#ACenaTaPreta – Ridson Reis estreia direção com “O Contêiner”


ridsonreisbandodeteatroolodum
Ridson Reis

Há três anos ele conheceu um texto do angolano José Mena Abrantes, que contava a história de três africanos que saem de suas casas, cada um por seu motivo, em busca de uma vida melhor, em busca da ascensão social.

A leitura mexeu com o ator de 28 anos – 11 dos quais compartilhados com o Bando de Teatro Olodum. É a convite deste que ele chega ao Festival A Cena Tá Preta, que começa nesta sexta (4), no Teatro Vila Velha.

ridsonreisoconteinerbandodeteatroolodumEstamos falando de Ridson Reis, que levará aos palcos do Vila, nos próximos dias 12 e 13 de novembro, seu primeiro trabalho como diretor teatral na peça O Contentor (O Contêiner).

Na trama, os três africanos querem chegar à Europa e, para isso, entram clandestinamente no porão de um cargueiro português. Daí em diante, os atores Cell Dantas e Edy Firenzza conduzem o espectador pela viagem dos sonhos destes imigrantes, mas que talvez não tenha chegado a um final feliz.

“Nós pretos saímos de um lugar (físico ou abstrato) em busca de ascender e melhorar nossas condições de vida porque acreditamos e sonhamos. Mas os donos de navio não querem, e nos aprisionam em seus contêiner’s”, nos aprisionam e não nos deixam sonhar”, explica Ridson.

ridsonreisbandodeteatroolodumImigração africana, direitos humanos, tensões raciais são alguns dos temas que Ridson  dirige na peça.

“O texto, escrito em 94 por Mena Abrantes, é baseado em fatos reais. Tudo aconteceu no porto de Lisboa em 1988, entretanto não há nada mais contemporâneo. Hoje, nos é tirada nossa educação – que é a peça base e mais importante na busca da realização desses sonhos”, afirma.

Ridson contextualiza: “Isso está acontecendo nesse momento. Só neste ano já morreram quase 4 mil pessoas tentando sair da África pra Europa. Os que conseguem fazer a travessia, não têm a certeza de que realmente terão uma vida melhor, ou serão mandados de volta”, diz.

ridsonreisoconteinerbandodeteatroolodumO Contentor (O Contêiner) já foi encenado em Salvador em 2006 pela “Outra Cia de Teatro”. Uma coisa Ridson promete: esta é uma versão completamente diferente, “fiel ao texto de José Mena Abrantes”.

O Contentor (O Contêiner)

Quando: 12 e 13/11, sábado às 20h, domingo às 19h
Onde: Teatro Vila Velha – Sala Principal
Valor: R$ 30 e 15
Classificação Indicativa: 12 anos

Fotos: Divulgação