Connect with us

AfroEmpreendedorismo

Alunos de Comunicação participam de palestra com especialistas em Webjornalismo

Jamile Menezes

Publicado

on

unime soteropreta

unime soteropretaEmpreendedorismo em Jornalismo Digital foi o tema do debate realizado pelos estudantes de Jornalismo da Faculdade Unime Salvador, ao final do último mês. O evento reuniu, no auditório do Campus II da instituição, localizada no Imbuí, vários nomes do Webjornalismo da capital baiana, que contaram suas experiências e desafios aos mais de 30 alunos que estiveram presentes no local, segundo os organizadores.

A jornalista Jamile Menezes, do portal Soteropreta, website que aborda notícias voltadas, prioritariamente, a produção cultural soteropolitana construída, formada, mobilizada e destinada à comunidade negra de Salvador, contou que depois de 10 anos trabalhando em assessoria de comunicação, sentiu a vontade de se dedicar ao que realmente a entusiasmava.

“Encontrei no portal a oportunidade de escrever sobre o que eu gosto. Mas, ainda estou no processo de descobrir a melhor forma de me dedicar ao portal, pois sou eu quem cuido de todas as etapas do desenvolvimento das matérias, desde a criação das pautas até a edição”, explica a profissional, que se preocupa com a atualização constante de notícias no site.

Já o jornalista João Paulo Costa, do portal Opinião e Política, disse que a mudança no mercado da comunicação, o atraiu para o webjornalismo. “Observei o aumento do acesso da população às redes sociais, sites e a diminuição da leitura, principalmente, dos jornais tradicionais”, expressa.

UNIME SoteroPreta

De acordo com Costa, a imprensa baiana não abre espaço para o diálogo político, e, por isso, ele resolveu criar este lugar. “Temos visto um jornalismo de política sectário, partidário, que passa até informação, mas não dá espaço para o debate entre a população, o que é importante”, inteira.

O publicitário Gabriel Carvalho, do São João na Bahia, junto aos colaboradores Donjorge Almeida e Marcelo Seixas, consegue espalhar a cultura do interior da Bahia para todo estado e para o país através do site. “Trouxe o amor pelo São João e pelo Forró para o meu trabalho.

Mas o sucesso do portal está no conteúdo com isenção e na credibilidade que adquirimos dos leitores”, revela. Carvalho explica também o valor de um bom relacionamento com o público. “As atualizações no site devem ser frequentes, assim como nas redes sociais, onde temos muitos leitores. Outro ponto, é saber ouvir e responder as críticas e sugestões dos seguidores”.

O coletivo do Flor de Dendê é formado pelas jornalistas Cleidiana Ramos, Meire Oliveira e Susana Rebouças e pela designer Ludmila Cunha, e trata da cultura afro-sertaneja.

“A ideia inicial era produzir uma revista em papel. Depois, o projeto tomou um rumo diferente. A oportunidade de usar a multimídia em uma única reportagem fortaleceu o nosso interesse pelo Jornalismo Digital”, conta Susana. Mesmo com o sucesso do empreendimento, elas afirmam a relevância da preparação. “Fiz um curso específico à distância, voltado para jornalistas de plataformas digitais”, relata Cleidiana.

Matéria colaborativa para a disciplina de webjornalismo: por Nailan Brasil, Welber Santiago, Daniel Batista, Antonio Carlos

Fotos de Jamim Gois 

AfroEmpreendedorismo

Pré-Fórum Pacto das Pretas inscreve para webinar gratuito

Jamile Menezes

Publicado

on

Pré-Fórum Pacto das Pretas – Um pacto para todas as pessoas

 

No dia 25 de junho, das 16h às 18h, acontecerá o Pré-Fórum Pacto das Pretas – Um pacto para todas as pessoas, com o tema “Um pacto para o futuro: Uma só não basta!”. A discussão será sobre o papel vital das mulheres negras no mercado corporativo. O webinar será realizado via plataforma Youtube, com inscrição gratuita até o dia 20 de junho, por meio do link.

O evento contará com grandes nomes, como Ednalva Moura, Gerente de Relações Institucionais da Associação Pacto de Promoção da Equidade Racial; Luana Ozemela, Embaixadora do Pacto das Pretas e VP de Impacto do Ifood; Claudia Silva, Gestora Sênior de Operações de Alto Nível na Cisco; Virgínia Brandão, assistente executiva do CEO e CFO da Siemens Mobility; Jadi Davi, Especialista em Diversidade, Equidade e Inclusão (DEI) e Cultura organizacional no SESI SENAI; Andreza Machado, Diretora de Diversidade e Inclusão na Ambev; Byna Ellitot, Diretora Geral no JP Morgan e Selma Moreira, Vice-presidente de Diversidade, Equidade e Inclusão no JP Morgan.

O Pré-Fórum Pacto das Pretas é um evento preliminar que antecede o Fórum Pacto das Pretas, programado para o dia 25 de junho de 2024. O foco central é criar um espaço de diálogo e troca de experiências, além de fortalecer as redes de apoio e colaboração de empresas comprometidas com a agenda de diversidade e inclusão e atuam em diversas áreas de atuação. O evento estima atingir a participação de 500 lideranças de grandes empresas.

 

Serviço:

Pré-Fórum Pacto das Pretas

Data: 25/06

Horário: 16h às 18h

Local: Webinar via Zoom

O evento é gratuito e mediante inscrição.

Foto: Ednalva Moura, Gerente de Relações Institucionais da Associação Pacto de Promoção da Equidade Racial, mediadora do webinar.

Continue Reading

AfroEmpreendedorismo

“Elas Prosperam”- inscrições abertas para empreendedoras negras

Jamile Menezes

Publicado

on

Elas prosperam

A Visa, em parceria com a Rede Mulher Empreendedora (RME), anunciou o lançamento da quarta edição do programa “Elas Prosperam”, iniciativa que tem como foco apoiar micro e pequenas empreendedoras negras de todo o Brasil e promover a diversidade, incluindo mulheres negras cis, trans, moradoras de comunidades e PCD. As inscrições vão até o dia 16 de junho, sendo esta a última semana para efetuá-las. As capacitações iniciam em julho de 2024, e a premiação será em outubro deste ano.

O programa “Elas Prosperam” acontecerá de forma inteiramente remota para abranger mulheres de todo o país e facilitar a criação de redes locais de empreendedoras através de lições de empreendedorismo e educação financeira, além de mentorias temáticas. Essa edição irá selecionar 100 empreendedoras para o curso online de capacitação, das quais 10 passarão por um processo de aceleração de negócios, e ao final, cinco receberão um capital semente de 10 mil reais cada.

Os temas desta edição incluirão autoconhecimento e liderança, gestão financeira, formalização, acesso a capital, redes de contatos e colaboração, e preparação para apresentações de negócios (pitch).

Poderão participar do programa Elas Prosperam mulheres de todo Brasil autodeclaradas negras, com negócio formalizado ou não, e de qualquer área de atuação. As inscrições acontecem a partir de 06/05 até o dia 16/06 por meio do site do Elas Prosperam: link

Continue Reading

AfroEmpreendedorismo

Acelera Iaô prorroga inscrições para empreendedores de alimentação

Amanda Moreno

Publicado

on

Acelera Iaô prorroga inscrições para empreendedores de alimentação
Acelera Iaô prorroga inscrições para empreendedores de alimentação | Foto: Victor Fernandez

Acelera Iaô prorroga inscrições para empreendedores de alimentação. As inscrições para participar do 2º ciclo do Programa Acelera Iaô, projeto de qualificação para empreendedoras e empreendedores negros, pardos e indígenas, foram prorrogadas até o dia 28 de maio, às 23h59. A prorrogação vai permitir que os interessados em concorrer às 180 vagas, no segmento de alimentação, tenham mais tempo de se inscrever para esta segunda etapa do Iaô Labs. As inscrições podem ser feitas através do site: https://fabricacultural.org.br/fabrica-cultural/. Realizado pela Fábrica Cultural, o programa Acelera Iaô conta com o patrocínio do Grupo Carrefour Brasil.

Os candidatos devem residir em Salvador, região metropolitana e cidades da Bahia, com empreendimento no ramo de alimentação em atividade há, no mínimo, 6 meses. Os contemplados terão seus negócios estimulados através das qualificações do Programa Acelera Iaô, que tem como grande diferencial o atendimento gratuito das marcas selecionadas para os Labs nas áreas oferecidas nos dois ciclos.

Durante as etapas de qualificação, as empreendedoras e empreendedores terão a possibilidade de serem premiados com investimento semente, no valor de R$10.000,00. A premiação é direcionada para os empreendimentos que mais se destacaram ao longo dos ciclos I e II do programa. Com a primeira turma já em processo de formação, os selecionados para o segundo ciclo irão frequentar aulas em formato híbrido, com aulas online e encontros presenciais.

A qualificação tem como proposta fomentar o trabalho de empreendimentos por meio do apoio e da aceleração dos negócios criativos. Não podem participar os empreendedores que foram contemplados com premiações dos programas da Associação Fábrica Cultural.

O programa oferece uma infraestrutura, com coworking, estúdio de fotografia e salas multiuso para potencializar de forma efetiva os produtos e as estratégias de comunicação das marcas. Dentro da proposta de promover e impulsionar a educação empreendedora, os participantes serão estimulados a ter autonomia e gerar renda em seus negócios, através do conhecimento técnico/estético/criativo e o uso das ferramentas digitais.

O acelera visa a promoção da igualdade de gênero ao oportunizar a inclusão socioprodutiva, criativa e econômica de mulheres, sobretudo da Bahia. Em dois anos foram mais de 400 empreendedores qualificados através do Iaô Labs, R$ 220 mil reais em investimento semente, cerca de 3.000 pessoas impactadas diretamente em eventos promovidos pelo programa e uma média de R$ 400 mil reais em comercialização de produtos em diferentes ações.

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA