MeteDança – Festival digital de pagode acontece no Nordesde de Amaralina


Mete Dança Digital
Divulgação

Levar arte e lazer sem a necessidade da internet é o objetivo do festival de pagode Mete Dança Digital. Em sua primeira edição, no Nordeste de Amaralina, o projeto vai utilizar como ferramenta o video mapping (mapeamento de vídeo).

Será no dia 15 de junho, e como forma de evitar aglomerações não será divulgado o horário. O projeto conta com trilha sonora do grupo Trapfunk&Alivio e coreografia do Coletivo Bote Fé. A direção artística é do fotógrafo e cineasta Rafael Ramos e as projeções são dos VJs Ani Haze e Caetano Britto.

Com será?

Os moradores deverão ocupar suas janelas, varandas e lajes para assistir, pois as paredes das casas serão telas para performances de dança mapeadas (projeções) tendo a cultura do pagode como narrativas sonora e visual.

“Mete Dança Digital é um festival de pagode baiano, mas utiliza a linguagem do mapping para tornar a arte acessível aos moradores da periferia, incluindo quem não tem acesso à internet. E ainda, sem precisar abandonar o isolamento social, em tempos de pandemia”, afirma o idealizador do projeto, Ismael Fagundes.

 

Serviço:
O quê: Festival Mete Dança Digital

Quando: 15 de junho (horário não divulgado como forma de evitar aglomerações)
Onde: Nordeste de Amaralina, Salvador, BA
Como: Através de projeções mapeadas – Video Mapping