George Oliveira lança primeiro livro “Denegrir: Educação e Relações Raciais”


O doutorando em educação pela Faculdade de Educação (UFBA), George Oliveira, inicia, nesta terça (19), a pré-venda do seu primeiro livro “Denegrir: Educação e Relações Raciais”, obra que busca – por meio de uma coletânea de textos – amplificar os fatos vividos pela população negra brasileira.

Os textos, escritos ao longo de dez anos, apresentam a (re)construção da identidade negra no Brasil, refletindo as vivências do autor durante as duas décadas enquanto ativista do movimento negro brasileiro. George é mestre em Desenvolvimento e Gestão Social (CIAGS-UFBA), onde criou o Jogo organizacional do Imbundeiro, que problematiza aprendizagem organizacional a partir de valores africanos e afro-brasileiros. É especialista em Inovação, Sustentabilidade e Gestão de Organizações do Terceiro Setor e hoje é gestor administrativo do Instituto Steve Biko.

 “Diante das (in)certezas que o racismo nos provoca, dentre as diversas estratégias para mitigar as sequelas das desigualdades raciais, escrever e publicar artigos de opinião fez com que essa trajetória resiliente fosse fortalecida ao passo em que ousamos organizar e registar o pensamento como uma arma contra as opressões”, diz.

O lançamento da pré-venda será por meio de uma live, transmitida pelo Facebook da Editora Telha às 19h, que terá a participação de Tarry Cristina, pós-graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional, Silvio Humberto, vereador de Salvador e Doutor em Economia e Valéria Lima, editora chefe do portal Correio Nagô.

PRÉ-VENDA:

Denegrir: Educação e Relações Raciais