Projeto Emaranhadas lança exposição “Imagens da Ancestralidade em Tramas da Pele”


emaranhada
Foto Joao Rafael Neto

A partir da sua história de vida pessoal, a artista Aislane Nobre compôs a exposição Imagens da Ancestralidade em Tramas da Pele, em que reúne um conjunto de ações que conduziram os resultados artísticos alcançados durante sua formação em artes visuais.

Na mostra, que o público do projeto EMARANHADAS – Casa Rosada ConVida poderá conferir nos dias 28 e 30 de abril, a partir das 18h, pelo canal do Youtube da Casa Rosada, as peças foram criadas e apresentadas com base nas conjecturas (sugestão: trocar a palavra conjecturas pela palavra relações) de Aislane e dos seus ancestrais.

 

“Meu trabalho e minha vida são uma coisa só e acabam trazendo à tona as reflexões que faço, sobretudo dentro do ambiente familiar. Não me vejo fazendo uma arte que não relacione as minhas problemáticas, o que vivo e sinto”, explica a artista.

 

Um dos pontos de análise da exposição é o fato dela buscar interpretar a vida e sua presença num corpo protegido por uma pele em estado de mutação e reconhecimento dos valores intrínsecos à sua história. Sobre este aspecto, Aislane destaca que, quando pensamos em ancestralidade, o principal registro é a cor.

 

Serviço 

Projeto EMARANHADAS – Casa Rosada ConVida

27/04 – Espetáculo de dança “Branda”, com Talita Melo, Meirejane Lima e Larissa Vitória

28/04 – Exposição “Imagens da ancestralidade em tramas da pele”, da artista plástica Aislane Nobre

29/09 – Pocket show intimista da Jann Souza

30/04- Apresentação única com as três artistas emaranhadas

*Transmissão pelo canal do Youtube da Casa Rosada, sempre às 18h!

Link: bit.ly/3pLFHWY