Balé Folclórico da Bahia abre oficinas em 10 bairros de Salvador e Lauro de Freitas


bale_folclorico

O Festival Balé Folclórico da Bahia terá uma programação extensa, contemplando a formação do seu novo corpo de baile e uma estreia mundial prevista para novembro, no TCA. As oficinas de dança afro-brasileira e percussão serão realizadas em 10 comunidades de baixa renda de Salvador e em Lauro de Freitas com o objetivo de levar o trabalho do Balé aos jovens que não têm oportunidade de ter uma formação artística.

“A companhia tem no seu DNA a vocação para o trabalho social, nos 34 anos do Balé já formamos mais de 700 bailarinos, a maioria deles oriundos de comunidades de baixa renda. Muitos bailarinos, que aprenderam os primeiros passos de dança no Balé Folclórico da Bahia, ganharam o mundo e hoje brilham em companhias internacionais em vários países da Europa e nos EUA. Além do trabalho artístico, temos uma função social”, declara Vavá Botelho.

Além do aprendizado, os participantes das oficinas terão também a oportunidade de participar de audições para integrar o Balé Folclórico da Bahia.

As inscrições para as oficinas são gratuitas e para participar é preciso ter no mínimo 16 anos de idade e preencher a ficha de inscrição. Não é preciso ter formação prévia em dança ou percussão. Cada oficina tem duração de seis dias e as aulas acontecem de segunda-feira a sábado (segunda a sexta das 18h às 21h e no sábado das 14 às 17h).

Programação:

O início das oficinas de dança afro-brasileira e percussão no dia 18/4 com finalização no dia 18/6:

– Pelourinho – Teatro Miguel Santana – 18 a 23/04

– Bairro da Paz – Programa Avançar – 25 a 30/04

– Cajazeiras – Boca de Brasa Cajazeiras – 02 a 07/05

– Lauro de Freitas – Centro Cultural Lauro de Freitas – 9 a 14/05

– Ribeira – Mercado Iaô – 9 a 14/05

– Garcia – Colégio Edgar Santos – 16 a 21/05

– Plataforma – Teatro de Plataforma – 23 a 28/05

– Vista Alegre – Subúrbio 360º – 30/05 a 4/06

– Abaeté – Malê Debalê – 6 a 11/06

– Liberdade – Ilê Aiyê – 13 a 18/06