Connect with us

Diversão

Bando de Teatro Olodum leva A Resistência Cabocla pro Subúrbio

Jamile Menezes

Publicado

on

com um fundo lilás sob luzes dispersas, o Bando de Teatro Olodum se apresenta no palco. Eles olham para frente e fazes gesto de poder negro.

Nesta sexta-feira, 07, às 19h, o Bando de Teatro Olodum vai apresentar no Subúrbio Ferroviário de Salvador o espetáculo ‘A Resistência Cabocla’, que contará com a presença do cantor e compositor Tonho Matéria e da voz off de Lázaro Ramos.

A peça é gratuita e foi produzida para a programação do Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia. As apresentações acontecem no Espaço Cultural Boca de Brasa Subúrbio 360, em Alto de Coutos.

A apresentação é gratuita. Nos dias 10, 11, 12 e 13 de julho, haverá duas sessões da peça para estudantes de escolas municipais. Ela serão seguidas por bate-papo com a equipe do espetáculo. O texto é inédito e de autoria do dramaturgo Daniel Arcades. Escrita para os 200 anos, a obra conta com consultoria da pesquisadora Mabel Freitas e direção de Cássia Valle, Valdinéia Soriano e Leno Sacramento.

História

Na peça, o elenco do Bando de Teatro Olodum dá vida a heróis e heroínas ausentes nos livros de História. A peça também dá destaque a personagens como Maria Felipa, Maria Quitéria, o corneteiro Lopes e o indígena Bartolomeu.

A Resistência Cabocla conta a história de dois jovens negros que se preparam para participar dos desfiles ao 2 de Julho, em Salvador. Luque está ansioso para desfilar como baliza à frente de uma das fanfarras. Já a musicista Mirna questiona sua participação nos festejos. Especialmente por sentir falta de representatividade negra e feminina na data.

SERVIÇO
A Resistência Cabocla
Espetáculo Gratuito
Dia 07 de julho (aberto ao público), às 19h; Espaço Cultural Boca de Brasa Subúrbio 360, em Alto de Coutos
Dias 10, 11, 12 e 13 de julho, no Espaço Cultural Boca de Brasa Subúrbio 360: sessões voltadas para estudantes de escolas municipais, seguidas por bate-papo com a equipe.

Cultura

Jogo baiano Odoyá está disponível na plataforma Steam

Amanda Moreno

Publicado

on

Jogo baiano Odoyá está disponível na plataforma Steam
Jogo baiano Odoyá está disponível na plataforma Steam

Jogo baiano Odoyá está disponível na plataforma Steam, plataforma online de jogos. Neste jogo, os jogadores assumem o papel de Jana, uma menina de 10 anos que foi acolhida por Iemanjá, quando a ação dos homens provocou uma grande inundação e o fim da primeira humanidade. Quando a humanidade ressurgiu e voltou a crescer, os homens esqueceram novamente da importância de respeitar as forças da natureza e Jana precisa cuidar do meio ambiente, salvar os animais e os próprios humanos dos desastres ambientais que provocam.

Este jogo levará o participante a uma viagem por um mundo rico e vibrante inspirado na mitologia afro-brasileira. O game pode ser adquirido neste link.

Victor Cayres, roteirista do projeto, explica como surgiu a obra. “A ideia de Odoyá surgiu de Cristhyane Ribeiro, da Sinergia Games que tem uma linha de jogos relacionados à cultura de matriz africana, com uma perspectiva de possibilitar uma maior representatividade e fomentar a educação. Ela, Joe Santos e eu nos juntamos para desenvolver esse universo ficcional e reunimos nossas três empresas na coprodução do projeto”, conta.

Além do game, o projeto conta ainda com um curta-metragem homônimo, que já participou de alguns festivais. A obra, juntamente com o trailer do game, será exibida na oficina Narrativas Transmídia: Como Construir um Universo Ficcional, ministrada por Victor na programação do World Criativity Day 2024, no Cinema do Parque Shopping, em Lauro de Freitas. Inscrições neste link. Jogo baiano Odoyá está disponível na plataforma Steam.

Continue Reading

Diversão

Encantos pro Mar terá atrações pretas na Ribeira

Jamile Menezes

Publicado

on

Encantos pro Mar terá Jann Souza

No dia 3 de fevereiro (sábado), a partir das 16h, as ruas da Ribeira terão atração cultural e gratuita com a primeira edição do evento Encantos pro Mar. A data de 3 de fevereiro foi escolhida como uma extensão da festa de Iemanjá.

Participam da edição de estreia os artistas baianos Jann Souza, Maya, Samba do Pretinho e DJ Belle. O projeto Encantos Pro Mar foi contemplado pelo edital Territórios Criativos, com recursos financeiros da Fundação Gregório de Mattos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador e da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Entre as atrações confirmadas no Encantos pro Mar, Jann Souza é uma mulher negra, cantora, compositora e musicista da Nova MPB, que tem o ukulele e o Foot Drum (bateria) como principais parceiros para acompanhar suas apresentações em formato solo. Já Maya, dona de uma voz marcante, é uma artista que consegue passear por todas as vertentes da black music, mesclando entre R&B, Trap, Pop e o Pago Trap, pelos quais apresenta seus versos certeiros e temperados com beats contemporâneos, urbanos e diaspóricos, baseados em um discurso forte sobre suas vivências enquanto mulher preta.

Com 10 anos de estrada, a banda O Pretinho, da produtora Brilho Estrelar, é formada por Junior Black no vocal, Ivan no cavaquinho, Michael no violão, Mário e Júnior na percussão e Marcílio na bateria. Seu trabalho se caracteriza pela mistura de ritmos, como MPB, Sertanejo, Forró e Axé, embora o gênero primordial seja o samba.

E o Encantos pro Mar ainda vai ter o line-up da DJ Belle, que traz consigo a essência de onde nasceu, o subúrbio ferroviário de Salvador. Integrante do Selo Nsabas, que procura potencializar a produção artística feminina da Bahia, e do Coletivo Hip Hop Pernambués, ela consegue, através da música e cultura, produzir ações beneficentes na comunidade, além de auxiliar no processo de ressocialização por meio do projeto Ressocializando Arte e Cultura nas penitenciárias do estado.

SERVIÇO:

Encantos pro Mar – 1ª Edição

Onde: Avenida Beira Mar, Ribeira, Salvador (próximo ao Bar da Torre)

Quando: 3 de fevereiro (sábado), a partir 16h

Entrada Gratuita (evento de rua)

Continue Reading

Diversão

Festival do Parque terá show do Olodum e Filhos de Jorge

Jamile Menezes

Publicado

on

mulher negra do Olodum está vestida de africana tem chapéu como uma coroa dourada e faz gesto de dança com as mãos na cintura.

O Festival do Parque volta a acontecer neste fim de semana. Na programação, shows gratuitos de Olodum e Filhos de Jorge, atividades infantis e feira de empreendedorismo e gastronômica ocupam a área como uma opção de lazer para toda a família.

No sábado (20), a programação infantil é o destaque, com atividades de lazer para crianças com a animadora e atriz Mabele e com Tio Paulinho. Às 15h30, a banda Nata do Samba se apresenta no gramadão do Parque da Cidade. No domingo (21), o dia começa com o show do Olodum às 9h da manhã, celebrando o aniversário de 45 anos do grupo.

Às 11h30, a programação é no gramado, com o DJ Nukemookey. Às 14h, a banda Filhos de Jorge começa o show no anfiteatro. Às 15h30, Ruan Santana assume o comando da festa com um show no gramado. Durante todo o final de semana, a Feira da Cidade estará no local.

Encerrando a programação, no dia 28 de janeiro a banda Bailinho de Quinta apresenta as marchinhas de Carnaval, no mesmo dia em que Tomate também sobe ao palco e promete repetir o sucesso do show que apresentou na edição 2023 do projeto, que marcou seu retorno ao palco depois da pandemia, com lotação máxima da área e a gravação de um audiovisual – assista aqui.

O Festival do Parque tem patrocínio da Claro e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e apoio da Solar Coca-Cola. Confira a programação completa e mais informações aqui.

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA