Corra pro Abraço realiza intervenções urbanas pra marcar 20 anos da Conferência de Durban


 

Para marcar os 20 anos da Conferência de Durban – Terceira Conferência Mundial contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e Formas Correlatas de Intolerância, acontecerá, em Salvador, uma ação sociocultural com jovens negros e negras entre os dias 16 e 19 de novembro.

A iniciativa é fruto da campanha Vidas Negras, das Nações Unidas, e conta com mobilização local do Programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).

A atividade, denominada “Cores e Vozes das Periferias” conta com uma programação de quatro dias, sendo dois no Aquidabã (16 e 17/11) e dois na Praça Nova República, no Beiru/Tancredo Neves (18 e 19/11), envolvendo oficina de grafite, intervenções urbanas e apresentações artístico-culturais.

O objetivo é reafirmar os compromissos firmados em Durban, em 2001, bem como marcar a atualidade da agenda de combate ao racismo e às discriminações.


SERVIÇO

O QUÊ? Intervenção urbana “Cores e Vozes das Periferias” – 20 anos da Conferência de Durban
QUEM? Corra pro Abraço, Unicef, UNFPA, Unodc, Sepromi, Semur
QUANDO? 16 a 19/11 – 9h às 17h
ONDE? 16 e 17/11 (Aquidabã) 18 e 19/11 (Beiru/Tancredo Neves)

Soprano Irma Ferreira lança EP “Cantos e Rezas” no Gamboa


 

Foto: Ítalo Rodrigues

 

O show “Cantos e Rezas” marca o lançamento do EP “Cantos e Rezas”, de Irma Ferreira no próximo dia 14, domingo, às 17h. No palco do Teatro Gamboa, a cantora estará ao lado do maestro Fred Dantas e do alabê Luan Badaró, interpretando Itãs (histórias), àdúràs (cantigas) e oríkìs (orações) que reverenciam os orixás Omolu, Oxumaré, Ossanha, Nanã, e Ewa, pertencentes à família Unjí.

A apresentação vai incluir os cinco cantos e rezas que compõem o EP e mais algumas releituras já apresentadas na série de vídeos denominada “Em Cantos de Orixás”.

O show “Cantos e Rezas” pretende aproximar mais uma vez o público do universo artístico relacionado ao culto do candomblé. Ingressos estão sendo vendidos online por R$20/10.

 

Irma Ferreira

Natural de Salvador-Bahia, Irma Ferreira é graduada em Canto Lírico, Mestra em Performance musical pela UFBA e pós-graduanda em História e cultura Afro-brasileira, pelo Instituto Nacional de Ensino. Atuou como protagonista da “Ópera dos Terreiros” de Aldo Brizzi e Jorge Portugal, e da ópera “Lídia de Oxum”, de Lindembergue Cardoso e Ildazio Tavares. É solista do Laboratório de Ópera da UFBA, do Núcleo de Ópera da Bahia, da Orquestra Fred Dantas e da Orquestra São Salvador.

Vêm atuando no ramo de produção cultural desde 2010, estando a frente da produção como Ópera no museu, ópera na Bahia, Gafieira na Bahia, encontro de filarmônica do dois de julho, axé orquestrado, entre outros eventos particulares dentro e fora do município. Em 2021 realizou o show Àjòdún, no Teatro Gamboa nova e no Teatro do Sesc Pelourinho, lançou a serie de vídeos Em Cantos de Orisà, o EP Cantos e rezas, o recital Espírito Negro no Sesc Virtualidades, a show Líricas Negras no projeto Sonora Brasil, participou do show Do Camarim do Coração de Jarbas Bitencout, além de lives-shows.

 

INGRESSOS AQUI

Cantor Bruno Barroso lança música e videoclipe “Gato Preto”


Foto Wendel Assis

 

O cantor Bruno Barroso promove o lançamento de sua música e videoclipe Gato Preto. O título autoral mistura o samba reggae com o funk carioca em forma de poesia, que busca enaltecer a autoestima de todo o povo negro. A estreia do single nas plataformas digitais será no dia 19 de novembro, às 20h, no bar Malembe (Pelourinho). No dia seguinte, a partir das 11h, o videoclipe pode ser conferido através do canal do cantor no Youtube.

“A sociedade espera que a pessoa negra esteja na condição de subserviência, por isso nós deveríamos nos diminuir para se encaixar nas expectativas do outro. A música é muito mais que um conjunto de notas e melodias, ela é capaz de comunicar, acolher, transformar nossa autoestima e valores”, frisa o cantor.

Em março de 2021, Bruno Barroso estreou seu trabalho autoral com a música Pelas Sementes, uma canção que traz na letra a atmosfera de Salvador e a ancestralidade africana. Entretanto, sua carreira se iniciou em 2018, quando virou residente no Projeto Encontro da Cultura, no Teatro Eva Herz. No ano seguinte, junto com a banda Ligação 70, ele cantou no Grito de Carnaval do Aconchego da Zuzu.

SERVIÇO

O quê: Estreia do videoclipe e da música Gato Preto de Bruno Barroso.

Quando e Onde:  19 de novembro de 2021, às 20h, no Malembe (Ladeira do Carmo, 7 – Santo Antônio, Salvador.

20 de novembro, às 11h, no canal do cantor no Youtube e nas plataformas digitais de música (Spotify, Deezer, Apple Music).

Quanto: Gratuito.

Instagram: @oficialbrunobarroso

 

Casarão 17 recebe show stand-up comedy Especial Dia da Consciência Negra


Tiago Banha Foto Marcos Musse

 

Um Especial Dia da Consciência Negra com muito humor é o que promete o encontro de comediantes no Casarão 17 no próximo dia 20. O show de stand-up comedy reunirá os comediantes Tiago Banha, Juninho Brandão, Danrlei Carvalho, Samuel Belmonte e João Pimenta numa apresentação única.

 

A gente vai falar sobre o dia a dia, até para sair daquele estereótipo de que a vida da pessoa preta é só racismo, que a gente só vive para sofrer racismo, que a gente tem que passar o tempo inteiro militando. Às vezes a gente só quer rir. Todos os comediantes pretos do Brasil têm algum tipo de engajamento social. Hoje eu acredito muito que a comédia tem muito a contribuir, porque a gente fala verdades e faz o outro rir. Quando você diverte a pessoa e passa uma informação fica mais fácil dela absorver aquilo que você está dizendo”, afirma Tiago Banha.

Os ingressos podem ser adquiridos por meio da plataforma Sympla, no valor de R$ 35.

 

SERVIÇO

Stand-up reúne João Pimenta, Tiago Banha e comediantes baianos em apresentação especial no Dia da Consciência Negra

Quando – 20 de novembro, sábado, às 20h.

Onde – Casarão 17 – Largo Terreiro de Jesus, N. 100 Primeiro Andar – Pelourinho.

Ingressos: R$ 35

Nara Couto lança single e clipe de “Retinta”


A cantora Nara Couto lança novo single, “Retinta”, faixa que nomeia e disco de estreia da cantora baiana, com lançamento previsto para novembro. Composta pela própria Nara em parceria com Elen Oléria, que também assina a produção, a faixa ganhou um clipe dirigido por Edvaldo Raw e Preta Ferreira com a presença de grandes personalidades negras do Brasil, como Ana Paula Xongani, Adriana Quilombo, Nina Silva e Olívia Araujo.

“Retinta é a mensagem mais genuína de convocação para o auto amor e apreciação das mulheres negras com tons da última paleta de cores. É um grito e o clamor da mulher que tem menos visibilidade na sociedade. É força e bênção. É mais do que a pura militância, é vivência para produzir o futuro. É uma celebração à nossa própria existência e o entendimento que quando as retintas tiverem sua beleza admirada, todas as mulheres negras, de todos os tons, também serão. É o momento que a exaltação sucumbida pelo racismo irá cair por terra, e trará a promoção da mulher linda e preta”, torce a artista”, define Nara Couto.

O álbum tem patrocínio da Natura Musical e do Governo da Bahia Natura, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura e conta com a parceria do selo Alá e distribuição da Altafonte.

ASSISTA:

Baiana Ana do Carmo ganha Prêmio ABRA de Roteiro


Ana do Carmo 

 

A cineasta baiana, Ana do Carmo, CEO e Co-founder da produtora de audiovisual Saturnema Filmes, ganhou o Prêmio ABRA de Roteiro, na categoria Prêmio Abraço – Excelência em Roteiro, promovido pela Associação Brasileira de Autores Roteiristas. Este é o primeiro ano da categoria, que é voltada para novos roteiristas, que se destacaram no último ano pelas obras lançadas e também por sua atuação no mercado do roteiro brasileiro.

“Vejo esse prêmio como a possibilidade de mostrar para outras pessoas jovens, que estão chegando no mercado, que é sim possível a gente ocupar esse espaço e continuar abrindo caminhos pra quem está chegando agora”, analisa.

Na categoria Prêmio Abraço – Excelência em Roteiro, Ana do Carmo disputava a premiação com outros cinco roteiristas: Allex Miranda, Bruno Victor, Mario Oshiro, Renata Diniz e Toni C. A votação foi realizada apenas por membros da Associação em dois turnos. O Prêmio ABRA de Roteiro tem como objetivo destacar a importância do roteiro na cadeia de produção da indústria audiovisual do Brasil e também valorizar os autores-roteiristas.

Ana do Carmo

Moradora do bairro de São Marcos, em Salvador-BA, Ana do Carmo, de 24 anos, é vencedora de mais de 20 prêmios, cofundadora e CEO da produtora de audiovisual Saturnema Filmes e integra a Rede de Talentos do Projeto Paradiso. Realizou 8 curtas exibidos em 10 países, foi contemplada pelo edital de desenvolvimento de roteiros Prêmio Jorge Portugal das Artes, vencedora do Prêmio Cabíria, finalista do FRAPA e BrLab, participou de eventos internacionais como a Marché du Film (Festival de Cannes), European Film Market (Berlinale), South by Southwest (Texas), PLOT (Portugal), FIN Partners (Canadá), é finalista da EXPOCINE 2021, além de receber mentoria criativa da Netflix e Telecine. Assina o roteiro de projetos selecionados também para o Série Lab, Sundance Collab (EUA), além de ter sido semifinalista do Prêmio Cardume-Cabíria.

Acompanhe as notícias sobre Ana do Carmo e a Saturnema Filmes no Instagram: @saturnemafilmes .

Solo “Kaiala” de Sulivã Bispo estará no Domingo no TCA (14)


 

Kaiala
Foto Adeloya Magnoni

 

O “Domingo no TCA” volta a contar com a presença de público no mês da Consciência Negra. O retorno acontece nesta semana com a apresentação do solo “Kaiala”, do ator Sulivã Bispo, em cena sob a direção de Thiago Romero. O espetáculo, que traz a cultura e a beleza do candomblé de Angola, acontece neste domingo, 14 de novembro, às 11h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA). Os ingressos custam R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos apenas no dia do evento, no local, a partir das 9h, com acesso imediato à plateia do teatro.

O texto da obra foi revisitado, com o acréscimo de novas cenas e músicas. Em “Kaiala”, o ator transita entre a intolerância religiosa, o infanticídio e o racismo para dar contorno ao seu primeiro trabalho solo. A obra conta a história do assassinato de uma menina de 10 anos durante a invasão de seu terreiro por um grupo de evangélicos, se baseando em três pontos de vista: o do seu irmão-de-santo; da sua avó, que ao mesmo tempo é sua ialorixá; e da evangélica que lidera o ataque ao terreiro, que também é a algoz da criança. A narrativa traz depoimentos e memórias dos três locutores, fazendo com que o espectador perceba na transição narrativa aspectos da religião, do crime cometido e da resistência do povo negro.

Com “Kaiala”, Sulivã foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro de 2016 na categoria Melhor Ator.

DOMINGO NO TCA

Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quando: 14 de novembro de 2021 (domingo), 11h
Quanto*: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia)

* Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.
Classificação indicativa: Livre

Adão Negro faz show intimista neste domingo (14)


adao-negro
Foto Rodrigo Magalhães

Neste domingo (14), a partir das 21h, o Mariposa Itaigara vai receber a banda Adão Negro. A banda, formada por Serginho, Guima e Aurelino, vai tocar canções como Quando toca um reggae, Tudo Azul, Baby, Que o amor floresça, Acende a Vela e Alma Leve, além de Anjo Bom, Eu Louvei, Louco Louco, Adão Negro, Bota Um, Boa Malandragem, Feed Back e Pele Negra.

O show acontece depois do adiamento por causa das chuvas da última sexta-feira. O evento foi batizado de Só Diretoria.

Agenda
Só Diretoria
Onde: Mariposa Itaigara – Shopping Boulevard 161
Endereço: R. Anísio Teixeira, 161 – Itaigara, Salvador – BA, 41815-900
Quando: 14 de novembro(sexta-feira)
Horário: 21h
Valor – R$30 o couvert