ExperimentandoNUS Cia. de Dança se apresenta no Teatro Gregório de Mattos


Da própria pele não há quem fuja.
Da própria pele,não há quem fuja. Foto Shai Andrade

Nos dias 17 e 18 de Janeiro, às 19h, a ExperimentandoNUS Cia. de Dança retorna ao palco do Teatro Gregório de Mattos com a obra “Da própria pele, não há quem fuja” e a exibição do documentário “Raimundos: Mestre King e as figuras masculinas da dança na Bahia”, dentro da programação da Mostra Retrô-Verão, dos Espaços Culturais da FGM.

“Da própria pele, não há quem fuja”, tem direção e coreografia de Bruno de Jesus e parte da pesquisa sobre a diversidade no contexto cultural afro-brasileiro. As coreografias exploram ideias de elementos como a simbologia de orixás e aspectos das manifestações populares, como Zambiapunga e Mandus, através de um olhar contemporâneo.

Já o filme Raimundos: Mestre King e as figuras masculinas da dança na Bahia” homenageia um dos criadores da dança afro-brasileira. O mesmo será exibido logo após o espetáculo, às 20h.

 

Raimundos Mestre King
Fotos Thyago Bezerra

O legado deixado pelo precursor da dança afro na Bahia e no Brasil é o ponto de partida do documentário dirigido pelo bailarino e coreógrafo Bruno de Jesus, com roteiro de Gabriel Machado, Direção de Fotografia e Câmera de Moisés Victório, 1º Assistente de Fotografia Thyago Bezerra, Som Direto e Desenho de Som Vicente Gongora e produção de Inah Irenam. 

“O filme resignifica, religião, politica, ancestralidade, meio é a mensagem nessa historia, onde se juntam nessa encruzilhada o Mestre King e seu legado” acrescenta o roteirista, Gabriel Omuz Machado.

 

SERVIÇO:

“Da própria pele, não há quem fuja”

Data:  17 e 18 de Janeiro, às 19h

Quanto: R$ 20/10

Exibição do documentário  “Raimundos: Mestre King e as figuras masculinas da Dança na Bahia”
Data: 17 e 18 de janeiro, 20h