Connect with us

Formação

TamoJuntas recebe mais de 3 mil inscrições para curso EAD sobre violência doméstica

Jamile Menezes

Publicado

on

mutiraotamojunta

mutiraotamojuntaMais de 3mil pessoas se inscreveram para participar do primeiro curso à distância realizado no país com o intuito de capacitar profissionais e estudantes no combate à violência de gênero. A iniciativa é baiana, é da ONG TamoJuntas que, em apenas 15 dias, reuniu 3.314 inscrições, com participação de todos os estados.

Agora, a advogada Laina Crisóstomo, que preside a organização, tem um desafio pela frente junto à equipe que compõe a ONG: selecionar as mulheres que participarão do curso, a partir do dia 14 de novembro. A prioridade será dada a profissionais e estudantes negras, de diferentes cidades, e aquelas que já tenham realizado o curso do Senado “Dialogando sobre a Lei Maria da Penha”, que aconteceu em agosto.

“A meu ver, a repercussão se deu, especialmente, porque o Feminismo e a ideia da sororidade têm se fortalecido. São mulheres preocupadas com as outras e, para atendê-las, querem estar melhor preparadas”, diz Laina.

As aulas serão transmitidas a partir do site da TamoJuntas e, diante da grande repercussão e procura, elas decidiram ampliar o número de vagas. Na verdade, dobrar. Agora serão 1000 mulheres contempladas após esta seleção.

mutiraotamojunta

O  Curso “Violência de Gênero: aspectos jurídicos, sociais e psicológicos” será multidisciplinar, voltado para advogadas, assistentes sociais, psicólogas e pedagogas que atuam no atendimento a estas mulheres, bem como estudantes destas áreas.

A capacitação unirá, não apenas estudos sobre a Lei Maria da Penha, como feminismos, gênero, violência, legislações nacional e internacional e atuação multidiscplinar na violência, com normas técnicas de cada área de atuação. Serão algumas das monitoras neste Curso:

Maíra Barros de Souza (feminista, advogada, especialista em Direito Constitucional com ênfase em Direitos Humanos);

Sílvia Barbosa (presidenta do Quilombo Zeferina, teóloga, filósofa); Sandra Muñoz (pedagoga, integrante da Marcha das Vadias, ativista);

Andréa Maria Santos (educadora social, psicóloga, ativista), Letícia Ferreira (feminista, advogada, Mestra pelo NEIM);

Caroline Menezes (psicóloga, membra da Coletiva Feminista Muitas), Aline Ramos Cerqueira (ativista, assistente social);

Edna Pinho (coordenadora do Movimento de Mulheres do Subúrbio Ginga), promotora legal popular);

Ariane Souza (psicóloga, ativista, coordenadora da Associação de Travestis e Transsexuais em Ação – ATRAção), Aline Nascimento (ativista, advogada feminista, especialista em Ciências Criminais).

 

Saiba mais no site da TamoJuntas!

Fotos: Divulgação

Formação

Vagas abertas para Curso de Gastronomia Sustentável

Amanda Moreno

Publicado

on

Vagas abertas para Curso
Vagas abertas para Curso (Foto: Freepik)

Vagas abertas para Curso de Gastronomia Sustentável. Um curso de gastronomia sustentável gratuito está com vagas abertas para pessoas de baixa renda da cidade de Salvador. O Instituto Capim Santo, organização social que democratiza o acesso à gastronomia sustentável, chega na capital da Bahia, após formar 2.700 alunos pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Itacaré e Trancoso. O curso é apoiado pelo Instituto Terra Firme e será ministrado na Universidade Salvador (UNIFACS).

Com uma carga horária de 200 horas, as aulas abrangem técnicas práticas e teóricas. Após a conclusão do curso, aproximadamente 80% dos formandos seguem carreiras na área da gastronomia, seja como funcionários ou empreendedores. As inscrições estão abertas até o dia 17 de fevereiro de 2024 e podem ser realizadas através do site: https://institutocapimsanto.org.br/portfolio-items/cozinha-do-amanha/.

O projeto Cozinha do Amanhã oferece formação profissional de excelência na área de gastronomia, incluindo conceitos sustentáveis, que considera valores como o uso integral dos alimentos, valor nutricional e ingredientes locais. As aulas também abordarão técnicas com carnes, peixes, ovos, massas, dentre outros conhecimentos para o dia a dia em uma cozinha profissional.

“Salvador, a primeira capital do Brasil, é uma explosão de cultura e a sua gastronomia é reconhecida mundialmente por sua originalidade e riqueza. Tendo o turismo como um dos principais vetores econômicos da cidade, os projetos do ICS irão dar oportunidade a muitos talentos, tornando-os protagonistas de suas próprias vidas. A gastronomia social, sustentável, brasileira e democrática do ICS encontrará, com toda certeza, um lugar acolhedor e cheio de energia para podermos impactar ainda mais vidas.”, conta Luccio Oliveira, Presidente do Instituto Capim Santo. Original de Ilhéus (BA), Luccio é gestor de empresas e formado em gastronomia com extensão na Espanha. Como baiano, está animado com a nova unidade na capital do estado.

Para Luísa Talento, coordenadora do Curso de Gastronomia da Universidade Salvador, integrante do Ecossistema Ânima Educação, “trata-se de um projeto de grande relevância na área social, que será realizado na UNIFACS. A nossa Instituição tem no seu DNA a responsabilidade social e esse projeto vem para agregar e fortalecer ainda mais esse pilar, através da realização do curso que será de curta duração, com aulas práticas e teóricas, onde o aluno vai poder estar na cozinha da UNIFACS, no nosso Centro de Práticas, que possui espaço para aula show de bebidas, cozinha quente e cozinha estilo aquário, colocando a mão na massa. Com o conhecimento teórico e prático adquirido, ele vai sair apto para atuar nas cozinhas dos restaurantes e bares da cidade”.

A iniciativa tem apoio do Instituto Terra Firme, que atua com educação, empreendedorismo, esporte, arte e cultura na Bahia. “O apoio à educação e ao empreendedorismo em Salvador é prioritário para o Instituto Terra Firme. Nossa meta é, ao lado dos parceiros, proporcionar ao mercado profissionais com sólida formação, além de um olhar voltado para valorização da identidade regional e para a promoção da sustentabilidade”, afirma a presidente do Instituto Terra Firme, Flávia Peres Lima.

As inscrições estão abertas até o dia 17/02 e podem ser realizadas através do site: https://institutocapimsanto.org.br/portfolio-items/cozinha-do-amanha/.

Sobre o Instituto Capim Santo

Criada em 2010 pela chef Morena Leite, o Instituto Capim Santo é uma organização não governamental que promove a democratização da gastronomia como ferramenta para gerar empoderamento e mobilidade social para pessoas em situação de vulnerabilidade. Com unidades nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Trancoso e Itacaré, com dois grandes projetos, Cozinha do Amanhã e Amor que Nutre, a organização já formou mais de 2.700 alunos na área da gastronomia social e sustentável, que considera a identidade brasileira na gastronomia, o valor nutricional dos alimentos, o combate ao desperdício, o diálogo com pequenos produtores, entre outros pilares. Também atua em rede com ONGs parcerias para mitigar a fome, onde já distribuiu mais de 400 mil marmitas.

“A nossa fome é de contribuir para que todos os seres humanos tenham uma oportunidade para se desenvolver como cidadãos inteiros e independentes” Para saber mais, acesse www.institutocapimsanto.org.br.

Sobre a UNIFACS

Fundada em 1972, a UNIFACS é integrante do maior e mais inovador ecossistema de qualidade do Brasil: o Ecossistema Ânima. A Instituição oferta formação em todas as áreas do conhecimento. A universidade tem mais de 50 anos de investimentos constantes em educação e atenção às demandas sociais, na Bahia. Uma das principais instituições de ensino superior no Nordeste, também tem mais de 15 anos de atuação em Feira de Santana. A UNIFACS também contribui para democratização do Ensino Superior ao disponibilizar uma oferta de cursos digitais com diversos polos dentro e fora do estado. São mais de cinco décadas de muitas realizações e a universidade acredita que, nas próximas décadas, é possível fazer muito mais na Bahia e com a Bahia.

Continue Reading

Formação

Afro Diaspora Connect inscreve para curso de inglês

Jamile Menezes

Publicado

on

A Afro Diaspora Connect abriu matrículas para o semestre 2024.1 do curso de inglês voltado para a comunidade negra. O curso, desenvolvido com o intuito de proporcionar um ambiente inclusivo, onde todas as alunas, alunos e alunes se sintam representada/os/es e valorizada/os/es, surge da inquietação e urgência em ampliar o acesso ao aprendizado da língua inglesa para além dos limites da educação linguística formal.

A proposta central da Afro Diaspora Connect envolve desafiar os padrões impostos por uma tradição de ensino de língua inglesa imperialista, eurocêntrica e embranquecida, que permanece distante do contexto sócio-histórico e cultural em que os/as/es estudantes estão inseridos/as/es.

O curso da Afro Diaspora Connect integra elementos da cultura afrodiaspórica, incluindo expressões linguísticas, música, histórias e referências diversificadas. Nesse processo, a língua se torna também uma ferramenta para aprender sobre a diáspora negra e africana. O intuito é facilitar o aprendizado do idioma, e também fortalecer a identidade cultural das/os estudantes.

Período de aulas: 04 de março a 14 de junho de 2024

Investimento: R$ 330,00 (pago uma única vez, no ato da matrícula)

Aulas on-line via Zoom, para que você possa estudar de qualquer lugar.

Material fornecido pelo curso.

Vagas limitadas.

Matrículas abertas de 01 de fevereiro a 20 de fevereiro de 2024. Para mais informações: (71) 9 9966-9890 | @afrodiasporaconnect.

Para maiores informações sobre turmas e horários, entre em contato e agende o seu teste de nivelamento: afrodiasporaconnectssa@gmail.com

Continue Reading

Formação

Instituto Commbne debate Conexões Afrodiaspóricas

Jamile Menezes

Publicado

on

marca o lançamento oficial do Instituto Commbne Comunicação baseada em raça, inovação e etnia.

Reflexões e debates sobre os desafios da comunicação no contexto da diáspora africana e do enfrentamento ao racismo. É esse o tema do “Seminário Commbne – Conexões Afrodiaspóricas”, que acontecerá no dia 13 de novembro, segunda-feira, das 9h às 16h, no auditório da Faculdade de Comunicação (FACOM) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). O evento conta com a participação de intelectuais de referências no campo da comunicação e marca o lançamento oficial do Instituto Commbne: Comunicação baseada em raça, inovação e etnia.

Além disso, o encontro será a oportunidade para divulgação do pré-lançamento do edital da publicação “Vozes da Améfrica Ladina”, realizado em parceria com a Fundação Friedrich Ebert Brasil (FES).  As inscrições gratuitas para o Seminário estão abertas e podem ser feitas através do site www.commbne.org. As pessoas inscritas receberão certificado de participação. O evento é aberto ao público, com foco em estudantes, ativistas e profissionais de comunicação, além de pesquisadores/as e lideranças da área.

Para Midiã Noelle, diretora geral do Instituto Commbne, o Seminário é uma oportunidade de expressar o compromisso da organização com foco na comunicação como uma ferramenta vital para a promoção de direitos. “As populações mais vulneráveis, sobretudo aquelas no âmbito da diáspora africana no mundo, enfrentam restrições significativas no acesso à comunicação e informações de qualidade e, consequentemente, à participação democrática”, completa a jornalista, pesquisadora e mestra em cultura e sociedade (UFBA).

COMMBNE – A Commbne tem como missão promover o intercâmbio de vivências e narrativas entre estudantes, profissionais e admiradores das diversas áreas da comunicação, com uma diretoria majoritariamente composta por mulheres, destacando o compromisso com a igualdade de gênero. Atualmente, não existe uma iniciativa no Brasil e na Diáspora Africana que tenha a ambição de criar uma rede de intercâmbio de conhecimento, saberes e pessoas, a fim de fomentar a comunicação feita sobre e para a Diáspora Africana.

SERVIÇO

O quê: Seminário Commbne – Conexões Afrodiaspóricas

Quando: 13 de novembro (segunda-feira)

Horário: 9h às 16h

Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal Bahia

Rua Barão de Geremoabo, s/nº – Campus Universitário de Ondina

Quanto: Inscrições gratuitas no site www.commbne.org

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA