Connect with us

Teatro

PROGRAMAÇÃO – FESTIVAL DRAMATURGIAS DA MELANINA ACENTUADA!

Jamile Menezes

Publicado

on

Festival Dramaturgias da Melanina Acentuada – 2018 – Programação 

Isto é um Negro?

Autoras: Mirella Façanha e Tarina Quelho

Estado: SP

Classificação etária: 18 anos

Duração: 1h40

Datas de apresentação | Horário: 14 e 15 de setembro de 2018 (sexta e sábado) às 20h

Local de apresentação: Sala do Coro do Teatro Castro Alves

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Um estudo sobre práticas e temporalidades que incorporam e desincorporam a “carne mais barata do mercado”, numa luta contra formas de destituição da fala, produzindo outros corpos, redesenhando outros mapas na medida em que esses corpos se movem. Se a exceção produz lugares e, neles, antagonismos – olhe: isto não é seu nego. Isto é um negro?

 

Namíbia, Não!

Autor: Aldri Anunciação

Estado: BA

Classificação etária: 14 anos

Duração: 1h

Datas de apresentação | Horário: 16 de setembro de 2018 (domingo) às 20h

Local de apresentação: Sala do Coro do Teatro Castro Alves

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Em 2016, o Governo brasileiro decretou uma Medida Provisória obrigando que todos os de ‘melanina acentuada’ sejam capturados e enviados imediatamente à África, provocando, em pleno século XXI, o revés da diáspora vivida pelo povo africano do Brasil escravocrata. A medida é uma ação de reparação social aos danos causados pela União. Mas, para não incorrer no crime de “Invasão a Domicílo”, eles só podem ser capturados na rua. Assim, André e Antônio passam o dia trancados no apartamento, debatendo as questões sociais e econômicas da vida atual, seus anseios pessoais e as consequências de um iminente retorno à África-mãe.

 

Sobretudo Amor

Autora: Mônica Santana

Estado: BA

Classificação etária: 14 anos

Duração: 50 min

Datas de apresentação | Horário: 16 de setembro de 2018 (domingo) às 19h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

O espetáculo une a voz e vivências da autora com as vozes e perspectivas trazidas pelas mulheres entrevistadas, revelando reflexões, intimidade e questionamentos, numa perspectiva que procura aproximar e dialogar com o público, para que ele traga e agregue também suas vivências e experiências, construindo juntos suas cartas, memórias e ritual. Sobretudo Amor evoca também o processo dos encontros da autora com as várias mulheres que entrevistou, onde trocas e partilhas eram realizadas, sempre nas casas e nos ambientes privados. A escrita e concepção do espetáculo promove uma conversa da criadora Mônica Santana com essas vozes, que impregnaram a obra – ao falar de si, de solidão, de encontro e coletividade.

 

Iyá Ilu

Autora: Sanara Rocha

Estado: BA

Classificação etária: Livre

Duração: 50 min

Datas de apresentação | Horário: 17 de setembro de 2018 (segunda feira) às 19h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Com uma estética afro-futurista Iyá Ilu visa reinventar poeticamente o culto de celebração a Ayan, orixá do tambor. Em cena a performer-sacerdotisa conduz sons orgânicos coadunados a texturas eletrônicas mixadas ao vivo por uma DJ em um show-ritual ancestre e futurista que reescreve em ato performático mito-poéticas femininas que foram esquecidas.

 

Violento

Autores: Alexandre de Sena e Preto Amparo

Assessoria dramatúrgica: Aline Vila Real

Estado: MG

Classificação etária: 16 anos

Duração: 50 min

Datas de apresentação | Horário: 18 e 19 de setembro de 2018 (terça e quarta feira) às 19h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

violento. adjetivo.

1. que ocorre com uma força extrema ou uma enorme intensidade. 2. em que se emprega força bruta; brutal, feroz. 3. que possui grande força, grande poder de ataque ou de destruição. 4. falta de moderação, excessivamente enfático; veemente. 5. que apresenta agitação intensa; agitado, revolto, tumultuoso. 6. que perde facilmente o controle sobre si mesmo; irascível, colérico. 7. que contraria o direito e a justiça. 8. diz-se da morte causada pela força ou por acidente.

 

Esperando Zumbi

Autora: Cristiane Sobral

Estado: DF

Classificação etária: 14 anos

Duração: 40 min

Datas de apresentação | Horário: 19 e 20 de setembro de 2018 (quarta e quinta feira) às 20h

Local de apresentação: Galeria do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Esperando Zumbi é um manifesto sensível a partir de um ponto de vista afrocentrado e feminino. Na ação, uma mulher negra espera e desespera ansiosamente seu homem e enxerga a si mesma diante dos paradoxos da construção e desconstrução da sua identidade brasileira, negra e feminina.

 

Mesmo sem te tocar

Autor: Fernando Santana

Estado: BA

Classificação etária: 12 anos

Duração: 1h

Datas de apresentação | Horário: 20 de setembro de 2018 (quinta feira) às 19h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

“Mesmo Sem Te Tocar” conta a história de Léo, um homem que atravessa uma fenda do tempo e retorna do passado para revelar a Teresa todo o amor que sente por ela. Com doses de humor e ares de tragicomédia, o espetáculo é cercado por um estado onírico e aborda entraves e peripécias ocasionadas pela força do sentimento, por vezes desmedido, que move o personagem. “Mesmo Sem Te Tocar” também questiona o amor como cura ou ferida da alma e revela o quanto o sentimento, a depender de como é alimentado, pode se tornar uma patologia.

 

Solilóquio

Autora: Viviane Clara

Estado: SP

Classificação etária: Livre

Duração: 45 min

Datas de apresentação | Horário: 21 de setembro de 2018 (sexta feira) às 19h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

A artista Viviane Clara propõe uma performance multissensorial para resgatar e afirmar a própria identidade pessoal e trajetória artística. Identidade que inclui uma consciência histórica e étnica conciliando valores pessoais e resultados empíricos. Fugindo do que é óbvio e acessível, a artista

En(Cruz)ilhada

Autor: Leno Sacramento

Estado: BA

Classificação etária: 12 anos

Duração: 40 min

Datas de apresentação | Horário: 21 de setembro de 2018 (sexta feira) às 20h

Local de apresentação: Galeria do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Assim que nascemos nossas cabeças são colocadas na mira de uma bala que segue nos matando lentamente: a morte social, a morte cultural, a morte financeira, a morte estética, a morte psicológica. En(cruz)ilhada é um monólogo onde a vítima não está isolada e é conduzida a várias formas de morte.

 

Reforma Política

Autor: Jô Bilac

Estado: RJ

Classificação etária: 14 anos

Duração: 15 min

Datas de apresentação | Horário: 22 de setembro de 2018 (sábado) às 20h

Local de apresentação: Teatro do Goethe Institut Salvador

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia entrada)

Sinopse

Na sátira “Reforma Política”, a personagem principal é a própria Reforma Politica, que desabafa sobre o desgaste na relação com o seu noivo, o Sistema Político Brasileiro.

Festival Dramaturgias Melanina Acentuada –  Entrevistas Públicas

 

Entrevista Pública I

Convidadas: Mirella Façanha (SP) e Tarina Quelho (SP)

Data: 15.09 (sábado)

Horário: 17h

Local: Pátio do Goethe Institut Salvador

Entrada gratuita

 

Entrevista Pública II

Convidada: Cristiane Sobral (DF)

Data: 20.09 (quinta feira)

Horário: 18h

Local: Pátio do Goethe Institut Salvador

Entrada gratuita

 

Entrevista Pública III

Convidado: Jhonny Salaberg (SP)

Data: 21.09 (sexta feira)

Horário: 18h

Local: Pátio do Goethe Institut Salvador

Entrada gratuita

 

Entrevista Pública IV

Convidado: Jô Bilac (RJ)

Data: 22.09 (sábado)

Horário: 18h

Local: Pátio do Goethe Institut Salvador

Entrada gratuita

Programação Ateliê de Ideias

 

Ateliê de Ideias I – O REAL ENTRE A PALAVRA-IMAGEM: DIÁLOGO E HIATOS DA CRIAÇÃO EM CINEMA

Data: 17 de setembro de 2018 (segunda feira)

Horário: 14h às 17h

Local: Pátio do Goethe Institut

Entrada franca

Convidada: Glenda Nicácio (BA)

Resumo:

Possibilitar conversas e reflexões em torno das diferentes etapas de criação de um filme. Das intenções do roteiro às escolhas da direção e equipe, como podemos acolher o real como dispositivo de criação e invenção, tensionando os limites da ficção? Como ponto de partida, será compartilhada as experiências do processo de produção do longa baiano “Café com Canela” (Ary Rosa e Glenda Nicácio, 2017), perpassando por questões de representação e representatividade.

 

Ateliê de Ideias II – ENCRUZILHADA REFERENCIAL DO DRAMATURGO DIASPÓRICO

Data: 18 de setembro de 2018 (terça feira)

Horário: 14h às 17h

Local: Biblioteca do Goethe Institut

Entrada franca

Convidada: Leda Maria Martins (MG)

Resumo:

Em tempos em que se discute e se processa a ideia de descolonização de poéticas, a Profa. Dra. Leda Maria Martins traz para o centro da roda, o conceito de encruzilhada de sentidos e discursos. Nessa roda de conversa, tensiona-se o lugar do sujeito artista diaspórico contemporâneo que, atravessado historicamente pela escravização colonial, surge hoje com uma potência legítima de dupla referência sustentada em expressões simultaneamente africanas e ocidentais.

 

Ateliê de Ideias III – A SUSTENTABILIDADE DA DRAMATURGIA NEGRA E A CRISE DA FICCIONALIDADE

Data: 22 de setembro de 2018 (sábado)

Horário: 14h às 17h

Local: Pátio do Goethe Institut

Entrada franca

Convidado: Aldri Anunciação (BA)

Resumo:

Provocado pela instituída crise na ficcionalidade contemporânea em suas diversas frentes de plataformas narrativas, o dramaturgo Aldri Anunciação traz para o centro da roda uma reflexão sobre desafios que apontam positivamente para uma continuidade de produção e elaboração poética de uma dramaturgia negra.

Programação – Ateliê de Escrita Dramatúrgica

Ateliê de escrita dramatúrgica I – a dramaturgia do espetáculo-debate

Ministrante: Aldri Anunciação (BA)

Datas | Horários: 14, 16, 17 e 22 de setembro das 09h30 às 12h30

Local: Goethe Institut Salvador

Inscrições: gratuitas, de 27 de agosto a 03 de setembro, através do site http://melaninadigital.com/.

Resumo: Ministrada pelo dramaturgo Aldri Anunciação (Prêmio Jabuti de Literatura-2013 em primeiro lugar na categoria ficção para jovens). A oficina é composta de um conteúdo programático que é dividido em 3 módulos aplicados ao longo de quatro dias de aulas com carga horária de três (03) horas/dia mais um encontro de finalização com leitura e avaliação dos textos produzidos.

Público alvo: dramaturgos com ou sem experiência a partir de 16 anos

Numero de vagas: 20

Carga horária: 12h

 

Ateliê de escrita dramatúrgica II – Oficina de dramaturgia periférica

Data | Horário: 21 de setembro das 09h30 às 12h30

Local: Biblioteca do Institut Salvador

Inscrições: gratuitas, de 27 de agosto a 03 de setembro, através do site http://melaninadigital.com/.

Ministrante: Jhonny Salaberg (SP)

Resumo: Elaboração e compartilhamento de escrita dramatúrgica sobre a experiencia do ser periférico e suas diásporas: da marginalização ao genocídio. Uma espécie de fabulação das narrativas periféricas e como essa escrita interfere no cotidiano. Para isso será usado o conceito de Leveza do escritor Italo Calvino no livro “Seis propostas para o próximo milênio”. O conceito de leveza surge como possibilidade de resistência, reação ao peso de viver. O que poderia ser uma espécie de dramaturgia bruta apenas, pode se tornar uma possibilidade de luta e um elogia a utopia. A oficina é aberta para o público de todas as idades.

Público alvo: Todas as idades

Número de vagas: 20

Carga horária: 03h

Programação – ATELIÊS DE CONSULTORIA DRAMATÚRGICA

O primeiro Ateliê de Consultoria Dramatúrgica acontecerá no dia 16 de setembro (domingo) com a convidada Francine Barbosa, e terá como foco roteiros cinematográficos de curtas-metragens e argumentos de longas. Já o segundo ateliê tem data marcada no dia 17 de setembro (segunda feira), desta vez com a Profa. Dra. Leda Maria Martins e será voltada para textos dramatúrgicos. Cada profissional selecionará até 3 textos que serão publicamente analisados. Uma oportunidade única para dramaturgos, roteiristas e aspirantes que buscam inspiração, aprimoramento ou que simplesmente anseiem por um olhar externo. O ateliê será aberto ao público e o acesso será gratuito.

As inscrições, voltadas para residentes em Salvador e região, serão dirigidas por consultora e acontecem de 27 de agosto a 03 de setembro através do portal. A divulgação dos textos e roteiros selecionados será realizada no dia 11 de setembro.

Ateliê de Consultoria Dramatúrgica I – Roteiro cinematográfico

Data: 16 de setembro de 2018 (domingo)

Horário: 09h30 às 12h30

Local: Biblioteca do Goethe Institut

Entrada franca

Convidada: Francine Barbosa (SP)

 

Ateliê de Consultoria Dramatúrgica II

Data: 17 de setembro de 2018 (segunda feira)

Horário: 9h30 às 12h30

Local: Biblioteca do Goethe Institut

Entrada franca

Convidada: Leda Maria Martins (MG)

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Teatro

Negafyah volta com seu espetáculo “Fyah do Ódio ao Amor”

Jamile Menezes

Publicado

on

Negafyah
Após sucesso de estreia, Negafyah volta em cartaz com seu espetáculo “Fyah do Ódio ao Amor”, na próxima quarta-feira (15), às 19h, no Teatro Gregório de Matos. Música, dança, audiovisual e poesia, conduzem Fabiana Lima no espetáculo gratuito
O espetáculo narra a trajetória de Negafyah como mulher preta, nascida na periferia de Salvador, e o seu encontro com a arte, religiosidade, coletividade e afeto, como ferramentas para organização dos sentimentos e reconhecimento de seu potencial mobilizador. A artista aborda o enfrentamento às violências que atravessam o seu corpo e a liberdade do amor entre pessoas pretas: o dengo, ubuntu e a construção da intimidade em comunidade.Serão três atos, para mostrar a multiplicidade de sua arte: que denuncia a violência, que se fortalece em comunidade e que ama.

“Eu me vejo como uma grande artista, uma artista que está buscando cada vez mais experiência, me sinto madura, uma árvore que está colhendo frutos da maturidade nesse caminho percorrido há mais de 10 anos na área artística”, diz Negafyah.

Vice-campeã do Slam BR (2016) e do internacional Rio Slam Poetry (2018) Negafyah é conhecida pela performance impactante de suas poesias e pelo trabalho fundamental para o fortalecimento da literatura de mulheres negras, através do Slam das Minas Bahia. Na próxima quarta-feira (15), ela sobe ao palco do Teatro Gregório de Matos
O evento é gratuito e a distribuição dos ingressos será feita momentos antes do início do espetáculo.
Este projeto é viabilizado pela bolsa-estímulo da Escola Criativa Boca de Brasa – Polo Criativo Centro 2023, fruto do Termo de Colaboração 002/2022 firmado entre Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador, e a Associação Sociocultural Nubas, através dos recursos do Edital 004/2022 – Polos Criativos Boca de Brasa.
SERVIÇO
Espetáculo Poético-Teatral “Fyah do Ódio ao Amor”
Data: 15 de maio (quarta-feira)
Horário: 19 horas
Local: Teatro Gregório de Matos
Entrada: Gratuita
Foto: Lane Silva
Continue Reading

Teatro

Ingressos pra Cabaré da Rrrrraça começam a ser vendidos nesta segunda (6)

Jamile Menezes

Publicado

on

Cabaré da Rrrrraça

A partir do dia 06 de maio, os ingressos para um dos maiores sucessos de público e crítica do teatro baiano, o espetáculo Cabaré da Rrrrraça, do Bando de Teatro Olodum, começam a ser vendidos na plataforma digital Sympla. A peça volta a cartaz no dia 17 de maio, no Centro Cultural da Barroquinha, sempre às sextas, sábados e domingos, até o dia 9 de junho. A nova temporada contará com números musicais de convidados especiais como o ator e cantor Érico Brás, que iniciou sua carreira no Bando de Teatro Olodum.

Cabaré é uma revista musical, divertida, interativa e política, que antecipou muitos dos debates sobre racismo que hoje movimentam as discussões nas redes sociais e em toda sociedade. Temas como colorismo, preconceito reverso, racismo recreativo e termos e linguagens racistas que precisam ser abolidas estão em cena em Cabaré.

Mais de 40 mil pessoas já viram Cabaré da Rrrrraça

O espetáculo foi criado por Márcio Meirelles e Bando de Teatro Olodum em 1997 e nesses quase 30 anos já foi visto por mais de 40 mil expectadores em mais de 300 apresentações, em palcos pelo Brasil, além de Portugal e Angola. Para essa nova remontagem, a peça terá a direção teatral de Cássia Valle, Leno Sacramento e Valdinéia Soriano, artistas de longa trajetória no grupo, e supervisão artística de Márcio Meirelles.

De acordo com Cássia, a edição 2024 do espetáculo trará novos arranjos musicais, além de coreografias.

“A temporada contará com a convidados especiais como Érico Brás, que faz parte da história do Bando de Teatro Olodum. Será, então, um momento de reviver memórias e criar novas”, diz Cássia.

A diretora também destaca que o espetáculo volta para atualizar os debates sobre preconceito no Brasil. Segundo ela, “a gente entra em cena para mostrar que, apesar dos avanços, há muito ainda para o Brasil e o mundo evoluírem quando o assunto é racismo e preconceito. Fora esse forte caráter político, o Cabaré volta aos palcos a pedido do público, tanto daqueles que já assistiram o espetáculo quanto dos jovens que buscam essa imersão pela primeira vez”, ressalta a diretora, que também é atriz e escritora premiada e integra o Bando de Teatro Olodum há três décadas.

O projeto conta com o patrocínio da Wilson Sons, via Programa de Isenção Fiscal Viva Cultura, da Prefeitura de Salvador, Secretaria Municipal da Fazenda – SEFAZ, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo – SECULT e Fundação Gregório de Mattos – FGM.

 

SERVIÇOS

O quê? Cabaré da Rrrrraça, do Bando de Teatro Olodum

Quando? 17 de maio a 9 de junho / sextas e sábados, 19h e domingos, 18h

Onde? Centro Cultural Barroquinha, na Praça Castro Alves

Quanto? Inteira R$30 (trinta reais) e meia R$15 (quinze reais).

Vendas Online no Sympla www.sympla.com.br/eventos/salvador-ba

Realização: Bando de Teatro Olodum

Patrocínio: Wilson Sons via Programa de Isenção Fiscal Viva Cultura, da Prefeitura de Salvador

Foto: Diney Araújo

Continue Reading

Teatro

Cia de Teatro da UFBA faz audição para “O Pregador – Teatro-Fórum Antirracista”

Jamile Menezes

Publicado

on

A Cia de Teatro da UFBA

A Cia de Teatro da UFBA apresenta O PREGADOR – Teatro-Fórum Antirracista, com direção de Licko Turle. Para montagem da peça, a Cia abre chamada pública para seleção de 06 artistas que irão compor o elenco, a ocorrer em três etapas: participação no seminário “Meu Caro Amigo … Augusto Boal”, envio de vídeo apresentação e audição presencial com equipe de criação.

As inscrições para as duas primeiras fases – seminário e envio de vídeo apresentação – são separadas e ocorrerão até 14 de maio de 2024. As ações integram o projeto “Estudos em Teatro do Oprimido: práticas político-pedagógicas”, do edital Pró-Humanidades do CNPQ (2023).

Como participar:

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site do GESTO – GRUPO DE ESTUDOS EM TEATRO DO OPRIMIDO (https://gestoteatrodooprimido.com/) ou diretamente através do link https://forms.gle/i5GhCt5n59pcZg7j9, preencher formulário e enviar um vídeo curto de até 02 minutos descrevendo a trajetória/experiência artística e as expectativas/interesses para participar do projeto. Nesta primeira etapa da audição, serão selecionados até 30 artistas, com o resultado a ser divulgado no site do GESTO.

A última e terceira etapa é a participação de um circuito de oficinas presenciais, que ocorre de 21 a 23 de maio, de dança e música (afro-brasileiras), leitura/interpretação de textos e jogos improvisacionais, tudo orientado pela equipe de criação do espetáculo (coreógrafa, diretor musical, encenador, preparadora vocal). No final, serão selecionados até 6 artistas, entre atores e atrizes, profissionais e estudantes de Artes Cênicas e Bacharelado Interdisciplinar em Artes da UFBA. O resultado será divulgado no site do GESTO.

O PREGADOR – Teatro-Fórum Antirracista é o terceiro espetáculo da Cia de Teatro da UFBA com tema, direção, elenco e equipe de criação de pessoas negras. Antes, foram encenadas Gusmão- o Anjo e sua Legião (2017) e Pele Negra, Máscaras Brancas (2019). O texto narra a trajetória de Clara, mulher e estudante preta, que tenta fugir do destino trágico, impingido aos corpos negros pela sociedade racista.

Seminário

As pessoas interessadas no seminário “Meu Caro Amigo … Augusto Boal”, para além daqueles que desejam participar da audição O PREGADOR – Teatro-Fórum Antirracista, também devem se inscrever no site do GESTO ou através do link a seguir – https://forms.gle/7vBudTxgNRYpxSy68.

Serviço

O quê – audição O PREGADOR – Teatro-Fórum Antirracista da Cia de Teatro da UFBA

Quando – 21 a 23 de maio de 2024

Onde – Sala 104, do PAF V – UFBA (Campus Ondina)

Inscrição – até 14 de maio de 2024 https://forms.gle/i5GhCt5n59pcZg7j9

Serviço

O quê – Seminário “Meu Caro Amigo… Augusto Boal”

Quando – 13 e 14 de maio

Onde – Auditório da Faculdade de Comunicação FACOM), em Ondina

Inscrição – até 13 de maio de 2024 https://forms.gle/7vBudTxgNRYpxSy68

Programação – Seminário “Meu Caro Amigo… Augusto Boal”

13 de maio

9h – mesa de abertura com Cláudio Cajaíba(ETUFBA), Rita Aquino (PROEXT), Joice Aglae (PPGAC).

9:15h – Exibição do filme Augusto Boal e o Teatro do Oprimido, de Zelito Vianna

10:00h – Teatro do Oprimido na UFBA com Cilene Canda (Faculdade de Educação), Priscila (Biologia), Virgínia Machado (Biologia) , Lenira Rengel (Escola de Dança), Katemari Rosa (Instituto de Fisica), Taiana Lemos (Escola de Teatro)

12h – Intervalo Almoço

13:30h – “Augusto Boal: o Arena e Oficina” com Ítala Nandi

15h – “Augusto Boal e a formação do Teatro do Oprimido” com Geo Britto (USP Escola de Teatro Político

16:30h – Lançamento do livro homônimo com Geo Britto.

14 de maio

9h – Pós-Graduação lato sensu Estudos em Teatro do Oprimido- Práticas Político Pedagógicas com Dra. Simone Picolino (UFBA) e o Dr. Leonardo Moreira (UFRJ)

10h – Teatro do Oprimido e   Negritude com Licko  Turle

12h – Intervalo Almoço

14h – “Pele Negra nas Artes Cênicas” com Edileuza Santos

15h – Lideranças Femininas negras nas universidades com Cássia Maciel

16h – A montagem de O Pregador – Teatro-forum Antirracista com a coordenação de produção e equipe de criação

17h – Encerramento

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA