Connect with us

Formação

Estudantes de escolas públicas de Candeias recebem qualificação

Amanda Moreno

Publicado

on

Estudantes de escolas públicas de Candeias recebem qualificação
Estudantes de escolas públicas de Candeias recebem qualificação (Foto: Ana Prado)

Estudantes de escolas públicas de Candeias recebem qualificação. Com olhar voltado à inserção no mundo do trabalho e desenvolvimento de diferenciais competitivos, a Junior Achievement Bahia oferece a Trilha Empreendedora – Conectando Jovens ao Mundo do Trabalho, para jovens do município de Candeias, Região Metropolitana de Salvador. No primeiro semestre, vai contemplar turmas do ensino fundamental II do Colégio Municipal Professor Dásio José de Souza, em Nova Candeias. Já no segundo semestre, vai atender turmas de ensino médio do Colégio Estadual Cidade de Candeias, no bairro Dom Avelar.

A ação, que acontece em parceria com a Vopak, empresa holandesa de armazenagem de produtos líquidos para as indústrias química e de petróleo, e a Fundação WeConnect, inclui uma série de atividades focada em educação empreendedora, diversidade, inclusão e ferramentas de inovação. Com carga horária de até 30 horas por turma, a experiência de aprendizagem contará com atividades pensadas na conquista de conhecimentos e habilidades cruciais para o ingresso e crescimento no mercado de trabalho.

Dividida em duas etapas, cada uma com três programas, a capacitação visa estimular a conexão com o mercado de trabalho, a partir da formação de competências técnicas e comportamentais. Além de conteúdos que envolvem a elaboração de um bom currículo e preparação para entrevistas de emprego, abordará temas sobre STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), design thinking, Matriz CSD (método utilizado na iniciação de projetos), pitch (apresentação direta e curta), mapa de empatia e protótipos.

Etapas da capacitação

Estudantes de escolas públicas de Candeias recebem qualificação. As turmas de ensino fundamental embarcarão em um percurso transformador dividido em três etapas significativas. Na primeira etapa, os jovens serão introduzidos ao programa “Vamos Falar de Ética”, que visa destacar a importância da ética, cidadania e moral no processo de formação individual e na sociedade, explorando a relevância da ética no mundo do trabalho, evidenciando como suas ações impactam tanto na vida pessoal quanto profissional.

Na segunda etapa, os participantes receberão o programa “Negócios Sustentáveis”, focado em demonstrar a importância da sustentabilidade para a sociedade, sendo apresentados a diversos tipos de negócios sustentáveis, onde poderão compreender sobre seus impactos no mundo e acessando ferramenta para elaborar soluções para problemas relacionados à sustentabilidade em suas comunidades.

Para encerrar, na terceira etapa, os jovens receberão uma preparação abrangente para o mercado de trabalho, aprendendo sobre o funcionamento prático do mercado, conceitos de empregabilidade, como impulsionar suas carreiras, construir currículos, se preparar para entrevistas de emprego e realizar o planejamento e gestão de suas carreiras.

Já para as turmas de Ensino Médio, no primeiro programa, os estudantes vão entender como funciona o mercado na prática, os conceitos de empregabilidade, os meios de planejar, gerenciar e impulsionar a carreira, as técnicas direcionadas a preparação para entrevistas e como montar um currículo do zero.

No segundo, por sua vez, a ênfase será a inclusão. Nele, serão trabalhadas a diversidade nas áreas STEM. Os participantes conhecerão as possibilidades de atuação e ainda terão oportunidades de discutir formas de tornar essas áreas mais inclusivas, especialmente para mulheres, negros e pardos. Por fim, terão o desafio de propor soluções inovadoras para um caso sugerido pela Vopak. Ao longo do caminho, deverão utilizar ferramentas de design thinking, Matriz CSD, pitch, mapa de empatia, entre outras.

Além disso, ao final da trilha, acontecerá um evento de apresentação. O chamado “Demoday” premiará a equipe que construir a melhor solução. A capacitação ainda terá um momento dedicado à conscientização sobre a importância da saúde mental e de diagnóstico dos impactos de todo o processo de qualificação.

Audiovisual

Coletivo Meio Tempo promove espetáculos e oficinas em Salvador

Amanda Moreno

Publicado

on

Coletivo Meio Tempo promove espetáculos e oficinas em Salvador
Coletivo Meio Tempo promove espetáculos e oficinas em Salvador (Foto: Adeloyá Ojú Bará)

Coletivo Meio Tempo promove espetáculos e oficinas em Salvador. Uma verdadeira caravana cultural! Assim é definido o projeto Caravana do Meio Tempo que vai ocupar várias comunidades da capital baiana com apresentações de espetáculos, além de oficinas de teatro e audiovisual. As ações coordenadas pelo Coletivo Meio Tempo serão realizadas nos meses de abril, maio e junho, nos espaços Boca de Brasa localizados na periferia de Salvador (Subúrbio 360º, em Vista Alegre; no Boca de Brasa, em Cajazeiras; e no SESI Casa Branca, na Cidade Baixa).

O grupo foi contemplado no edital Gregórios – Ano III e vai apresentar os espetáculos O Contentor – O Contêiner; Boquinha… e assim surgiu o mundo e Esqueça. O cronograma do projeto também inclui duas oficinas de Teatro e Vídeo, voltadas para jovens e adolescentes que residem nestas localidades. As oficinas temáticas EU – documento do mundo e Criando com Celular mudarão a cada semana, de acordo com o espetáculo a ser apresentado.

Após a realização das atividades, o grupo já tem previsão de uma montagem e uma temporada de doze apresentações de um espetáculo teatral, pensado para o Teatro Gregório de Mattos, prevista para o segundo semestre. Baseado no livro Monocontos – Histórias para Ler e Encenar do roteirista, diretor e dramaturgo Elísio Lopes Jr., a proposta é reunir quatro atrizes pretas. Com direção de Ridson Reis, as sessões contarão com tradução em libras, e ingressos destinados a estudantes de escolas públicas.

Durante toda a temporada, as atividades do projeto Caravana do Meio Tempo serão totalmente gratuitas e contarão com tradução em libras. Mais informações sobre o projeto estão disponíveis no Instagram @coletivomeiotempo ou através do email coletivomeiotempo@gmail.

O projeto Caravana do Meio Tempo tem a realização do Coletivo Meio Tempo e foi contemplado pelo edital Gregórios – Ano III, com recursos financeiros da Fundação Gregório de Mattos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador e da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura, Governo Federal.

Confira a programação da Caravana do Meio Tempo – Coletivo Meio Tempo promove espetáculos e oficinas em Salvador

No espaço Subúrbio 360, em Vista Alegre, serão realizadas oficinas de vídeo e de teatro de 22 de abril a 07 de maio, das 18h às 21h. Já as apresentações O Contentor – O Contêiner; Boquinha… e assim surgiu o mundo e Esqueça serão realizadas às terças-feiras dos dias 23 e 30 de abril e 7 de maio, respectivamente, às 10h e 15h.

No Boca de Brasa de Cajazeiras as datas das oficinas de vídeo e de teatro seguem nos dias 06 a 21 de maio, das 13h30 às 16h30. As apresentações O Contentor – O Contêiner; Boquinha… e assim surgiu o mundoEsqueça estão agendadas para às quintas-feiras dos dias 9, 16 e 23 de maio, na mesma sequência, às 9h e 14h.

Já o Sesi Casa Branca do Caminho de Areia recebe as oficinas de vídeo e teatro nas quartas e quintas dos dias 5 a 20 de junho, das 18h às 21h. As apresentações “O Contentor – O Contêiner; Boquinha… e assim surgiu o mundo e Esqueça têm previsão de exibição nas manhãs e tardes das quintas-feiras dos dias 6, 13 e 20 de junho.

As inscrições para participar das oficinas abertas através do Instagram do coletivo.

Continue Reading

Artes

Projeto “Movimenta Cajazeiras” abre inscrições para Oficinas e Mostra de Dança

Amanda Moreno

Publicado

on

Projeto "Movimenta Cajazeiras" abre inscrições para Oficinas e Mostra de Dança
Projeto "Movimenta Cajazeiras" abre inscrições para Oficinas e Mostra de Dança

Projeto “Movimenta Cajazeiras” abre inscrições para Oficinas e Mostra de Dança. A dança é uma das expressões culturais e identitárias de um povo. É pensando neste ato, que nasce o “Movimenta Cajazeiras”, que tem como proposta artístico-metodológica a imersão do corpo em relação às suas experiências com os territórios onde mora e suas produções criativas. Idealizado por artistas do bairro de Cajazeiras, com o intuito de movimentar a cena cultural local, o projeto abre inscrições gratuitas, a partir do dia 10 até 27 de abril, para participação nas oficinas criativas e na Mostra Movimenta, através de formulário virtual disponível AQUI (https://linktr.ee/movimentacajazeiras) ou na BIO do perfil @movimentacajazeiras.

O encontro de Dança, que envolve movimento, criatividade e diversidade, é destinado a artistas informais/formais em dança residentes na região de Cajazeiras, a partir dos 16 anos, prioritariamente pessoas pretas e LGBTQIA+. As oficinas criativas serão ofertadas a todes interessades em formação continuada e instrumentalização profissional, nas abordagens de processos criativos em dança para palco e vídeo e produção cultural.

As oficinas, com 02 horas/aula, ocorrerão no Polo Criativo Boca de Brasa de Cajazeiras. Destinadas para até 20 pessoas cada e com tradução em Libras, acontecerão aos sábados do mês de maio de 2024, sendo elas: Produção Cultura, com a doutora em dança e produtora Inah Irenam, no dia 04 de maio; Do encoberto ao desejado – Criação em Dança, com o coreógrafo Guego Anunciação, no dia 11 de maio; e Cinética.Mov – Dança para Câmera, com o dançarino e coreógrafo Neemias Santana, 18 de maio.

Já a Mostra Movimenta, a ocorrer no dia 25 de maio, terá uma seleção simplificada, em que os interessados deverão preencher formulário com informações básicas do artista/dupla/grupo inscrito, da coreografia e envio de vídeo da mesma, que pode ser feito de câmera de celular. Vale pontuar que, podem se inscrever na Mostra artistas formais, informais e grupos de dança de qualquer estilo de dança – pagode, Jazz, hip hop, contemporânea, ballet, etc.. Os selecionados receberão cachês, o valor dependerá da quantidade de pessoas que compõem a ficha técnica.

Além dos dois eixos acima, oficinas criativas e Mostra, o Movimenta Cajazeiras trará uma terceira ação, a roda de conversa “Futuros Criativos”, a ser realizada com propósito de se formar o Fórum de Dança de Cajazeiras, para a construção de políticas de acesso, permanência e fomento de produções artísticas do bairro-cidade. O bate-papo ocorrerá no dia 26 de maio e é aberto ao público.

O projeto Movimenta Cajazeiras foi contemplado pelo edital Territórios Criativos, com recursos financeiros da Fundação Gregório de Mattos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador e da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura, Governo Federal. Projeto “Movimenta Cajazeiras” abre inscrições para Oficinas e Mostra de Dança.

Serviço

O quê: Inscrições para oficinas Criativas e Mostra Movimenta Cajazeiras

Quando: 10 a 27 de abril

Link para inscrições: https://linktr.ee/movimentacajazeiras

Mais informações: perfil Instagram @movimentacajazeiras

Ementas

Oficina PRODUÇÃO CULTURAL – com Inah Irenan

Dia 04 de maio, às 14h30, no Polo Criativo Boca de Brasa de Cajazeiras

A oficina visa apresentar as possibilidades, etapas e incentivar a escrita de projetos culturais para a realização de produtos ou eventos artísticos, nas categorias produtivas de artes: formação, criação, produção, difusão, memória e pesquisa na perspectiva de emancipações artísticas de agentes culturais, promovendo a formação técnica de artistas e gestores para atuação e participação em editais públicos.

Oficina Do Encoberto ao Desejado – com Guego Anunciação 

Dia 11 de maio, às 10h, no Polo Criativo Boca de Brasa de Cajazeiras

A partir de exercícios técnicos, a aula propõe uma estruturação do movimento a partir da relação com o espaço, com o tempo, com a música e com a outra pessoa dançante, gerando situações coreográficas que exaltam a força do dançar junto e as belezas do corpo.

Oficina CINÉTICA.MOV – Dança para Câmera – com Neemias Santana

Dia 18 de maio, às 15h, no Polo Criativo Boca de Brasa de Cajazeiras

Aproximações entre dança e audiovisual. Práticas e papos introdutórios sobre as relações entre o pensamento coreográfico e o exercício videográfico. Traga suporte para anotações, a câmera que lhe interessar e roupa confortável para dançar.

Continue Reading

AfroEmpreendedorismo

Inscrições para o Acelera Iaô encerram na próxima semana

Amanda Moreno

Publicado

on

Inscrições para o Acelera Iaô encerram na próxima semana
Inscrições para o Acelera Iaô encerram na próxima semana (Foto: Ag Dude)

Inscrições para o Acelera Iaô encerram na próxima semana. Encerram na próxima quinta-feira (11/04), às 23h59, as inscrições para projeto de qualificação Acelera Iaô 2024, abertas para empreendedoras e empreendedores negros com negócios nas categorias de alimentação, moda, artesanato e música. Os interessados deverão acessar e preencher o formulário específico para o curso, através do site da Associação Fábrica Cultural: https://fabricacultural.org.br/ . Realizado pela Fábrica Cultural, o programa Acelera Iaô conta com o patrocínio do Grupo Carrefour Brasil.

Neste 1º ciclo, o programa oferece 220 vagas na Iaô Labs, disponibilizadas em 120 para os empreendedores de moda, música e artesanato e 100 para os empreendedores de alimentação. As aulas serão ministradas em formato híbrido, através de aulas online e encontros presenciais no Iaô Espaço de Criação, na Fábrica Cultural, na Ribeira.

O Acelera Iaô e o Iaô Labs destinam-se aos empreendimentos liderados por pessoas negras, pardas e indígenas, maiores de 18 anos, residentes em Salvador, Região Metropolitana e interior do Estado. O programa tem como prioridade contemplar as mulheres com empreendimento próprios e negócios criativos, ativos, pelo menos há seis meses.

A Iaô Labs é uma jornada de qualificação e aceleração de negócios pretos, formalizados ou não, que contempla aulas em módulos específicos para cada segmento, bancas de pitch e vagas para mentorias individuais e coletivas na etapa de aceleração

Na inscrição, os projetos, empreendimentos e negócios criativos devem se adequar a um dos segmentos descritos no regulamento. Não podem participar os empreendedores que foram contemplados com premiações dos programas da Associação Fábrica Cultural.

Em 2024 o Acelera Iaô pretende qualificar 400 afroempreendedores, com 740 horas de mentorias em 2 ciclos do Iaô Labs, aceleração de 40 negócios e premiação de 10 negócios com investimento semente no valor de 10 mil reais cada.

Continue Reading
Advertisement
Vídeo Sem Som

EM ALTA