MAMcestralidade terá debate sobre “Música afro-baiana e o jazz da Bahia”


Foto: Ligia Rizério
Foto: Ligia Rizério

“Música afro-baiana e o jazz da Bahia” é o tema do penúltimo encontro de 2016 do ciclo “Perspectivas da improvisação no âmbito da JAM no MAM”. Será no próximo sábado, dia 26/11, a partir das 17h.

O encontro será coordenado pelo professor, compositor e musicista Ivan Bastos e participação dos músicos Leitieres Leite, Gabi Guedes e Ivan Huol, entre outros artistas convidados. A ação integra a programação do projeto MAMcestralidade, que buscou promover – ao longo deste mÊs – encontros que pautassem elementos estéticos, de música, religiosidade e culinária (entre muitas outras ações) relacionados à Consciência Negra.

Como nos seis encontros anteriores já realizados, após uma introdução será aberto espaço para perguntas do público presente, transformando o ciclo num rico bate-papo sobre música afro-baiana.

Para participar, não é preciso se inscrever; basta comparecer ao MAM-BA a partir das 17h. Logo depois do bate papo, será dado início à tradicional JAM no MAM.

SERVIÇO:

PERSPECTIVAS DA IMPROVISAÇÃO NO ÂMBITO DA JAM NO MAM

Data: Dia 26 de novembro de 2016, com o tema “Música afro-baiana e o jazz da Bahia”.

Local: Museu de Arte Moderna da Bahia (Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão).

Horário: Das 17h às 18h.

Ingresso: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia) – O acesso ao bate-papo garante a permanência na JAM no MAM, e vice-versa.