Inovação, no Brasil.

 “Estamos muito felizes em fechar esse acordo com a Qintess. Acreditamos que, por ser uma grande empresa de tecnologia e com grande capacidade de investimento, a Qintess possa garantir que nosso sonho continue por muitos anos, ampliando ainda mais o trabalho que fizemos até aqui”, conta Paulo Rogério Nunes, cofundador e diretor executivo da Vale do Dendê.

A meta da Qintess  é que em 5 anos, 2.000 jovens de periferias sejam treinados (as) de maneira virtual em tecnologias como Java, .Net, Phyton (entre outras); 500 empresas sejam aceleradas com mentorias de profissionais com grande experiência de mercado, conectando-se com investidores e, 50 empresas tenham acesso a um fundo da empresa Qintess de 2,5 milhões de reais como capital semente para tornarem seus negócios mais escaláveis, podendo atravessar esse momento de dificuldades que estão passando.

Segundo Lauro Chacon, Vice-Presidente de Capital Humano da Qintess, esta iniciativa vai ao encontro às estratégias da companhia, que considera as práticas ESG para o crescimento sustentável da empresa. “Somos uma organização orientada às pessoas e usamos as boas práticas ambientais, sociais e de governança corporativa para direcionar o nosso negócio. Firmar uma parceria como esta, reforça o nosso comprometimento em promover a diversidade, acelerar a inovação e contribuir com todo o nosso ecossistema de clientes, colaboradores, stakeholders e a sociedade como um todo”, diz.

O time de executivos e os colaboradores da Qintess trarão novas tecnologias digitais e técnicas de gestão para aumentar a capacidade de escala da Vale do Dendê, que mantém um programa de aceleração desde 2018, que já beneficiou 90 empresas, e um hub físico em uma das maiores estações rodoviárias e de metrô do Brasil na cidade de Salvador, onde passam cerca de 500 mil pessoas por dia.