Meninos Rei exalta ancestralidade africana em estreia na São Paulo Fashion Week


Foto Bruno Gomes

 

Uma ode a Exú – Há seis anos, o toque para Exú entoado pelos atabaques anunciava o primeiro desfile da recém lançada marca Meninos Rei, criada na Bahia pelos irmãos Júnior e Céu Rocha. Hoje, o orixá da comunicação, da linguagem, é o tema da coleção “L’oju Esú”, tradução do iorubá para “Aos olhos de Exú”, que marca a estreia da Meninos Rei no evento de moda mais importante da América Latina: a São Paulo Fashion Week.

A marca estreia oficialmente no evento na próxima quarta-feira (23), às 19h50, apresentando o seu fashion filme com uma coleção-cápsula de cinco looks. Essa será a 51ª edição em uma programação transmitida ao vivo através das plataformas digitais da SPFW (site spfw.com.br, YouTube e Facebook).

“Essa coleção é uma ode à nossa ancestralidade africana e a Exú, que sempre esteve olhando por nós e nos conduziu pelo caminho que nos trouxe até aqui”, destaca Júnior Rocha.

 Os tecidos africanos, nessa coleção originários da Guiné-Bissau, e o patchwork, marca registrada da Meninos Rei, chegam em um mosaico de estampas.

Foto Bruno Gomes

Fashion Filme

“Tudo transita pelo viés das possibilidades, da ousadia, da liberdade, assim como é Exú. A essência da produção, desenvolvida por nós, pelo stylist Thiago Ferraz e seu assistente Gabriel Fabosa, aponta para a uma estética afro futurista, em que a profusão de informações transborda para além da roupa, causando um impacto visual chocante, imprimindo a imagem desse Exú high-tech, moderno, cosmopolita e tão presente no nosso movimento contemporâneo”, explica o designer de moda Céu Rocha.

Projeto Sankofa

A Meninos Rei participa do SPFW a convite do Projeto Sankofa, idealizado pelo coletivo Pretos na Moda e pela startup de inovação social VAMO (Vetro Afro-Indígena na Moda), que selecionou oito marcas em todo o Brasil para um movimento que abre espaço para estilistas negros e indígenas nas passarelas do SPFW.

ASSISTA!