Connect with us

Diversão

Festival das Periferias reunirá Música, dança, teatro e performances em Salvador

Jamile Menezes

Publicado

on

larissa luz
subúrbio

Banco de Imagens

Entre 15 e 18 de março, em Plataforma – Subúrbio de Salvador, vai rolar o Festival das Periferias Ano 3 – cada quebrada um ritmo, reunindo diversas atividades com Música, dança, teatro e performances. Terá também seminário, minicurso e o concurso Música de Favela.

Os debates serão sobre os temas: Culturas Periféricas e Cultura e Mundo do Trabalho e os Minicursos sobre elaboração de projetos culturais e planejamento de comunicação para ações culturais, no intuito de instrumentalizar jovens produtores para realização de ações culturais na periferias. Na programação, destaque para o I Concurso Música de Favela, que buscará reconhecer os ritmos e talentos das periferias de Salvador, valorizando a produção jovem do Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Poderá participar qualquer jovem que more em bairro periférico de Salvador, com idade entre 15 e 29 anos. Serão aceitas inscrições de músicas inéditas, de gênero livre, e com temática sobre: juventude e periferia. Na etapa final do Concurso as 6 composições selecionadas serão apresentadas ao vivo para o público e para os jurados.

larissa luz

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Produção Jovem – Como parte da formação, toda produção do evento contará com a participação direta de jovens entre 15 e 24 anos oriundos de coletivos, organizações e grupos culturais do Subúrbio Ferroviário.

O evento, totalmente gratuito, é resultado do Projeto de Formação em Produção e Gestão para Jovens de Coletivos Culturais, realizado pela Cipó Comunicação Interativa com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura.

toda a programação do Festival será encerrada com apresentação da cantora Larissa Luz (foto).

PROGRAMAÇÃO
15 de março – Centro Cultural Plataforma

ABERTURA
8h às 12h – Mesa de Debate: Culturas Periféricas.
14h até 18h- Mesa de Debate: Cultura e Mundo do Trabalho.

 

16 e 17 de março – Centro Cultural Plataforma
MINICURSO Elaboração de Projetos Culturais
8h às 12h / 14h às 18h

MINICURSO Planejamento de Comunicação para Ações Culturais
Local: Centro de Referência do Parque São Bartolome

8h às 12h / 14h às 18h

18 de março de 2017
Apresentações Culturais, Oficinas e 1º Concurso Música de Favela
Centro Cultural de Plataforma
15h às 20h

SERVIÇO

O que: Festival das Periferias Ano 3 – Cada Quebrada um ritmo
Quando: 15 a 18 de março de 2017
Quem: mesas de debates, minicursos, oficinas, apresentações e concurso musical.
Quanto: gratuito

 

Diversão

Encantos pro Mar terá atrações pretas na Ribeira

Jamile Menezes

Publicado

on

Encantos pro Mar terá Jann Souza

No dia 3 de fevereiro (sábado), a partir das 16h, as ruas da Ribeira terão atração cultural e gratuita com a primeira edição do evento Encantos pro Mar. A data de 3 de fevereiro foi escolhida como uma extensão da festa de Iemanjá.

Participam da edição de estreia os artistas baianos Jann Souza, Maya, Samba do Pretinho e DJ Belle. O projeto Encantos Pro Mar foi contemplado pelo edital Territórios Criativos, com recursos financeiros da Fundação Gregório de Mattos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador e da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Entre as atrações confirmadas no Encantos pro Mar, Jann Souza é uma mulher negra, cantora, compositora e musicista da Nova MPB, que tem o ukulele e o Foot Drum (bateria) como principais parceiros para acompanhar suas apresentações em formato solo. Já Maya, dona de uma voz marcante, é uma artista que consegue passear por todas as vertentes da black music, mesclando entre R&B, Trap, Pop e o Pago Trap, pelos quais apresenta seus versos certeiros e temperados com beats contemporâneos, urbanos e diaspóricos, baseados em um discurso forte sobre suas vivências enquanto mulher preta.

Com 10 anos de estrada, a banda O Pretinho, da produtora Brilho Estrelar, é formada por Junior Black no vocal, Ivan no cavaquinho, Michael no violão, Mário e Júnior na percussão e Marcílio na bateria. Seu trabalho se caracteriza pela mistura de ritmos, como MPB, Sertanejo, Forró e Axé, embora o gênero primordial seja o samba.

E o Encantos pro Mar ainda vai ter o line-up da DJ Belle, que traz consigo a essência de onde nasceu, o subúrbio ferroviário de Salvador. Integrante do Selo Nsabas, que procura potencializar a produção artística feminina da Bahia, e do Coletivo Hip Hop Pernambués, ela consegue, através da música e cultura, produzir ações beneficentes na comunidade, além de auxiliar no processo de ressocialização por meio do projeto Ressocializando Arte e Cultura nas penitenciárias do estado.

SERVIÇO:

Encantos pro Mar – 1ª Edição

Onde: Avenida Beira Mar, Ribeira, Salvador (próximo ao Bar da Torre)

Quando: 3 de fevereiro (sábado), a partir 16h

Entrada Gratuita (evento de rua)

Continue Reading

Diversão

Festival do Parque terá show do Olodum e Filhos de Jorge

Jamile Menezes

Publicado

on

mulher negra do Olodum está vestida de africana tem chapéu como uma coroa dourada e faz gesto de dança com as mãos na cintura.

O Festival do Parque volta a acontecer neste fim de semana. Na programação, shows gratuitos de Olodum e Filhos de Jorge, atividades infantis e feira de empreendedorismo e gastronômica ocupam a área como uma opção de lazer para toda a família.

No sábado (20), a programação infantil é o destaque, com atividades de lazer para crianças com a animadora e atriz Mabele e com Tio Paulinho. Às 15h30, a banda Nata do Samba se apresenta no gramadão do Parque da Cidade. No domingo (21), o dia começa com o show do Olodum às 9h da manhã, celebrando o aniversário de 45 anos do grupo.

Às 11h30, a programação é no gramado, com o DJ Nukemookey. Às 14h, a banda Filhos de Jorge começa o show no anfiteatro. Às 15h30, Ruan Santana assume o comando da festa com um show no gramado. Durante todo o final de semana, a Feira da Cidade estará no local.

Encerrando a programação, no dia 28 de janeiro a banda Bailinho de Quinta apresenta as marchinhas de Carnaval, no mesmo dia em que Tomate também sobe ao palco e promete repetir o sucesso do show que apresentou na edição 2023 do projeto, que marcou seu retorno ao palco depois da pandemia, com lotação máxima da área e a gravação de um audiovisual – assista aqui.

O Festival do Parque tem patrocínio da Claro e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e apoio da Solar Coca-Cola. Confira a programação completa e mais informações aqui.

Continue Reading

Diversão

Série Humor Negro estreia no Multishow e Globoplay

Jamile Menezes

Publicado

on

Foto dos humoristas do Humor Negro. São 6 comediantes negros .

Maíra Azevedo (Tia Má), Sulivã Bispo, Jhordan Mateus, Niny Magalhães, Guilherme Júnior, Evaldo Macarrão e convidados como a atriz Luana Xavier, o ator Hélio de La Peña e os humoristas Matheus Buente e Tiago Banha. Esse é o elenco que dá vida ao Humor Negro – a série, que estreia na próxima segunda, dia 21, às 18h, no Multishow e Globoplay. Ao todo serão 10 episódios, divididos em 2 blocos de 5, sendo que o segundo estará disponível já no dia 28.

“Primeiro o especial, agora a série. É a concretização de um sonho que foi pensado por mim e realizado por muitas mãos pretas. Hoje eu posso entender a grandiosidade do projeto, que também veio acompanhada de muita responsabilidade. Eu, junto com minha equipe, entregamos o melhor que pudemos, honrando e pedindo licença a todas as nossas personalidades que ajudaram a construir a história da arte do país, para que pudéssemos estar aqui hoje. Alcançamos o que parecia inalcançável”, destaca Val Benvindo, idealizadora do Festival Humor Negro, que deu origem à série.

A série Humor Negro é produzida pela Conspiração, com a direção de Rodrigo França e roteiro de Renata di Carmo. Traz uma mistura entre esquetes e apresentações de stand up, resultado da maratona de gravações que aconteceu em maio, em Salvador.

“Nesta série os nossos comediantes ganham um espaço de convivência, somada a um palco e todas as dependências de um teatro. Um programa que vai mostrar as delícias de estarmos juntos, como uma família de artistas, nas dores e na delícia de ser negro neste país. A cada episódio, teremos um comediante convidado e um tema central que ligará a dramaturgia ao stand up comedy”, compartilha o diretor Rodrigo França.

 

 

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA