Connect with us

Música

Olodum celebra 39 anos com festa no Pelourinho

Avatar

Publicado

on

Olodum2018

olodum-ensaios-de-veraoSão quase quatro décadas de história, uma contribuição com essência e perfume da rosa, caminhos que levam o Olodum às estrelas e ao sol! O Bloco Afro celebra 39 anos de sucesso, uma homenagem ao “Tributo a Ranavalona III”, em grande estilo: a comemoração acontecerá na Praça Pedro Arcanjo, no dia 29 de abril, às 14 horas.

A programação contará com o melhor do Samba Reggae, com a presença de grandes nomes da música baiana, antigos vocalistas e da atual ala de canto do Olodum. E a celebração continua, abrindo as festas dos 40 anos a serem celebrados em 2019, com filme, cursos, seminários e a realização, este ano, de outros eventos na Bahia, em outros estados do país e no exterior.

O show do próximo dia 29, no Pelô, contará com repertório repleto de canções que marcam a história do grupo, desde o primeiro LP lançado, “Egito Madagascar”, entre elas: Eu Falei Faraó, Faraó; Avisá Lá; Rosa; Alegria Geral; Vem Meu Amor; Berimbau; Madagascar Olodum; Ladeira do Pelô; Protesto Olodum; Canto ao Pescador; Deusa do Amor e Jeito Faceiro. O show terá mistura de músicas com conteúdos que levam à reflexão sobre a importância de uma cultura de paz, a exemplo de: Mel Mulher, Manifesto Pela Paz, Mãe Mulher Maria Olodum, Eu Digo Jah e tantos outros hits.

 

Serviço

FESTA DE ANIVERSÁRIO DO OLODUM “Tributo a Ranavalona III”
Dia:​ ​29 de ​Abril​ (​domingo​)
Horário: ​abertura dos portões ás ​14 horas
Onde: Praça ​Pedro Arcanjo
Endereço: R. Gregório de Matos​,10​ – Pelourinho, Salvador – BA
Censura 16 anos
Ingresso: R$ ​5​0,00 (meia ​promocional​)
Vendas no local
Informações: ​(​71​)​ 3321-​5010/3321-4154

 

Música

Palco do Cruzeiro recebe shows em fevereiro

Amanda Moreno

Publicado

on

Palco do Cruzeiro recebe shows em fevereiro

Palco do Cruzeiro recebe shows em fevereiro. Passou carnaval, mas o verão não acabou, e nem acabou a vontade de curtir Salvador com alegria. Para isso a programação do Palco do Cruzeiro retorna com shows ao vivo, promovidos pelos restaurantes Boteco do Pelô, Cuco Bistrô e Odoyá, sempre começando às 18h30. Esta semana  MPB, rock, pop, piseiro, música internacional, axé e forró … O couvert custa R$ 10,00 e é cobrado apenas nas mesas externas dos restaurantes.

Confira a programação:

Quarta, 21 de fevereiro – MPB, samba e rock nacional – Fred Aquino – Fred Aquino começou com 12 anos a estudar violão e aos 19 ja fazia pequenos shows em bares. Acompanhou a cantora compositora Neila Kadhí e Joanna Terra, que gravou sua musica “Urbanos” e foi classificada no Festival da Educadora. Foi membro do  grupo Cama De Voz e da banda de forró Flor Serena. Fred Aquino é compositor e ja teve musicas gravadas pela banda Estakazero, pelo vocalista Leo Macedo e também por Cicinho de Assis. Com Regiane Carvalho segue o projeto da banda Rosa Chá onde os dois são vocalistas. Fred Aquino toca sempre com um som diversificado passeando pelo Samba, mas também pela Bossa Nova, MPB, Rock Nacional e faz um show diversificado e animado.

Quinta-feira, 22 de fevereiro  pop, MPB e música internacional Nina Sol – Cantora e compositora, Nina Sol navega em seu show entre o blues, o jazz e os clássicos da MPB. Representante da Nova MPB, ela é baiana e além de ter estudado piano e flauta também bebeu da água da fonte dos atabaques dos terreiros onde é filha do Axé. Nina Sol se apresenta acompanhada dos músicos  Aldir Leal nas gaitas e Nego Leal na bateria, enquanto Nina canta e toca violão.

Sexta-feira, 23 de fevereiro  pop rock nacional e internacional – Maurício Ferraz – Soteropolitano, apaixonado pela Música Popular Brasileira e sempre com a proposta de despertar boas lembranças e emocionar as pessoas através da sua arte, Maurício Ferraz, teve os primeiros contatos com a música na infância, mas somente na pré-adolescência começou de fato a tocar o seu instrumento preferido, o violão. Aos 15 anos começou a sua jornada musical. Aos 17 anos começou a cantar por incentivo de amigos e familiares por possuir um timbre que, de certa forma, impressiona. Agora, junto aos amigos Mark Silva e Diego Santana apresenta releituras de músicas que tocam o coração.

Sábado, 24 de fevereiro  pop, axé e piseiro – Cid Rocha – Nascido em Salvador, Cid Rocha começou sua carreira bem cedo. Filho e neto de músicos, logo surgiu no meio musical aos 15 anos, tocando bandolim com seu avô José das 7 Cordas, que também lhe ensinou a tocar guitarra baiana e guitarra de seis cordas (guitarrão) como era chamada na época. Após alguns anos Cid passou pela escola de música do Sesc Nazaré em Salvador, aperfeiçoando o conhecimento de sua  musicalidade teórica e recebendo aulas de canto no coral principal. A partir daí começou a trilhar seu próprio caminho, a tocar e cantar músicas no seu estilo e fazer apresentações em casas noturnas da capital e interior do Estado, tocando MPB e fazendo uma nova roupagem para as músicas, oferecendo ao público uma percepção diferenciada. Com o passar do tempo foi aprimorando seu estilo e repertório, se especializando em tocar o ritmo do seu coração, o AXÉ. Atualmente, mesmo tocando MPB e ritmos da atualidade em casas noturnas e eventos particulares, é a música baiana a maior responsável pelo seu grande sucesso.

Palco do Cruzeiro recebe shows em fevereiro. Confira a programação da outra semana

Segunda-feira, 26 de fevereiro – forró – Gel Barbosa, um dos melhores sanfoneiros da atualidade, faz temporada de shows no Largo do Cruzeiro do São Francisco, às segundas-feiras, a partir das 18h. Gel Barbosa, que é produtor musical, compositor, cantor, arranjador e sanfoneiro, já acompanhou e gravou com artistas como Zé Calixto, Pinto do Acordeon, Antônio Barros, Cecéu, Elba Ramalho, Xangai, Targino Gondim, Carlos Pitta, Elba Ramalho, Almério, Mariana Aydar e Renato Borghetti. Natural de Serra da Raiz, na Paraíba, Gel Barbosa nasceu numa família de músicos e teve como maior influenciador seu pai Geraldinho, tocador de oito baixos.

Terça, 27 de fevereiro  samba e MPB – Sátyra  Carvalho – Cantora, instrumentista e compositora, Sátyra Carvalho é ex-integrante da banda Vixe Mainha. Fez também  parte da ala de canto do bloco afro Olodum. Hoje, em carreira solo, traz como proposta a música dentro do universo do afro-pop e o axé music. Recentemente fez uma turnê na Europa, passando pela Itália (Torino, Bologna, Firenze, Sardenha, Marmi e Veneza), pela Suécia (Estolcomo), Alemanha (Frankfurt, Festival em Coburg, Mannheim) e Suíça no Festival Züri Fascht.

Quarta, 28 de janeiro – MPB, samba e rock nacional – Fred Aquino – Fred Aquino é compositor e ja teve musicas gravadas pela banda Estakazero, pelo vocalista Leo Macedo e também por Cicinho de Assis. Com Regiane Carvalho segue o projeto da banda Rosa Chá onde os dois são vocalistas. Fred Aquino toca sempre com um som diversificado passeando pelo Samba, mas também pela Bossa Nova, MPB, Rock Nacional e faz um show diversificado e animado.

Quinta-feira, 29 de fevereiro  pop, MPB e música internacional Nina Sol – Cantora e compositora, Nina Sol navega em seu show entre o blues, o jazz e os clássicos da MPB. Representante da Nova MPB, ela é baiana e além de ter estudado piano e flauta também bebeu da água da fonte dos atabaques dos terreiros onde é filha do Axé. Nina Sol se apresenta acompanhada dos músicos  Aldir Leal nas gaitas e Nego Leal na bateria, enquanto Nina canta e toca violão.

Sexta-feira, 01 de março  pop rock nacional e internacional – Maurício Ferraz – Soteropolitano, Maurício Ferraz, teve os primeiros contatos com a música na infância, mas somente na pré-adolescência começou de fato a tocar o seu instrumento preferido, o violão. Aos 15 anos começou a sua jornada musical. Aos 17 anos começou a cantar por incentivo de amigos e familiares por possuir um timbre que, de certa forma, impressiona. Agora, junto aos amigos Mark Silva e Diego Santana apresenta releituras de músicas que tocam o coração.

Sábado, 02 de março  Pop, Axé e Piseiro – Cid Rocha – Nascido em Salvador, Cid Rocha começou sua carreira bem cedo. Filho e neto de músicos, logo surgiu no meio musical aos 15 anos, tocando bandolim com seu avô José das 7 Cordas, que também lhe ensinou a tocar guitarra baiana e guitarra de seis cordas (guitarrão) como era chamada na época. Cresceu e começou a trilhar seu próprio caminho, a tocar e cantar músicas no seu estilo e fazer apresentações em casas noturnas da capital e interior do Estado, tocando MPB e fazendo uma nova roupagem para as músicas, oferecendo ao público uma percepção diferenciada. Com o passar do tempo foi aprimorando seu estilo e repertório, se especializando em tocar o ritmo do seu coração, o AXÉ. Atualmente, mesmo tocando MPB e ritmos da atualidade em casas noturnas e eventos particulares, é a música baiana a maior responsável pelo seu grande sucesso.

Serviço:

Palco do Cruzeiro recebe shows em fevereiro

Quarta-feira – dia 21/02, a partir das 18h30 – Fred Aquino

Quinta-feira – dia 22/02, a partir das 18h30 – Nina Sol

Sexta- feira – dia 23/02, a partir das 18h30 – Maurício Ferraz

Sábado – dia 24/02, a partir das 18h30 – Cid Rocha

Segunda – dia 26/02, a partir das 18h30 – Gel Barbosa

Terça-feira – dia 27/02, a partir das 18h30 – Sátyra Barbosa

Quarta-feira – dia 28/02, a partir das 18h30 – Cid Rocha

Quinta-feira – dia 29/02, a partir das 18h30 – Nina Sol

Sexta- feira – dia 01/03, a partir das 18h30 – Maurício Ferraz

Sábado – dia 02/03, a partir das 18h30 – Cid Rocha

Continue Reading

Música

Raffael Emilio divulga nova música “Todo Som”

Amanda Moreno

Publicado

on

Raffael Emilio divulga
Raffael Emilio divulga

Raffael Emilio divulga nova música “Todo Som” –  que desafia as estruturas convencionais e propõe uma jornada auditiva não-linear. A produção da faixa, liderada pelo próprio artista, reflete sua busca pela autenticidade.

O registro, que chega acompanhado de videoclipe, funde em si 3 ritmos: sambajazz, groove e rock, buscando transmitir uma mensagem de celebração da vida cotidiana brasileira e prestando uma homenagem aos pilares da música nacional.

“A estrutura da canção não é convencional, não possui refrão, por isso ela se repete, causando uma sensação de “estranheza ” e” sem resolução”, comenta Raffael Emilio, que através dessa canção, busca incentivar os ouvintes a explorar artistas do passado enquanto mergulham nas emoções evocadas pelas festas populares e encontros musicais.

A versão audiovisual proposta para o trabalho foi dirigida por Crial, da Canis Filmes. “No roteiro, quisemos passar a história de um “Eu” ainda em construção artística, em que no final, mesmo com medo de dar grandes passos, acabou virando uma raiz da música brasileira, assim como os artistas que me influenciaram, impressos nas capas de disco ao meu redor. No fim, tudo era sonho”.

“Todo Som” nasce da saudade das festas brasileiras e da conexão humana que elas representam. “A mensagem principal é a vontade de chegar na sexta-feira, encontrar pessoas e viver a vida cotidiana brasileira, ao som de tambores, festas populares e encontros musicais no geral”, define o cantor.

Ouça e assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=0yoqeKq7qP4

Continue Reading

Audiovisual

Artista do Nordeste de Amaralina é lançado pelo Favellê Music

Amanda Moreno

Publicado

on

Artista do Nordeste de Amaralina
Artista do Nordeste de Amaralina (Foto: Bruno Mocottó)

Artista do Nordeste de Amaralina é lançado pelo Favellê Music.  É do Nordeste de Amaralina que sai  o novo lançamento do Favellê Music, selo que aposta no lançamento de conteúdos audiovisuais de artistas das periferias de Salvador.

“Resistência e Poder” é o nome da música interpretada por Moura X e que tem sua célula embrionária conectada a Marivaldo (idealizador do Favellê e que assina a composição da música junto com Moura X). Ouça em https://ingrv.es/resistencia-e-poder-nmc-7 e assista em https://www.youtube.com/watch?v=mDo_hFNbFtc.

A parceria de Moura X e Marivaldo é inspirada na pauta racial, um convite à união na luta contra o racismo e à reflexão sobre o tema.

“A gente se dedicou ao máximo para fazer algo realmente fantástico e impactante, onde as pessoas consigam entender a mensagem da música. Em alguns momentos é uma mensagem triste, porém fala sobre a realidade, além de ser a mão que levanta a cabeça do meu povo, para aqueles que se encontram tristes e desanimados. O intuito maior é salvar vidas, mudar mentes, quero ser o despertar. Tudo começa agora com resistência e poder”, fala Moura.

Favellê Music

O novo selo musical nasceu em Salvador já reunindo gigantes da música brasileira. “Favellê Music” é do multi-instrumentista baiano Marivaldo dos Santos, e firmou uma parceria com a Virgin Music Group – divisão da Universal Music, principal parceiro mundial de selos e artistas independentes – e Nas Nuvens Catalog, uma empresa brasileira independente líder na gestão e aquisição de catálogos musicais, que tem como presidente um dos mais consagrados produtores musicais do país, Liminha.

Marivaldo dos Santos é músico, produtor musical, nascido e criado nas periferias de Salvador (BA). Hoje, vive na ponte-aérea entre Brasil e Nova York, onde reside há mais de 20 anos. Ao longo de sua carreira realizou trabalhos com artistas como STING, Lauryn Hill, Fugees, Joshua Bell, Ceelo Green e muitos outros. Atualmente, está terminando a produção do filme “Música”, pela AMAZON USA, como diretor musical e performático ao lado de Rudy Mancuso.

Veja mais informações em https://www.instagram.com/favellemusic/.

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA