Connect with us

Tecnologia

Aplicativo exclusivo para pessoas negras oferece oportunidades para relacionamentos afrocentrados

Jamile Menezes

Publicado

on

casal jovem negro, sentados usando camisetas brancas, calças jeans e tênis branco, sob cenário com fundo amarelo.

 

Os brasileiros são considerados heavy users de aplicativos de relacionamento. O interesse dos brasileiros por apps de relacionamento cresceu 215% durante a pandemia, o Brasil é o segundo maior mercado do mundo para plataformas de encontros on-lines. Acreditando na possibilidade de propiciar um lugar de resgate de identidade e fortalecimento de laços afetivos, a graduada em moda, Karina dos Santos e o administrador Hurildes Agostinho decidiram criar o aplicativo de relacionamento Afrolove. A plataforma está prevista para chegar na loja on-line Play Store,nesta sexta-feira(10).

O objetivo do aplicativo é facilitar as relações afrocentradas, mas também as redes de amizade. Além disso, traduzir a ampliação do debate sobre direito ao amor e o desejo da comunidade negra de se cercar dos seus semelhantes, numa tentativa de dividir o fardo do combate ao racismo institucional e compartilhar espaços, demarcar territórios de conquistas como uma questão coletiva.

“O aplicativo é somente uma forma moderna de encurtar esse caminho para fortalecer laços. Eu diria que é um tremendo resgate pela nossa identidade. Espero que a maior contribuição para que ao ver os perfis sejam atraídos verdadeiramente por nossos traços. Resgatar e continuar contribuindo por esse amor do preto pelo preto”, diz idealizador do projeto, o administrador Hurildes Agostinho.

A versão gratuita da plataforma terá quantidade limitada de curtidas. Mas se o usuário quiser investir nas relações e aumentar as chances de ser notado, com superlikes diários e a possibilidade de saber quem curtiu seu perfil, ele pode optar pela versão paga. É importante lembrar que todos os dados dos usuários compartilhados dentro da plataforma serão coletados, armazenados e protegidos pela política de privacidade do aplicativo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tecnologia

Festival Afrofuturismo Ano V vai movimentar Centro Histórico

Jamile Menezes

Publicado

on

O Festival Afrofuturismo foi lançado no Pelourinho com um público de imprensa e apoiadores

O Festival Afrofuturismo Ano V acontece dias 20 e 21 de novembro de 2023 no Centro Histórico de Salvador e teve sua programação inicial anunciada na noite desta segunda-feira (18), na Casa Vale do Dendê.

Os nomes de alguns dos palestrantes internacionais foram revelados para o público, que conheceu mais sobre o Festival, seus apoiadores e o tema do ano: De volta para o futuro. A tecnologia africana estará no centro dos debates, provocando o intercâmbio cultural e diversas conexões.

 “O objetivo principal do Festival Afrofuturismo é dar destaque à nossa potência criativa, à nossa potência empreendedora em um momento em que a gente precisa  muito desse impulso de esperança”, comentou Paulo Rogério Nunes, cofundador da Vale do Dendê.

Dentre as atrações internacionais, estão Kamil – Fundador do Prêmio Mipad, , Fadila Ahmad Abdulzaraq – CEO da African Living Fully e Getrude Matshe – Senior Cultural da Ambassador Diversity Atlas e, de solo brasileiro, a Karen Santos da Ux pra Minas Pretas. Outras atrações nacionais e culturais serão divulgadas ao longo do mês de setembro e as inscrições serão abertas dia 02 de outubro de 2023.

As atividades do Festival Afrofuturismo integram a programação do Novembro Capital Afro, movimento empreendido pela Secretaria de Cultura e Turismo – Secult e tem como apoiadores o Governo do Estado da Bahia, Ministério das Relações Exteriores, Gráfica Ativa e Diversity Atlas.

“Estamos muito felizes porque o iFood Acredita tem um olhar para pessoas empreendedoras, mas a gente também quer acolher a cultura, porque como  sabemos a cultura tem cor, o futuro também tem cor, a tecnologia tem cor e é tudo nosso. Nos tiraram e a gente está trazendo tudo de volta”, comentou Mário Gomes, gerente de Equidade do Ifood, patrocinadora do Festival.

A programação do Festival Afrofuturismo será divulgada pelo site afrofuturismo.com.br. 

Continue Reading

AfroEmpreendedorismo

Projeto inicia polo de produtos agroecológicos em terreiros

Jamile Menezes

Publicado

on

 

Inclusão social e geração de renda. Estes são os objetivos da Associação AWA Ações Afirmativas, que lança na próxima sexta-feira (7), unidades de Produção Agroecolóogica, Integrada e Sustentável (Pais) em 20 terreiros localizados em nove municípios baianos.

O evento de lançamento acontece na Botica RHOL, rua Maciel de Cima, n°8, no Pelourinho.

“A meta é criar estratégia para que os terreiros possam desenvolver sua autonomia financeira gerando renda e, no futuro, construir o primeiro polo de produção e comercialização desses produtos em terreiros”, disse a mentora do projeto que está em fase de planejamento de atividades e tem como foco a produção de leguminosas, hortaliças e aves”, explica a bióloga e doutora em Desenvolvimento do Meio Ambiente, Sueli Conceição, que idealizou a iniciativa.

A AWA é uma organização que atua há 7 anos na Bahia, desenvolvendo projetos que visam a autonomia financeira e autogestão dos povos e comunidades tradicionais, pautados nos princípios da agroecologia, economia solidária e economia circular.

A associação foi contemplada em edital de chamamento público do governo do estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi).

Segue a lista dos terreiros beneficiados:

Camaçari: Ilê Alaketu Axé Oju Omi, Terreiro Leci, Terreiro Toloya, Terreiro Omin Kushwenga e o Ilê Axé Nabeji Eruquere Adê

Candeias: Terreiro Oyá Tola

Lauro de Freitas: Terreiro Sítio de Paz, Terreiro Oyá Matamba, Ilê Axé Ópó Erinlé e Ilê Axé Obánã.

Mata de São João: Ilê Axé Oni Odé Tafarangi

Salvador: Terreiro Gantois, Ilê Axé Opô Afonjá, Terreiro Bate Folha e Terreiro Tafarodé

Barra de Pojuca: Casa do Mensageiro

Simões Filho: Ilê Axé Tombo Jitá

Vera Cruz:  Ilê Axé Gun Wtakun Uzerê

Itaparica: Terreiro Babá Tuntun e Terreiro de Oyá

Continue Reading

Formação

Preta Comunicação lança projeto de aceleração para afroempreendedores

Jamile Menezes

Publicado

on

mulher_negra_pesquindo

 

mulher_negra_pesquindo

Estão abertas as inscrições para o “Eu quero poder também”, projeto de aceleração para afroempreendedores criado pela agência Preta Comunicação com o objetivo de compartilhar conhecimentos que poderão ser aplicados no dia a dia dos negócios comandados por pessoas negras.  O programa, que é gratuito, acontecerá entre os dias 27 de novembro e 18 de dezembro, sempre aos sábados, a partir das 9h, através da plataforma Zoom.

 

“O intuito não é oferecer formação profissional, mas dar a essas pessoas noções básicas para que possam tocar as suas iniciativas de forma correta porque, apesar de sermos a maioria entre os empreendedores, ainda somos os que menos faturam, os que menos conseguem crédito e os que menos têm capacitação”, explica Haron Soares, sócio da Preta Comunicação.

Planejamento de comunicação, gestão de anúncios para redes sociais, aplicativos e ferramentas para produção de conteúdo para a internet são os temas das oficinas que serão comandadas pela equipe da agência, além do storymaker Alisson Brito e do criador de conteúdo digital Ismael Carvalho. As pessoas interessadas em participar devem fazer a inscrição através do link https://bit.ly/euqueropodertambem até o dia 25 de novembro. As vagas são limitadas.

Confira a programação completa do programa:

27/11: Planejamento de comunicação: Jamily Silva, Giuliana Brandão e Anderson Sena – Equipe Preta comunicação

04/12: Noções básicas de gestão de anúncios para redes sociais: Haron Soares – Equipe Preta Comunicação

11/12: Aplicativos para produção de conteúdo para internet: Alisson Brito – storymaker e designer gráfico

18/12: Roteirização e produção de vídeos para a internet: Ismael Carvalho – criador de conteúdo digital

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA