Connect with us

Audiovisual

Portal Soteropreta lança web-programa “Circuito Negro” e pauta a negritude do Carnaval!

Jamile Menezes

Publicado

on

cortejo_afro

 

 

Primeiro PPortalde Notícias voltado para a produção cultural negra de Salvador, o Portal SoteroPreta veiculará, entre os meses de janeiro e fevereiro, o programa “Circuito Negro”, sobre 10 agremiações carnavalescas de matriz africana da Bahia.

Serão programas sobre Blocos Afros, Afoxés, de Samba e de Reggae, todos apoiados pelo programa Ouro Negro, do Governo do Estado da Bahia.

Em 2018, o Ouro Negro completa 10 anos, já tendo revertido mais de R$50 milhões para estes Blocos – para além do investimento financeiro direto, uma ação de preservação de um patrimônio cultural, social e identitário. Ao longo deste período, foram mais de 200 agremiações contempladas.

Com apoio do Governo do Estado, o web-programa Circuito Negro pretende tocar a subjetividade daqueles que fazem o Ouro Negro acontecer nas ruas, em um reconhecimento de suas falas enquanto indivíduos negros e negras, com histórias de vida também tocadas por estas agremiações e pelo investimento do Estado.

“Não se pode falar em Carnaval na Bahia sem a presença destas agremiações que – com sua estética, participação e sonoridade peculiares, reforçam o que a Bahia produziu enquanto capital de resistência de várias comunidades, e que hoje fundamentam a beleza particular do carnaval”, diz a editora chefa do portal e idealizadora do programa “Circuito Negro”, Jamile Menezes.

Criado em outubro de 2016, o Portal já se consolida, em meio às mídias negras independentes do estado, como veículo sério, referenciado e respeitado. Com o Circuito Negro, o público conhecerá histórias por trás de cada folião – que atestam o sucesso político, social e cultural do projeto Ouro Negro.

circuito negro

Cortejo Afro – Fto Paulo Lima

Relatos de famílias inteiras dedicadas a um Bloco, paixões manifestadas de formas curiosas, situações irreverentes ligadas a estas relações dos foliões com seus blocos de coração, a religiosidade e a cultura negra. Esta será a linha condutora deste projeto, que estará lastreado pela necessidade de se manter esta tradição viva – por meio de todo apoio possível.

Os 10 programas trarão ao público histórias dos Afoxés Filhos de Korin Efan e Filhos do Congo, dos Afros Ilê Aiyê, Bankoma, Didá e Cortejo Afro; dos blocos de Samba Alvorada e Amor & Paixão e os de Reggae, Aspiral do Reggae e Reggae o Bloco.

“São estas as histórias que precisam ser ouvidas para além do viés institucionalizado, para que um número cada vez maior de pessoas – em especial a juventude – se sensibilize e mobilize em torno de uma tradição carnavalesca do nosso estado e do país”, diz a  jornalista, Mestra em Cultura e Sociedade (Ufba), Camilla França, pesquisadora da temática e consultora do programa Circuito Negro. 

Equipe

O programa Circuito Negro será veiculado, aqui no Portal, e também poderá ser visto no Youtube e no Facebook do Portal Soteropreta.

Tem direção das cineastas premiadas e diretoras da Estandarte Produções, Jamile Coelho e Cíntia Souza, produção da atriz e produtora cultural, Taimara Liz  e apresentação da jornalista, Fabiana Mascarenhas.

O programa trará ainda a participação especial de jovens poetas das periferias de Salvador, com sua Poesia Marginal: Rool Cerqueira, Kuma França e Vanessa Coelho, do Coletivo Zeferinas, Evanilson Alves, Líslia Ludmila, Maiara Bonfim e Pedro Zaki e tem o apoio de empreendedor@s negros e negras de Salvador. Estão no time: as grifes a N Black, Tabompravoce Diva Katuka Africanidades, Casa de Angola na Bahia. Negrif, além dos maquiadores Mario Farias, Make by Dan e Karoline Lima! O restaurante Midispache Gastronomia, o Velho Espanha Bar e Cultura, a Pizzará Bahia , a Pretart’s, e o Destino Gourmet Food Truck!

 

Foto destaque: Rosilda Cruz (Ilê Aiyê)

 

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Audiovisual

Artista do Nordeste de Amaralina é lançado pelo Favellê Music

Amanda Moreno

Publicado

on

Artista do Nordeste de Amaralina
Artista do Nordeste de Amaralina (Foto: Bruno Mocottó)

Artista do Nordeste de Amaralina é lançado pelo Favellê Music.  É do Nordeste de Amaralina que sai  o novo lançamento do Favellê Music, selo que aposta no lançamento de conteúdos audiovisuais de artistas das periferias de Salvador.

“Resistência e Poder” é o nome da música interpretada por Moura X e que tem sua célula embrionária conectada a Marivaldo (idealizador do Favellê e que assina a composição da música junto com Moura X). Ouça em https://ingrv.es/resistencia-e-poder-nmc-7 e assista em https://www.youtube.com/watch?v=mDo_hFNbFtc.

A parceria de Moura X e Marivaldo é inspirada na pauta racial, um convite à união na luta contra o racismo e à reflexão sobre o tema.

“A gente se dedicou ao máximo para fazer algo realmente fantástico e impactante, onde as pessoas consigam entender a mensagem da música. Em alguns momentos é uma mensagem triste, porém fala sobre a realidade, além de ser a mão que levanta a cabeça do meu povo, para aqueles que se encontram tristes e desanimados. O intuito maior é salvar vidas, mudar mentes, quero ser o despertar. Tudo começa agora com resistência e poder”, fala Moura.

Favellê Music

O novo selo musical nasceu em Salvador já reunindo gigantes da música brasileira. “Favellê Music” é do multi-instrumentista baiano Marivaldo dos Santos, e firmou uma parceria com a Virgin Music Group – divisão da Universal Music, principal parceiro mundial de selos e artistas independentes – e Nas Nuvens Catalog, uma empresa brasileira independente líder na gestão e aquisição de catálogos musicais, que tem como presidente um dos mais consagrados produtores musicais do país, Liminha.

Marivaldo dos Santos é músico, produtor musical, nascido e criado nas periferias de Salvador (BA). Hoje, vive na ponte-aérea entre Brasil e Nova York, onde reside há mais de 20 anos. Ao longo de sua carreira realizou trabalhos com artistas como STING, Lauryn Hill, Fugees, Joshua Bell, Ceelo Green e muitos outros. Atualmente, está terminando a produção do filme “Música”, pela AMAZON USA, como diretor musical e performático ao lado de Rudy Mancuso.

Veja mais informações em https://www.instagram.com/favellemusic/.

Continue Reading

Audiovisual

Tia Má dubla personagem em série de animação

Amanda Moreno

Publicado

on

Tia Má dubla personagem
Tia Má dubla personagem

Tia Má dubla personagem em série na segunda temporada da animação “Aventuras de Amí”, emprestando sua voz à personagem Dora, mãe da protagonista, uma menina de 8 anos, que usa a imaginação para lidar com os desafios do dia a dia ao lado do cachorro Balú e do amigo Tim.

A série baiana é produzida pela Lanterninha Produções, com co-produção da Movioca Content House. Em exibição no Canal Futura, TV Rá Tim Bum e Globoplay, o desenho retrata o processo de crescimento das crianças, abordando os ritos de pass.agem e a dificuldade em lidar com novas responsabilidades.

“É incrível trabalhar para o público infantil. E mesmo no papel de mãe, é voltar a ser criança um pouco. Ao mesmo tempo, sinto como se fosse uma vitória. É ter um produto que minha filha pode me assistir e me reconhecer e se reconhecer”, comemora.

Aos 43 anos, a artista, jornalista e escritora Maíra Cristina Dias Azevedo desponta em uma carreira promissora na TV e no streaming. Conhecida como Tia Má, ela soma mais de um milhão de seguidores em suas redes sociais. Somente em 2023, a artista participou de sete produções audiovisuais.

Além de Tia Má dubla personagem em série de animação “Aventuras de Amí”, Maíra compôs o elenco de “Humor Negro” e fez uma participação especial em “Dra Darci”, ambos humorísticos do Multishow; ela viveu a Carol, em “Rensga Hits!”, da Globoplay, na segunda e terceira temporada; interpretou Trombeta, mãe de Mia, a protagonista de “O Dia em que a Minha Vida Mudou”, do Gloob; e atuou em “Toda Família Tem”, da Prime Video, como Deise.

Continue Reading

Audiovisual

Carnaval da Bahia 2024 – 50 anos dos Blocos Afro

Jamile Menezes

Publicado

on

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA