Coletivo Salva de Audiovisual estreia websérie com temática LGBTQIA+ ambientada na pandemia


 

O Coletivo Salva de Audiovisual lança uma websérie divida em três episódios no YouTube. “ABRIGO” retrata a vida de jovens LGBTQIA+ em plena pandemia enfrentando pesos como solidão, suporte familiar, religiosidade, sexualidade e laços de fraternidade. Lançado no dia 25 de abril, os demais episódios vão ao ar nos dias 27 e 29 de abril.
“É bom estar de volta, fazendo e consumindo arte. Passamos por um período bastante complicado, e poder contar novas histórias é sempre empolgante” afirma o diretor, roteirista e editor de ABRIGO, Douglas Oliveira.
O Coletivo Salva de audiovisual existe desde 2017 e nasceu pretendendo produzir conteúdos para festivais de cinema e para a internet. A ideia dos integrantes do grupo é dar luz e profundidade a temas que não estão representados devidamente na TV e em outras mídias de massa.
Esse projeto foi contemplado pelo Prêmio Riachão – Projetos de Pequeno Porte, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, destinado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.