Connect with us

Diversão

Espetáculo FAIYA terá Sexta do Branco, com Madá Negrif, no Vila Velha

Jamile Menezes

Publicado

on

negriffestivalacenatapreta

negriffestivalacenatapretaSeduzir o público e despertar o interesse sobre elementos da cultura da África presentes na cultura baiana. A sedução ficará por conta das beldades que desfilarão no palco do Teatro Vila Velha nesta sexta (18), a partir das 19h. Estamos falando do espetáculo “FAIYA”, concebido e dirigido pelo ator Jorge Washington, que vai seduzir ainda mais com literatura e música.

A Negrif é assinada pela estilista Madalena Bispo, mais conhecida como Madá Negrif, que é designer e caracteriza sua moda afro pelas roupas mais amplas, coloridas, peças que se identificam com as ruas de Salvador. Mas não somente.

Quem vai à sua loja, na Avenida Carlos Gomes, Centro de Salvador, sabe que lá encontrará: exclusividade, tamanhos especiais, identidade e muita sofisticação. Sim, a Moda Afro da Nefrif é isso.

As clientes da Negrif serão representadas por 16 de suas clientes: Barbara Portugal, Camilla França, Cláudia Matos, Denise Correia, Dôra Carvalho, Gabriela Ramos, Indira Nascimento, Karine Santana, Jamile Menezes (editora do Portal SoteroPreta, parceiro do evento), Jucy Silva
Lais Freire, Lio Borges, Nadja Gomes, Regina Bonfim e Renata Dias. O tema da noite será a paz, com roupas brancas. Será a Sexta do Branco, evento que a Negrif realiza para divulgar sua coleção nesta cor.

madanegrif2

“Coroar 16 mulheres no mês da Consciência Negra, no Vila Velha, primeiro local onde trabalhei, onde tive mais força pra descobrir esta potência; onde pude iniciar com artistas que aceitaram a proposta de fazer algo diferente, é uma celebração única. É um orgulho e honra ter ao meu lado mulheres amigas que desfilarão uma coleção diferente, inovadora, criada no perfil de cada uma exatamente no lugar que comecei” – Madá Negrif

Para o idealizador de “FAIYA”, Jorge Washington, o desfile da Negrif se integra ao conceito macro de todo Festival A Cena Tá Preta. “A ideia do Festival é fazer um panorama da Performance Negra como um todo. O convite à Negrif veio no sentido de fortaceler esse olhar pra Moda Afro como um elemento de fortalecimento da Cultura Negra”, enfatiza.

Espetáculo

A noite será também de performance da atriz Valdineia Soriano, de literatura e poesia negras com a ativista Vilma Reis e a escritora e poeta, poeta Lívia Natália. A outra convidada da noite é de New Orleans, a cantora norte americana Michaela Harrison que vai apresentar um conjunto de ritmos negros do jazz, soul e blues com os músicos Dão Anderson e Maurício Lorenço.

madanegrif2

Será uma noite de releitura de clássicos de compositores negros, além de composições autorais repletas de influências da cultura africana. “Podemos dizer que estas canções compartilharão a sensação da resistência de nossos ancestrais”, comenta Jorge Washington. O nome do espetáculo?

Uma homenagem ao ritual iorubano “Antigos iorubanos, quando queriam encantar e seduzir os presentes, em suas rodas de danças e cantigas emitiam sons imprimindo o sentimento de felicidade. Esse som era o Faiya”, explica. Imperdível!

Fotos: Banco de Imagens

Diversão

Encantos pro Mar terá atrações pretas na Ribeira

Jamile Menezes

Publicado

on

Encantos pro Mar terá Jann Souza

No dia 3 de fevereiro (sábado), a partir das 16h, as ruas da Ribeira terão atração cultural e gratuita com a primeira edição do evento Encantos pro Mar. A data de 3 de fevereiro foi escolhida como uma extensão da festa de Iemanjá.

Participam da edição de estreia os artistas baianos Jann Souza, Maya, Samba do Pretinho e DJ Belle. O projeto Encantos Pro Mar foi contemplado pelo edital Territórios Criativos, com recursos financeiros da Fundação Gregório de Mattos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador e da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Entre as atrações confirmadas no Encantos pro Mar, Jann Souza é uma mulher negra, cantora, compositora e musicista da Nova MPB, que tem o ukulele e o Foot Drum (bateria) como principais parceiros para acompanhar suas apresentações em formato solo. Já Maya, dona de uma voz marcante, é uma artista que consegue passear por todas as vertentes da black music, mesclando entre R&B, Trap, Pop e o Pago Trap, pelos quais apresenta seus versos certeiros e temperados com beats contemporâneos, urbanos e diaspóricos, baseados em um discurso forte sobre suas vivências enquanto mulher preta.

Com 10 anos de estrada, a banda O Pretinho, da produtora Brilho Estrelar, é formada por Junior Black no vocal, Ivan no cavaquinho, Michael no violão, Mário e Júnior na percussão e Marcílio na bateria. Seu trabalho se caracteriza pela mistura de ritmos, como MPB, Sertanejo, Forró e Axé, embora o gênero primordial seja o samba.

E o Encantos pro Mar ainda vai ter o line-up da DJ Belle, que traz consigo a essência de onde nasceu, o subúrbio ferroviário de Salvador. Integrante do Selo Nsabas, que procura potencializar a produção artística feminina da Bahia, e do Coletivo Hip Hop Pernambués, ela consegue, através da música e cultura, produzir ações beneficentes na comunidade, além de auxiliar no processo de ressocialização por meio do projeto Ressocializando Arte e Cultura nas penitenciárias do estado.

SERVIÇO:

Encantos pro Mar – 1ª Edição

Onde: Avenida Beira Mar, Ribeira, Salvador (próximo ao Bar da Torre)

Quando: 3 de fevereiro (sábado), a partir 16h

Entrada Gratuita (evento de rua)

Continue Reading

Diversão

Festival do Parque terá show do Olodum e Filhos de Jorge

Jamile Menezes

Publicado

on

mulher negra do Olodum está vestida de africana tem chapéu como uma coroa dourada e faz gesto de dança com as mãos na cintura.

O Festival do Parque volta a acontecer neste fim de semana. Na programação, shows gratuitos de Olodum e Filhos de Jorge, atividades infantis e feira de empreendedorismo e gastronômica ocupam a área como uma opção de lazer para toda a família.

No sábado (20), a programação infantil é o destaque, com atividades de lazer para crianças com a animadora e atriz Mabele e com Tio Paulinho. Às 15h30, a banda Nata do Samba se apresenta no gramadão do Parque da Cidade. No domingo (21), o dia começa com o show do Olodum às 9h da manhã, celebrando o aniversário de 45 anos do grupo.

Às 11h30, a programação é no gramado, com o DJ Nukemookey. Às 14h, a banda Filhos de Jorge começa o show no anfiteatro. Às 15h30, Ruan Santana assume o comando da festa com um show no gramado. Durante todo o final de semana, a Feira da Cidade estará no local.

Encerrando a programação, no dia 28 de janeiro a banda Bailinho de Quinta apresenta as marchinhas de Carnaval, no mesmo dia em que Tomate também sobe ao palco e promete repetir o sucesso do show que apresentou na edição 2023 do projeto, que marcou seu retorno ao palco depois da pandemia, com lotação máxima da área e a gravação de um audiovisual – assista aqui.

O Festival do Parque tem patrocínio da Claro e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e apoio da Solar Coca-Cola. Confira a programação completa e mais informações aqui.

Continue Reading

Diversão

Série Humor Negro estreia no Multishow e Globoplay

Jamile Menezes

Publicado

on

Foto dos humoristas do Humor Negro. São 6 comediantes negros .

Maíra Azevedo (Tia Má), Sulivã Bispo, Jhordan Mateus, Niny Magalhães, Guilherme Júnior, Evaldo Macarrão e convidados como a atriz Luana Xavier, o ator Hélio de La Peña e os humoristas Matheus Buente e Tiago Banha. Esse é o elenco que dá vida ao Humor Negro – a série, que estreia na próxima segunda, dia 21, às 18h, no Multishow e Globoplay. Ao todo serão 10 episódios, divididos em 2 blocos de 5, sendo que o segundo estará disponível já no dia 28.

“Primeiro o especial, agora a série. É a concretização de um sonho que foi pensado por mim e realizado por muitas mãos pretas. Hoje eu posso entender a grandiosidade do projeto, que também veio acompanhada de muita responsabilidade. Eu, junto com minha equipe, entregamos o melhor que pudemos, honrando e pedindo licença a todas as nossas personalidades que ajudaram a construir a história da arte do país, para que pudéssemos estar aqui hoje. Alcançamos o que parecia inalcançável”, destaca Val Benvindo, idealizadora do Festival Humor Negro, que deu origem à série.

A série Humor Negro é produzida pela Conspiração, com a direção de Rodrigo França e roteiro de Renata di Carmo. Traz uma mistura entre esquetes e apresentações de stand up, resultado da maratona de gravações que aconteceu em maio, em Salvador.

“Nesta série os nossos comediantes ganham um espaço de convivência, somada a um palco e todas as dependências de um teatro. Um programa que vai mostrar as delícias de estarmos juntos, como uma família de artistas, nas dores e na delícia de ser negro neste país. A cada episódio, teremos um comediante convidado e um tema central que ligará a dramaturgia ao stand up comedy”, compartilha o diretor Rodrigo França.

 

 

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA