Estreia no Brasil remontagem de “A Sagração da Primavera”, reunindo 38 bailarinos de 14 países africanos


 

[© polyphem Filmproduktion] (1)
Com versão criada em 1975 pela coreógrafa alemã Pina Bausch (1940-2009), um dos maiores nomes da história mundial da dança, “A Sagração da Primavera”, baseada na mais célebre obra do compositor russo Igor Stravinsky (1882-1971), tem remontagem produzida com um elenco de 38 bailarinos de 14 países africanos, reunidos no Senegal para o registro em vídeo que agora estreia no Brasil.

 

O trabalho, que originalmente estava sendo preparado para uma turnê internacional, se reverteu em filme por conta da pandemia. É assim que surge o “Dancing at Dusk – Um momento com A Sagração da Primavera de Pina Bausch”, que o Goethe-Institut Salvador-Bahia promove como espetáculo de abertura da 14ª edição do VIVADANÇA Festival Internacional, com estreia no dia 29 de abril, Dia Internacional da Dança, às 20h, na plataforma Festival Scope, acessível pelo site www.festivalvivadanca.com.br.

 

SERVIÇO

Abertura do VIVADANÇA Festival Internacional 2021

Dancing at Dusk – Um momento com A Sagração da Primavera de Pina Bausch (40 min.)

Conteúdo extra: Pina Bausch The Rite of Spring – Rehearsals at École des Sables (7 min.)

Lançamento: 29 de abril (quinta-feira), 20h

Encerramento: 7 de maio (sexta-feira), 23h59

Plataforma de exibição: Festival Scope (acessível pelo site www.festivalvivadanca.com.br)

Quanto: R$ 10

Vendas: Pelo site www.festivalvivadanca.com.br

Classificação indicativa: Livre