Pretas baianas estão na 1º temporada da Residência Artística Vila Sul de 2021


residência-artistica-goethe
Marilia Reis [foto por Dandara Victoria Gonçalves]

Quatro mulheres baianas são as novas residentes do Programa de Residência Artística Vila Sul, projeto do Goethe-Institut Salvador-Bahia. A temática da sustentabilidade é o eixo central desta edição que, pela primeira vez, será formada apenas por mulheres negras nascidas na Bahia.

As residentes selecionadas participam nesta quinta-feira, 10, de uma live de apresentação dos seus projetos aprovados para a Residência Artística Vila Sul. O bate-papo será mediado pela jornalista Luana Assiz, com transmissão pelo canal do Goethe-Institut Salvador-Bahia no Youtube (www.youtube.com/c/GoetheBahia/).

residencia-artistica-goethe2
TataRibeiro [foto por Helen Salomão]

As quatro residentes foram selecionadas entre 15 pessoas inscritas. São elas:

  • Caroline Ribeiro: seu projeto prevê a construção de uma rede de coleta e tratamento de esgoto sustentável de baixo custo em comunidades em que o serviço não existe ou é precário com o uso de materiais reutilizáveis e recicláveis. É estudante de Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
  • Ivana Magalhães: pretende expandir suas vivências e experiências artísticas a partir do Quintal Sensorial, espaço de educação ambiental, com foco nas heranças culturais indígenas e africanas, criado no quintal de sua casa em Itacaranha, no subúrbio ferroviário. É pedagoga e artista plástica autodidata. Desenvolve grafismos com inspirações indígenas e africanos, além de experimentações artísticas com tintas naturais.
residencia-artistica-goethe3
Caroline Ribeiro [Foto por Shamira Angie]
  • Marília Reis: planeja elaborar um aplicativo de educação financeira para crianças e adolescentes. É formada em Ciências Contábeis (UNEB), especialista em Contabilidade Gerencial (UFBA), com foco em empreendedorismo e sustentabilidade, e mestranda em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (UNEB).
  • Tata Ribeiro: com o projeto “Bugs Imaginários”, utilizará sucata eletrônica em esculturas de insetos que integram o ecossistema de restinga de Lauro de Freitas. É artista visual, formada em Comunicação Social, mestre em Tecnologias Educacionais (Uneb) e doutoranda em Educação (UFBA).
residencia-artistica-goethe4
Ivana Magalhães [Foto por Joeverson Miranda]

Na roda de conversa que acontece na próxima quinta-feira, 10, será apresentada também a campanha de arrecadação de tampinhas de garrafas pet e placas de circuito de computador. O material será utilizado em dois projetos e pode ser entregue, até 30 de junho, na sede do Goethe-Institut, no Corredor da Vitória.

 

SERVIÇO

O quê: roda de conversa com as novas residentes da Programa de Residência Artística Vila Sul

Quando: quinta-feira, 10.06, às 18 horas

Onde: transmissão pelo Youtube do Goethe-Institut Salvador-Bahia (www.youtube.com/c/GoetheBahia) ou pelo Instagram (@goethe.bahia)

Acesso aberto ao público.