Inscrições abertas para Curso de Iniciação Teatral na Funceb


Escola de teatro funceb
Banco de Imagens

Jovens e adultos, com idade a partir de 15 anos, e que desejam aprender a arte de interpretar, podem se inscrever no Curso de Iniciação ao Teatro promovido pelo Centro de Formação em Artes da Funceb. O curso será ministrado pelo professor e diretor teatral Ronaldo Braga, começa no dia 27 de Março e segue até dezembro, quando será encerrado com uma mostra artística dos participantes.

Serão oferecidas duas turmas do curso, com aulas às terças e quintas, das 9 às 12h (turma do matutino)  e das 14 às 17h (turma do vespertino), no Auditório do Liceu/Funceb. O curso é gratuito e contará com processo seletivo no período de 20 a 24 de março. Os textos para a audição estão disponíveis a seguir.  As listas serão divulgadas até o próximo dia 15 deste mesmo mês.

As inscrições começam nesta segunda (6) e seguem até sexta-feira (10), mediante o envio do formulário de inscrição online, que pode ser acessado aqui. 

O curso aperfeiçoa a capacidade de concentração e controle emocional, articulando leituras e interpretações de textos teatrais com o movimento individual de cada componente do grupo.

No curso, os estudantes poderão aprender sobre Noções Gerais sobre a Arte da Interpretação, Ação, Imaginação, Concentração, Atenção, Descontração Muscular, O Sentimento da Verdade, Memória Emotiva, As Forças Motivas Interiores, O Estado Interior de Criação e As contradições Vontade e Contra-vontade.

Textos para audição:

Texto 1

Sei, saio por aí e vejo o pano jogado e aquela manhã velha que lembra resto de pão ou leite. Sinal de que comer ali foi um dia uma verdade. Mas se não saio, olho para o piso e me descubro na formiga cansada ou na fruta apodrecida que dorme no chão um sonho sem som.

Texto 2

Olhar é bom e não é, quando não olho coisa sempre me vejo por dentro e quando olho coisa busco me esquecermas não consigo, pois eu estou sempre aparecendo em cada movimento ou matéria na minha frente, sempre sou um eu visto de outra maneira ou apenas de repente me vejo sem ver aquilo que eu via e de novo é para dentro de  mim mesmo que olho.

Texto 3

Tem dias que eu revejo a chuva e ai eu sei que de nada adianta a compra, nem a permissão, se não for a compra e a permissão de mim mesmo e é nestes dias que me lembro que preciso me comprar e me permitir, mas por me esquecer nem sei se já me comprei e se já me permitir, é que o danado de mim ainda teima em ser livre e então eu preciso como um louco fechar os olhos e desesperadamente calmo cavar fundo em minha mente em busca de que em algum canto eu esteja sorrindo silenciosamente.

 

Mais informações pelo telefone 71 3324 8522. Inscrições aqui.