Em oito cidades: Preta, vem de bike!


La Frida Bike

Um projeto feminino de cicloativistas negras que roda a cidade, unindo a bicicleta com inclusão social, igualdade étnica e igualdade de gênero. Assim se define o La Frida Bike que, de Salvador, agora vai ganhar o Brasil, depois de já ter ensinado a arte do pedalar a mais de 100 mulheres.

Com o projeto “Preta, vem de bike!” – no mês de maio – as minas vão levar a mobilidade urbana, além da orla, fazendo-a chegar também nas periferias. Serão aulas de bike para meninas da periferia, fazendo-as ocupar espaços com confiança, segurança e autoestima.

“O Preta, vem de bike!” tem a função de abraçar nós mulheres, trazendo-nos de forma gradativa para o mundo da mobilidade urbana consciente.” 

La Frida Bike

O projeto – que tem o apoio do Banco Itaú e parceira com a Bike Anjo – começa este mês, e estará em oito cidades pelo Brasil: São Paulo-SP, Rio de Janeiro-RJ, Belo Horizonte-MG, Fortaleza- CE, Aracaju-SE, Recife-PE, Florianópolis-SC e Porto Alegre- RS.

Quer ser voluntária neste projeto? Saiba como aqui. 

Além  das aulas, terá também coleta de bikes para restauração ou doação para as meninas que não possuam uma. O projeto que já ensinou mais de 100 mulheres a pedalar tem como objetivo criar  uma rede de mulheres negras que pedalam e melhorar a mobilidade das mulheres da periferia.

O La Frida Bike foi capa da última edição da revista Bicicleta, ganhou Menções Honrosas na Categoria Ação Educativa e de Sensibilização do Prêmio Mobilidade 2017 e o Prêmio Frida Found.



Inscreva-se para as aulas | PRETA, VEM DE BIKE! |

Fotos: Divulgação